VW pagará US$ 4 bi em acordo com autoridades americanas

 
Jornal GGN – O Departamento de Justiça dos Estados Unidos anunciou, nesta quarta-feira (11), que a montadora alemã Volkswagen fez um acordo no qual pagará US$ 4,3 bilhões para autoridades americanas. 
 
A empresa também admitiu ser culpada por ter instalado dispositivos que fraudavam testes de emissões em veículos a diesel. Segundo o órgão norte-americano, o acordo inclui US$ 2,8 bilhões em multas criminais e outros US$ 1,5 bilhões em penalidades civis. 
 
A empresa admitiu que enganou os consumidores e que violou leis ambientais ao utilizar o software que fraudava os testes. 

 
 
Além disso, a VW se declarou culpada de obstrução de justiça, já que destruiu documentos relacionados à fraude e admitiu que importou veículos declarando falsamente que os carros estavam em conformidade com os limites de emissão de poluentes. 
 
Os termos do acordo ainda precisam ser aceitos pela Justiça. A empresa ficará sob supervisão de um monitor independente de conformidade durante três anos. 
 
Seis executivos e funcionários da montadora foram indiciados pelas fraudes, segundo que um deles, Oliver Schmidt, foi preso no dia 7 de janeiro nos Estados Unidos. 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora