Home Editoria Cidadania Projeto no Senado prioriza crianças e jovens com deficiência em matrícula escolar

Projeto no Senado prioriza crianças e jovens com deficiência em matrícula escolar

Projeto no Senado prioriza crianças e jovens com deficiência em matrícula escolar
Reprodução

Jornal GGN – As creches, pré-escolas e escolas de ensino fundamental e médio mantidas ou subsidiadas pelo poder público terão de priorizar a matrícula de crianças e adolescentes com deficiência, segundo proposta da senadora Nilda Gondim (MDB-PB) em tramitação no Senado Federal.

“As pretensões civilizatórias do país devem rechaçar esse tipo de ‘ignorância estratégica’, que não pode gerar outro resultado que não a triste e improdutiva manutenção do estado de coisas. Cabe ao Estado o papel de criar mecanismos para efetivar a tão almejada igualdade”, argumenta Nilda na justificativa do projeto.

O PL 2.201/2021 modifica o Estatuto da Criança e do Adolescente e o Estatuto da Pessoa com Deficiência, e a senadora chama atenção para que os direitos fundamentais garantidos na Constituição sejam atualizados constantemente.

Para ela, a falta de reconhecimento das dificuldades específicas de crianças e adolescentes com deficiência constitui uma das “práticas sociais tradicionais” que impõem dificuldades na obtenção de vagas escolares. Veja abaixo a íntegra da PL.

jornalggn.com.br-doc-avulso-inicial-da-materia-20210616

Com informações da Agência Senado

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Sair da versão mobile