Propostas para o câmbio

Enviado por: Carlos Lourenço

Caro Nassif,

Venho participar da discussão sobre valorização do câmbio com uma proposta diferente da oferecida pelo Sr. Gartenkraut.

Ao invés de propor impostos sobre as commodities que no momento desfrutam de “rendas” associadas a alta cíclica de preços, proponho um contingenciamento de câmbio.

Trata-se de congelar parte da receita em divisas desses setores favorecidos em conta especial, nominada em dólares ou cesta de moedas, remunerada por taxas internacionais (o que reduziria o custo fiscal derivado do absurdo hiato de juros), com prazos longos de resgate.

Não aumentaria a carga tributária, pois não é imposto. Os depósitos poderiam ser usados como garantia para operações financeiras em real. Os recibos de depósito poderiam ser negociados em real, evidentemente com desconto. Embora o saldo da conta não possa a rigor ser contabilizado como reservas, tem exatamente o mesmo efeito, uma vez que persiste o monopólio de compra do Bacen no resgate.

E, maior vantagem, é de implementação muito mais simples e menos traumática que o aumento de impostos.

Evidentemente, como na proposta do Sr. Gratenkraut, a política poderia ser revertida assim que a redução dos preços de tais commodities sinalizasse a redução das “rendas de ciclo”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora