Aproximação das famílias e tempo integral reformularam escola do Paraná

Resistência a processo de aumento do tempo de jornada foi superado com participação dos familiares na vida da escola 

Por Caio Zinet, do Centro de Referências em Educação Integral

Abrir a escola e convidar os pais para conhecer o cotidiano de seus filhos foi uma das soluções encontradas pelo Colégio Estadual Manoel Ribas para vencer a resistência ao processo de implementação da educação em tempo integral, iniciado em 2010, para os alunos dos anos finais do ensino fundamental.

O diretor da escola, Wilson João Alves, conta que a escola fica próxima a uma comunidade violenta e com alto nível de vulnerabilidade. A maioria dos pais dos alunos que estudam na escola vive como catador de papel. Em muitos casos, os filhos estudavam em um período e no outro auxiliavam os pais no trabalho.

Quando a escola passou a dar aulas em dois turnos, os alunos não podiam mais trabalhar com os pais e, por isso, houve certa resistência ao novo modelo. A escola resolveu, então, convidar os pais para conhecer a rotina de seus filhos.

Clique aqui e leia esta experiência na integra.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome