Volkswagen anuncia cortes de 30 mil trabalhadores até 2020

Jornal GGN – Nesta sexta-feira (18), a Volkswagen anunciou uma reestruturação que deverá cortar 30 mil postos de trabalho até 2020, 23 mil deles na Alemanha. Com este plano, a montadora pretende economizar 3,7 bilhões de euros pelos próximos anos.

A empresa disse que também fará cortes na América do Norte, no Brasil e na Argentina. A iniciativa da VW surge depois de oito meses de negociações com sindicatos na Alemanha.

As entidades sindicais aceitaram os cortes com a promessa de que a VW fabricará carros elétricos e baterias no país europeu, com a criação de 9 mil empregos.

A empresa entrou em crise no ano passado, após admitir que instalou um software que falsificava dados de emissões de poluentes em 11 milhões de veículos diesel em todo o mundo.

Com os cortes e outras medidas, a Volks quer aumentar em 25% a produtividade de suas fábricas na Alemanha.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

  1. Que crise é essa ?
    Eu ando de

    Que crise é essa ?

    Eu ando de buzão,ou melhor dizendo, de lotação com 65 pessoas aonde cabe 30.–parece presídio.

    E uma briga danada pra não subir 30 centavos o preço da passagem.

    Como há gente de montão que consegue comprar carros ?

    Que crise é essa ?

  2. É a quarta revolução industrial

    O problema não é a crise da empresa. Ela ésó um gatilho para o aumento da produtividade com uso de novas tecnologias: internet, robôs com AI, impressão 3D etc. É a 4a revolução indsutrial tirando empregos de temo integral industriais. E não será só na indústria: está chegando no comércio e serviços.

    Resultado: desemprego e subemprego em massa. Crise aguda e generalida do capitalismo.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome