Manifestantes bloqueiam Avenida Paulista em ato contra governo Bolsonaro

A concentração começou às 9h, no vão libre do Masp (Museu de Arte de São Paulo). Dali, estudantes e sindicalistas caminharam pela Paulista com intenção de chegar à Fiesp.

Reprodução TV Globo

Jornal GGN – O Presidente Jair Bolsonaro visitou São Paulo nesta segunda, dia 3. Cientes de sua visita à Fiesp, manifestantes se reuniram em protesto e bloquearam a avenida Paulista.

O grupo, segundo a Polícia Militar, realizou um ato pacífico.

A concentração começou às 9h, no vão libre do Masp (Museu de Arte de São Paulo). Dali, estudantes e sindicalistas caminharam pela Paulista com intenção de chegar à Fiesp.

A agenda do PR Bolsonaro nesta segunda foi, pela manhã, lançar a pedra fundamental para o futuro Colégio Militar, no Campo de Marte, na Zona Norte, onde era o antigo Centro Logístico da Aeronáutica. Esta escola será a 14ª do país.

Depois da pedra inaugural, uma oração para abençoar o local. Estavam presentes o ministro da Educação, Abraham Weintraub, e a secretária de Cultura, Regina Duarte. Ainda presentes, autoridades militares das Forças Armadas de São Paulo e pessoas do ramo da educação.

A previsão é que o colégio fique pronto no final de 2022. Até lá, os alunos irão estudar no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva de São Paulo (CPOR), em Santana, próximo ao Campo de Marte.

A Fiesp entra no circuito com a doação dos projetos básico e executivo da obra do colégio, mas que não se tem ainda notícia do valor estimado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome