Totvs caminha para seu primeiro ano bilionário

Líder em software no País, empresa encerrou 18º trimestre consecutivo de lucro com crescimento de dois dígitos

Criada em 1983 pelo paulistano Laércio Cosentino, a Totvs, maior empresa produtora de software do País, abriu seu capital em março de 2006, depois de uma série de operações de fusão e aquisição – que teve sequência depois do lançamento das ações da empresa na Bovespa. Nesta quarta-feira, ao divulgar o balanço referente ao segundo trimestre de 2010, a companhia deu nova mostra de protagonismo em seu setor: foi o 18º trimestre consecutivo de crescimento de dois dígitos dos ganhos da companhia. Se seu ritmo de avanço for mantido, a empresa deve atingir neste ano, pela primeira vez, a marca de R$ 1 bilhão em receita líquida. A de 2009 foi de R$ 988 milhões (a bruta no ano passado havia sido de R$ 1,1 bilhão).

Laércio Cosentino, presidente da Totvs

Uma guinada-chave no histórico da empresa, e essencial para o feito de avanço dos lucros e de receita bilionária, ocorreu em 2008. Naquele ano, a Totvs associou-se à Datasul, empresa que tinha um grande foco no atendimento a médias empresas. No segundo trimestre de 2010, a companhia atingiu a marca de 65,6% de participação no mercado de softwares para pequenas e médias empresas, segundo dados da consultoria IDC.

Passada a etapa de união com a Datasul, a Totvs decidiu não se dedicar apenas à venda de softwares. A partir dessa decisão, ela passou a vender pacotes completos para seus clientes. Assim, em vez de comprar apenas um programa para administração de fluxo de caixa uma pequena empresa passou a ter à disposição na Totvs um pacote mais completo, que dá suporte, por exemplo, ao planejamento estratégico da empresa.

“As grandes concorrentes, como SAP e Oracle, têm mais dificuldade (para diversificar serviços) porque têm modelos mais engessados”, diz Luciana Leocadio, analista da Ativa Consultoria. “Os serviços que a empresa vem adotando ganham lugar nas empresas de pequeno e médio portes, um mercado mais inexplorado que o das grandes empresas.” Para esse público, a Totvs oferece programas que informatizam os processos e as informações da empresa, como por exemplo fluxo de caixa, estoque e cadastro de clientes.

Um dos serviços que entraram no cardápio da nova estratégia da Totvs é o de consultoria, um adicional à venda de softwares. Criada há quase três anos, a unidade já conta com mais de 200 profissionais.

Com o tempo, a diversificação acentuou-se. Segundo Rodrigo Caserta, vice-presidente de estratégia de mercado da Totvs, já há produtos específicos para setores como varejo, manufatura e saúde. “Hoje temos times dedicados a cada um dos segmentos”, diz Caserta.

Setores em alta

Entre os 11 segmentos de atuação da Totvs, os que mais devem crescer nos próximos anos, de acordo com Caserta, são os de manufatura, construção e varejo. Outro destaque é a oferta de serviços para microempresas. “São soluções que cabem no bolso”, afirma o executivo. Só no segmento de saúde, a empresa conta mais de 38 mil clientes atendidos, entre consultórios e clínicas médicas. O software voltado para esse público reúne funções como agendamento de pacientes, arquivos de imagens, módulo de impressão de receitas, laudos, atestados e solicitação de exames e cadastro de medicamentos.

Para a analista Luciana Leocadio, a empresa novamente tem vantagem em relação às concorrentes na área de segmentação por poder, ela mesma, implementar os serviços. “Geralmente as multinacionais têm de contratar outra empresa para esse processo”, afirma. Segundo a analista, a empresa deve ganhar terreno também no mercado externo. Em 1997, a Totvs iniciou um processo de expansão na América Latina e hoje se destaca também em Portugal.

Mesmo com a expectativa de crescimento no mercado internacional, o principal foco da empresa continua sendo o Brasil. De acordo com Alex Pardellas, analista da BanifInvest, a internacionalização da Totvs ainda é incipiente, já que há mercado para ser conquistado no País. “Conforme o Brasil vai crescendo, a Totvs também cresce”, diz.

Segundo o balanço divulgado nesta quarta-feira, o lucro da companhia cresceu 25,7% em relação ao mesmo período de 2009, para R$ 34,6 milhões. A receita líquida avançou 12,4%, para R$ 270 milhões. No acumulado do primeiro semestre, a receita líquida chegou a R$ 530,5 milhões.

 http://economia.ig.com.br/empresas/comercioservicos/totvs+caminha+para+seu+primeiro+ano+bilionario/n1237731095443.html

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome