Os secundaristas persistem na luta contra a reorganização do ensino

https://www.youtube.com/watch?v=-WzI5-5UyLc&feature=youtu.be width:700 height:394

Jornal GGN – Os estudantes fizeram nova manifestação contra Alckmin e sua política de reorganização escolar, que representa um baque na educação do estado. Geraldo Alckmin foi lembrado nas palavras de orde, mas os estudantes do Ensino Médio da rede pública de São Paulo entoaram a marchinha: “Mamãe mandou/ Tem que estudar/ Para não virar Polícia Militar”, o que mostra o vídeo acima. A manifestação contra a reorganização do ensino paulista ocorreu ontem (21) na Rua da Consolação.

No vídeo, é possível ver que os estudantes se organizaram de tal forma que os policiais militares ficaram acuados, da mesma forma que costumam acuar os manifestantes. Os meninos fizeram um cordão que isolava a polícia do bloco de manifestantes. 

O vídeo é mais um belo trabalho dos Jornalistas Livres.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

9 comentários

  1. BRASILIANAS, GGN e Ciro Gomes: Silêncios. Não se diz o motivo.

    –>  Alguém pelo blog e portal se lembra de que, mais de uma vez, em postagens, Nickname toquei num ponto ? 

     – ->  Por que o GGN não, creio que nunca, convido u( ou não convida) Ciro Gomes pra um artigo,  ou pra ser um eventual articulista ? ? ?  Sugiro.

      –>  E,   se convidou,  ele teria  recusado ?? 

      –> Ou se  vier a convidar,   ele aceitará? ? ?     ( Meus botões, naquelas sugestões, já me diziam que não e não ). Dou um doce pra melhor hipótese – eu não digo a minha  )

    • Será que ninguém sacou ? ? ?

      apostei aqui algumas vezes de que não haveria Ciro Gomes nesse espaço (ver lá embaixo. )

      Sendo aposta, há sempre margem de erro e de acerto.

      Gosto de Ciro Gomes, sendo interlocutor do mundialmente reconhecido, ousado, original

      ( também temperamental ) Mangabeira Unger) já acho boa referência.

      ____________________________________________________________

  2. Imagine um PM ouvindo isso

    Imagine um PM ouvindo isso “”Mamãe mandou/ Tem que estudar/ Para não virar Polícia Militar”.

    Acredito que a carapuça deve ter servido para muitos, imagina a raiva que esses PMs deve está desses jovens.

    A pior coisa que existe para um politico é se meter com jovens, pois, são inconsequentes, criativos, persistentes, teimosos…

    O PSDB de SP vai ter problemas com essa nova geração de eleitores 

  3. É isso…

    Definitivamente a PM paulista jogou seu nome na lama. 

    E mais, é ensurdecedor o silêncio das panelas hipócritas diante da agressão aos estudantes! Onde está a bovina massa indignada? É seletiva sua indignação? Não é com seus filhos então está tudo bem?

    E a asquerosa mídia “investigativa” auto nomeada guardiã da moral? Onde estão seus serviçais rastejantes, aqueles que fazem caras e bocas no horário nobre? Os colunistas que por moedas escrevem o que lhe mandam?

    E o Ministério Público? Tão diligente em proteger a velocidade dos idiotas e legislar sobre o trânsito da paulista, onde estã? 

    E Vossas Eminências a farfalhar seus hábitos nos corredores da CNBB, porque se calam?

    Quão obsceno é esse silêncio! São Paulo e Paraná estão a chocar o ovo da serpente, o embrião fascista em pleno século XXI.

    Quando acordarão? Talvez o dia em que de madrugada batam na sua porta; depois que levaram seu vizinho…

  4. Não sei quem escreveu o

    Não sei quem escreveu o texto, que é lastimável, porque diz que “a política de reorganização escolar representa um baque na educação do estado”. Simplesmente não se pode afirmar isso, sem dizer quais as mudanças pretendidas e adequadas ou não para cada escola individualmente. Se o autor do texto não está satisfeito com a educação, então algo tem de mudar; negar a reorganização escolar, como princípio, não faz sentido. Baixíssimo nível de lógica.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome