A gestão das universidades brasileiras

Segundo artigo divulgado pela Organização das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura (Unesco, 2008) o mundo assiste a emergência de um novo paradigma econômico e produtivo onde o fator mais importante deixa de ser a disponibilidade do capital, trabalho, matéria-prima ou energia, passado a ser o uso intensivo do conhecimento e informação. Essa é a “sociedade do conhecimento” que impacta também em mudanças dos propósitos sociais das universidades. 

A nova sociedade coloca o conhecimento e as inovações tecnológicas como vantagens competitivas entre os países, por outro lado essa centralidade do conhecimento como um pilar da riqueza e do poder das nações, “encoraja a tendência a tratá-lo meramente como mercadoria sujeita às leis do mercado e aberta à apropriação privada”, conclui a organização. 

Para debater os problemas relacionados à gestão das universidades brasileiras bem como o desafio dessas instituições em se moldarem às mudanças sociais internas e externas ao país, o apresentador Luis Nassif recebeu no programa Brasilianas.org Vahan Agopyan, vice-reitor da Universidade de São Paulo (USP), Ivan Camargo, reitor da Universidade de Brasília (UnB), Carlos Levi, reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Carlos Vogt, presidente da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). 

https://www.youtube.com/watch?v=Ej4bjU3fSfY

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora