GGN

Uma moeda para o Mercosul

Ministros da Fazenda dos países do Mercosul começam a discutir a adoção da moeda única nas compras internas (clique aqui). Não se trata de unificar moedas mas procedimentos comerciais. Há dois caminhos em discussão: as CCRs (Convênios de Crédito Recíproco), onde o risco soberano é bancado pelos governos; ou uma câmara de compensação no âmbito das bolsas de mercadorias, onde o risco será privado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Sair da versão mobile