Pai cria pijama interativo para contar histórias aos filhos

Foi durante uma reunião de trabalho, dois anos atrás, ao observar leitores de código QR – códigos bidimensionais usados em plataformas interativas com celulares – que Juan Murdoch, corretor de imóveis de Idaho, nos EUA, teve a ideia.

Ele resolveu desenvolver um novo formato de código para ser lido a partir de câmeras de celulares e tablets. A diferença, contudo, estava no objetivo: os códigos ficariam dispostos nos tecidos de pijamas infantis e a leitura, a partir de um aplicativo específico instalado no dispositivo, seria para escolher uma história a ser contada.

Nascia ali o projeto Smart PJ’s (“pijamas inteligentes”, em tradução livre), que se tornou marca patenteada pelo agora empresário. O código usado nos pijamas interativos possui um padrão de 47 pontos com conteúdo exclusivo. Ao escolher um agrupamento de pontos impressos nos pijamas – azuis, para os meninos, e rosa, para as meninas – o aplicativo irá mostrar uma história na tela, que poderá ser lida pelos pais às crianças.

O criador do projeto explica que, além de um vasto banco de histórias (são cerca de 40 livros), o aplicativo pode carregar conteúdo educacional, como fotos de animais e objetos, além de jogos educativos.

“Nós tivemos que criar uma nova tecnologia de digitalização. Não são apenas os códigos QR. Tivemos de criá-los a partir do zero”, afirmou Murdoch, que é pai de seis crianças.

Os aplicativos estão disponíveis em versões para celulares e tablets com Android e também para iPad. Criados em quatro tamanhos, que variam de um a oito anos de idade, os pijamas estão sendo comercializados na loja virtual criada por Juan Murdoch na internet – com entregas sendo realizadas para outros países.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome