A mina da inspeção veicular

Por Rafael Rodrigues

Nassif, uma dica forte para falarmos dos absurdos na terceirização:

A controlar vai inspecionar, este ano, cerca de 2,6 Milhões de veículos em São Paulo, a uma taxa de R$ 52,73 que ficará integralmente com a empresa.

Isto dá aproximadamente R$ 137 Milhões de faturamento em um ano.

Para manter 4 ou 5 unidades em São Paulo, com equipamentos que nem são de última geração, qualquer um pode oferecer um serviço muito mais barato.

Eu sou apenas um consultor de TI, mas se eu fosse esperto e tivesse lido o edital desta concorrência, eu teria conseguido uns 10 milhões com o BNDES e montado uma empresa melhor estruturada e ganho a concorrência com uma tarifa menor.

A empresa recebe a taxa recolhida antes de executar o serviço: inadimplência zero.

Os contribuintes tem de agendar data de hora para a revisão: Gargalo no atendimento zero.

Os contribuintes tem prazo escalonado para fazer a inspeção (de acordo com o final da placa): Fluxo de caixa garantido.

Não há ponto ruim para a Controlar, não há risco, não há absolutamente nada a se preocupar, a não ser cumprir os prazos e manter um serviço de call-center e um site meia-boca em funcionamento.
A margem de lucro da empresa deve ser astronômica, e para maquiar isto, a alternativa mais óbvia é a aquisição de equipamentos a preços superfaturados. Como são equipamentos de aplicação bastante restrita, falsear preços torna-se fácil. Principalmente a parte que é importada, que já pode servir facilmente para evadir divisas. Superfatura-se lá fora, faz-se o pagamento daqui para lá, esvaziando os lucros aqui (sonegação de IR) e gerando riqueza no exterior, onde rastrear torna-se bem mais difícil.

Tem mais:
A grana a ser devolvida aos aprovados na inspeção sairá dos cofres da Prefeitura, ou seja, dinheiro público que é gerado pelos impostos de todos os cidadãos. Ou seja, quem não tem carro ou tem carro mais antigo do que 2003 está subsidiando a inspeção veicular de quem tem carro novo.

Outro aspecto:

Quem controla a Controlar? Para ela, aprovar ou reprovar o veículo torna-se indiferente.

Embora a possibilidade de extorsão por parte dos inspetores ou corrupção por parte dos motoristas existir em qualquer situação, do ponto de vista da terceirizada não gera nenhum problema.

Se o processo fosse feito pelo próprio município, existiria uma necessidade maior de supervisão do processo, pois o cofre que arrecadaria a taxa seria o mesmo que reembolsaria, ou seja, o ‘cafezinho’ para liberar um veículo irregular causaria prejuízo direto, não a terceiros.

Bom… isto é um começo. Podemos explorar muito mais este tema.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

43 comentários

  1. Nassif,

    Veja que noticia
    Nassif,

    Veja que noticia interessante abaixo. Imagine se os empresários daqyui adotassem o mesmo caminho. E queriam que Lula adotasse o caminho do pessimismo.

    Medidas tomadas contra a crise começam a demonstrar algum efeito
    Financial Times
    Ralph Atkins, David Pilling e Krishna Guha
    À medida que a economia mundial piora a ponto das profundezas se tornarem insondáveis, surgem sinais de que as ações tomadas podem ter um efeito

    Lars Nonbye, diretor geral da empresa Nonbye de produção de placas na Dinamarca, encontrou uma forma de lidar com a desaceleração econômica global. Ele a baniu do local de trabalho. Jornais são recortados para remover os artigos repletos de pessimismo, conversas sobre a crise estão proibidas no início das reuniões e adesivos anticrise são distribuídos aos clientes. “É preciso dizer um basta”, argumentou Nonbye.”

    Matéria completa: http://noticias.uol.com.br/midiaglobal/fintimes/2009/02/07/ult579u2704.jhtm

  2. São Paulo parece estar indo
    São Paulo parece estar indo por um caminho sem volta. O descontrole e a entrega do poder a corrupção para maquiar a tranquilidade. O poder destes esquemas se torna tão grande que não será possível desfazer, como no caso do PCC e de empresas de onibus.

  3. E quanto à fábrica de
    E quanto à fábrica de multas… nem se fala.

    Meu cunhado trabalha na empresa que acaba de fechar mais centenas de radares móveis com a prefeitura. Isto deve significar que as estimativas deles está voltada no aumento das infrações, não na educação para o trânsito. Um dos pontos que mais eles visam são as saídas das faculdades, pois os jovens saem à toda e aí são flagrados.
    Outra coisa: é que sempre há um monitor para o aparelho e um “policial militar” fazendo um freela para proteger este monitor. Será que este “segurança” é contratado da empresa oficialmente…. Just wondering.

  4. Nassfi,
    Nassfi, impressionante.

    Rafael, eu quero tocar essa história para frente.
    Temos grupos organizados que precisam saber dessa aberração.

    Por favor, vamos falar mais sobre isso?
    Com pessoas sabendo, cria-se a necessidade de ampliar o conhecimento sobre isso e questionar todo o procedimento.

    E se descobrirmos que a Controlar é de algum aliado do Kassab, do Serra ou de alguém da base política deles?

    De quem é a Controlar? Quando foi criada?

    Absurdo.

    Obrigado, Gustavo.

  5. Esta minia de ouro vem sendo
    Esta minia de ouro vem sendo discutida desde,se não me falha a memória,da administração de ninguém menos que Paulo Maluf. Precisa dizer mais alguma coisa?
    Agora,estranho mesmo tem sido a constância com que nossa combativa mídia tem dedicado-se a informar-nos com notícias ruins da atual administração de São Paulo.
    Estaria o afilhado político do mandatário do Palácio dos Bandeirantes querendo fazer um voo solo?

  6. Olá,
    Se com uma empresa
    Olá,
    Se com uma empresa privada já há esta grita. Qual a diferença entre serviço público e privado neste caso, já que é monopolizado?
    O outro lado da história é que se o município resolvesse fazer esta inspeção veicular, imaginem a estrutura que seria criada. Haja barnabé e aspone…
    “Quem controla a Controlar? Para ela, aprovar ou reprovar o veículo torna-se indiferente.”
    Não conheço as minúcias do contrato, mas acho que a Controlar é auditada sim. Quanto à indiferença na aprovação/desaprovação do veículo: isto não é bom? Eu acho que é.
    [ ]´s

  7. Considerando que o PSDB gosta
    Considerando que o PSDB gosta mesmo é de privatizar tudo o que encontra no governo, aqui vai minha sugestão ao Serra:

    privatizar a polícia e ajustiça e entregá-la ao PCC.

    Olha só que maravilha: Você paga uma taxa mensal, e quando alguém te incomodar, chama o PCC, que aplica um corretivo físico no incomodante, e assim estará livre do incomodo.

    Para julgar, os rituais jurídicos do PCC são muito mais rápidos, eficazes e baratos do que a justiça lerda:

    errou, leva um tiro na mão, ou no pé …

  8. Rafael Rodrigues,

    Não quero
    Rafael Rodrigues,

    Não quero entrar no jogo do sempre foi assim e sempre será assim, pois seria referendar a situação atual como normal. Vários indícios como os mostrados por você sugerem que se examine com muito cuidado estes serviços e se cobre ao menos o que se pediu no edital de licitação.

    Você é apenas um consultor de TI, e não adiantaria ter lido o edital desta concorrência, conseguido uns 10 milhões com o BNDES e montado uma empresa melhor estruturada, pois, tudo sugere que você NUNCA ganharia a licitação com uma tarifa menor. Certamente seria desqualificado por não ter experiência anterior em alguma coisa que eles diriam importante, pouco capital, falta de mão-de-obra qualificada, .etc. Se ganhasse “correndo por fora”, teria sérios problemas para receber em dia o que lhe seria devido ou, fatalmente, teria uma fiscalização mais que rigorosa para cumprir exatamente o que foi pedido no edital (fato dispensável se você estivesse no esquema).

    Ao que você disse, eu acrescentaria::

    – A empresa começa a executar os serviços com os veículos que não apresentarão problemas: curva de aprendizado suave e baixíssimo risco de cometer erros nos serviços prestados.

    Aposto que este item foi um pedido especial da prestadora de serviços por não ter conseguido instalar (e calibrar) sistemas e equipamentos no prazo definido no edital. Como é “amiga”, conseguiu então esta facilidade para iniciar a prestação de serviços. As pessoas irão lá e pensarão que aqueles equipamentos estão medindo alguma coisa da poluição emitida, mas a aprovação ou reprovação estará mesmo sendo feito pelos narizes dos atendentes.

  9. Sofia,

    Quanto à fábrica de
    Sofia,

    Quanto à fábrica de multas…eu falo sim.

    Vamos levá-la a falência….Basta seguir fielmente as regras e prestar muita atenção ao dirigir. Os jovens poderiam começar protestando nas saídas das faculdades, dirigindo seus carros lentamente e com muita atenção.

  10. Caro nassif o que é
    Caro nassif o que é lamentável que com tudo a favor como relata o Rafael, esses caras ainda conseguem prestar um serviço ruim, começando pela Central de agendamento e não duvido que “levantem a bola” para oficinas e centros automotivos dos amigos
    Com essas Terceirizações tanto da Prefeitura de São Paulo como do Governo do Estado a campanha de Serra/Kassab ganha um grande volume de oxigênio

  11. (Não resisto)

    O que me deixa
    (Não resisto)

    O que me deixa puto é que essas coisas não são tão difíceis de tratar.

    Ora, o ponto central é o quanto pagamos pelo serviço – se é aceitável ou não.

    Não é necessariamente o quanto estão ganhando nas nossas costas e se é lícito ou não. Isso se apura em processo paralelo, sem querer partir para direto para a anulação do contrato ou da concessão.

    Porque o bendito MP não pede preliminarmente, SEM PARTIR DIRETO PARA A ANULAÇÃO DA CONCESSÃO, uma estimativa de custos e a divulgação desses custos (e estimativa de lucros) na Internet ?

    Porque não pede a “disclosure”, a abertura da movimentação financeira envolvida na prestação desse serviço, em primeiro lugar ? Nesse caso e e m tantos outros…

    Ficar SÓ querendo provar que houve sacanagem, que houve propina – e provavelmente houve – é na maioria das vezes inútil e contraproducente.

    Vamos tomar medidas acautelatórias… Quem sabe não seja necessário criar tanto tumulto e insegurança jurídica – e afastar muita gente boa que do contrário estaria querendo também contratar com o Estado – simplesmente fiscalizando diuturnamente e EFETIVAMENTE os contratos do Poder Público.

    Sem simplesmente querer mostrar serviço e jogar para a platéia.

  12. É assustadora essa onda de
    É assustadora essa onda de terceirização que ocorre em órgãos públicos. Infelizmente, na maioria dos casos, o que observo é que os vencedores de licitações têm relação estreita com “representantes” do poder público. Tornamo-nos reféns dessas pessoas sob o argumento que teremos uma qualidade de vida melhor e mais segurança no trânsito. Esse é o custo de nossa ignorância.

  13. É dificil!

    Casos recentes,
    É dificil!

    Casos recentes, ou nem tanto:

    1 – Bolsa de Primeiros Socorros no porta-luvas de todos os veículos. Alguém tem 1 destas hoje no seu?

    2 – Tomadas nos engates. Muitos colocaram ou retiraram o engate, mas nunca ví ou ouvi falar que alguém fiscalizou;

    3 – Lampadas Xenon (mais recente);

    4 – Inspeção Ambiental Veícular. Chega a ser ridículo isto! Para carros mais novos? E os mais antigos? E o cidadão que acaba de comprar em final de dez/08 seu tão sonhado carro zero e mal rodou 200 km também precisa fazer a tal inspeção?

    É muito difícil viver neste lugar. Vou por à venda carro e moto e passar a andar de bicicleta, mas o risco de algum imposto ou imposição remunerada aos cofres públicos também é grande!

    Estão fazendo caixa? Quem controla isto? Gostaria de saber os custos e principalmente lucro líquido, para onde vai parar?

    As vezes me pego com vontade de chorar, por trabalhar tanto e ter mais medo de parte da polícia e grande porte de políticos do que do cidadão comum.

    Um abraço!

    DonLuiz

  14. Discordo da Sofia. Educação é
    Discordo da Sofia. Educação é importante, mas é preciso repressão também, principalmente quando já se está lidando com adultos. Se os jovens “saem a toda” das faculdades, desrespeitando os limites de velocidade impostos pelo poder público, colocando, em consequência , suas vidas e as de terceiros em risco, devem, sim, ser punidos. Lembro, ainda, que por uma absurda decisão do Contran, todo e qualquer radar instalado na via pública deve ser precedido de placa alertando sobre sua existência, o que me parece piada pronta. Daí ser comum o motorista diminuir a velocidade ao passar pelo radar, de cuja existência já havia sido alertado pela placa, e depois seguir viagem em velocidade totalmente imcompatível com o local . Vá-lá: poder-se-ia até alertar que determinada via ou rodovia tem fiscalização eletrônica, mas jamais obrigar a instalação de placa a distância determinada do radar. Há paises em que viaturas da polícia descaracterizadas trafegam pelas rodovias monitorando a velocidade dos veículos. Tal medida, que imagino extremamente eficaz para coibir abusos dos motoristas, jamais poderia, à luz da absurda resolução do Contran, ser implantada no Brasil. Por último, quero lembrar que, se as estatísticas estiverem corretas, estamos falando de 36.000 mortes por ano em decorrência de acidentes de trânsito, o que é muito se considerarmos o tamanho da frota de veículos no Brasil. Mais pertinente do que falar em “indústria da multa” seria falar em “industria da morte”.

  15. São Paulo entrou num regime
    São Paulo entrou num regime de corrupção desmetida, a exemplo do governo Pitta. O diferencial é que o Kassab apóia o PSDB e tem a blindagem da mídia. Vamos ver até quando eles escondem o lixo embaixo do tapete.

  16. Aqui em Goiás tem caixinha do
    Aqui em Goiás tem caixinha do Detran tb.
    Até parece que não teria…
    Comprei um carro na concessionária.
    Fizeram o serviço de licenciamento e emplacamento no pacote.
    E, lingaram-me do despachante, dizendo que se pagasse X (rolariam 6 meses adiante) teria um a placa mais “legal” para licenciamento e pagamento de IPVA.
    Informo que em Goiás, o primeiro ano de IPVA é isento e o pagamento é de acordo com o número da placa do veículo (estranho).
    Se não pagasse, 1 ano após a compra do carro pagaria IPVA.
    Recusei afirmando que aquilo era pagar propina.
    E disse ainda, que como paulista, estava muito feliz com a idenção do primeiro ano.
    Lembro-me que em SP sempre paguei quando tirava o carro da loja e sempre meu IPVA vinha em Janeiro.
    Pois bem, a moça insistiu e disse que eu poderia pagar o adicional em cheque, com prazo.
    Era propina mesmo.
    Não paguei e fiquei p… com eles e feliz comigo.
    Penso que os Detrans da vida são o maior antro de corrupção.

  17. Vou mudar o endereço do meu
    Vou mudar o endereço do meu carro para outro município. É como posso ,dentro de minhas limitações, responder ao avanço sobre o meu bolso.

  18. Nos é muito triste e por
    Nos é muito triste e por vezes chocante sermos submetidos por parte das autoridades a esta gama de desrespeito, descalabro e roubo mesmo, com a anuência da mídia, que o faz por interesses financeiros.
    Ao simples cidadão resta emitir sua opinião contrária em blogs ou enviando-a as redações.
    Não só nos sentimos impotentes e usurpados, com as autoridades, “forçam” os cidadãos a cometerem delitos, uma vez que os honesto são os que mais sofrem, mais são enganados e não teem nenhuma contrapartida para sua honestidade.
    Como há muito tempo um escritor declarou que “Um dia ainda teremos vergonha de sermos honestos”, parece-nos certo que estes dias já chegaram.
    Realmente, a mídia atual e as autoridades, nos fazem termos imensa vergonha de tentarmos sermos honestos.

  19. Nassif e leitores !

    Me sinto
    Nassif e leitores !

    Me sinto um TOLO.

    Me sinto um IDIOTA.

    Talvez, no mínimo, um preguiçoso que não lê os editais.

    Tento ser músico, trabalho, pago imposto. E os espertos faturam 130 mi na boa.

    Aliás, alguém aí estea sabendo se tem algum edital de privatização de estrada? Quero minha praça de pedágio, já !

  20. Nassif,

    O problema
    Nassif,

    O problema não é a Controlar. Mas, a pergunta a ser feita é: Por que SÓ a Controlar? Para quê licitação? Por que simnplesmente não estabeleceram as condições e abriram a quem quisesse prestar o serviço, como as lotações?
    A resposta nós sabemos.

  21. Wandhkleysson e Felis,

    O que
    Wandhkleysson e Felis,

    O que eu tentei expor foi a falta de preocupação com a educação para a paz no trânsito – ou para a coexistência no trânsito – algo assim.

    Por ora os investimentos estão voltados ao erro do motorista, às infrações cometidas. Ok, vocês vão dizer que é punindo, mexendo no bolso, que eles aprendem. Mas que tal também iniciar-se um processo para erradicar o erro.

    Algumas poucas mudanças que presenciei em Oslo, na Noruega, reduziram a quase zero o problema: respeitar a faixa de pedestre – em que todos os dois têm direitos iguais (locais onde não tem farol, o pedestre é a prioridade); em vias principais, o motorista baixa a velocidade para deixar entrar o motorista da vicinal (vira uma dança bonita e não um desespero para tentar entrar com pisca ligado), numa rodovia o motorista da frente não pode sair se estiver no limite de velocidade – quem quiser correr além do limite que dê um jeito de ultrapassar e assuma o risco da multa. Coisas simples que melhorar a convivência.

  22. E essa NOTA FISCAL PAULISTA,
    E essa NOTA FISCAL PAULISTA, pra que ter custo com programadores, memória ram, espaço do hd com cadastramento, perder quase 1 dia por ano fornecendo cpf? E está vindo mais uma NOTA FISCAL paulistana.

  23. E essa NOTA FISCAL PAULISTA.
    E essa NOTA FISCAL PAULISTA. Pra que ter custo com programadores, memória ram, espaço do hd com cadastramento, perder quase 1 dia por ano fornecendo cpf? E parece que está vindo mais uma NOTA FISCAL paulistana.

    Mas aí o ganho de arrecadação é mais que proporcional.

  24. Emílio,

    Não me resta dúvida
    Emílio,

    Não me resta dúvida que parte destes 137 milhões se tornará verba de campanha tucana para 2010.

    Daniel,

    Você está certo. O ponto central é o valor da tarifa. O fato é que todas as facilidades oferecidas pela estrutura que detalhei é que apontam para uma tarifa que deveria ser muito, muito baixa.

    E como a idéia era explorar aspectos da terceirização, imagine qual seria a tarifa a ser cobrada se o serviço fosse executado a preço de custo, pelo poder público.

  25. “Ridículo esse imposto ou
    “Ridículo esse imposto ou taxa, vcs pensam q o povo é idiota!?
    Porque os veículos que realmente poluem não estão obrigados a fazer?
    Isso é um verdadeiro caça níqueis do povo, é uma vergonha e o povo brasileiro é muito cordeirinho…por muito menos q isso em outros países teria o maior quebra quebra… tenho vergonha de ser brasileiro e ter q me sujeitar ordeiramente a ser roubado pelos corruptos políticos deste país( republica de bananas) e além disso ter que ficar horas na marginal porque um caminhão podre ou um poisé que NÃO ESTÁ OBRIGADO A INSPEÇÃO quebrou por mal estado de conservação e ficar repirando fumaça de caminhões que após saírem da inspeção ( os q fazem) já abrem o bico injetor novamente, sem falar no aluguel de pneus!
    Vou organizar movimento prá acabar com essa pouca vergonha e com essa mamata de vcs que são os verdadeiros ladrões do povo!”

    Acima a reclamação que postei no site da Controlar, deu vontade de falar muito mais… de chingá-los mesmo… de abaixar o nível mesmo, afinal 50 e poucos reais é parecido com o preço de remédios prá previnir úlcera e atque cardíaco, então aproveitei e economizei nisto desopilando o fígado pelo menos…

    O certo seria a classe média boicotar esse serviço e só aceitá-lo após TODOS OS VEÍCULOS serem obrigados a fazer o inspeção!
    Mas é difícil mobilizar a classe média: um dia tem um almoço de negócios, no outro tem que jogar tenis, no outro vai sair com a amante…e são só cinquentinha e ainda vão devolver…é difícil! É dificílimo “montar” uma nação verdadeira, com ética , com raça, com “pegada” enfim formada de cidadãos na acepção da palavra…
    Para os que gostam de parábolas ou de ditados ou de piadinhas que imitam a vida, continuem a ler abaixo , já para os q não gostam , obrigado pela paciencia:

    Dizem que a galinha , inconformada pela sua situação constrangedora, foi reclamar para Deus da sua condição e nessa empreitada foi barrada por São Pedro que argumentou:
    -Calma lá Sra. Galinha , não é assim não, Deus está muito ocupado e não pode ir falando com todo mundo assim de imediato!
    -Compreendo São Pedro mas minha condição física é urgente e insuportável , é urgente!
    – Mas vc existe a tanto tempo o que pode ser tão urgente?!
    – É que não aguento mais, todos os outros animais tem um orgão para fazer sexo e outro para defecar! E eu tenho só tenho a cloaca para os dois fins! É anti-higienico é dolorido, enfim é um horror, isto não é justo!
    – Calma Dona Galinha, para tudo há uma solução! Preencha este formulário de Solicitação de Avaço Rápido de Evolção Genética ( SAREG ), junte duas fotos , atestado de antecedentes e cópias autenticadas de Rg e CPF e de entrada no Setor de Protocolo com São Tomé, viu como tudo tem solução?!
    – Mas isso demora para ser atendido?
    -Depende da quantidade de serviços que Deus tenha prá fazer e que estejam na frente de sua solicitação…
    – E a fila tá muito grande? O Sr sabe?
    -Infelismente não podemos fazer previsões, até porque o Diabo vive fazendo manisfestações aquí e a coisa tem estado bem conturbada ultimamente…espere e será chamada!
    – Mas e enquanto isto?!!
    – Bom , enquanto isto, continue tomando no mesmo lugar que vem tomando a milênios…

  26. HOJE FUI FAZER A INSPEÇAO
    HOJE FUI FAZER A INSPEÇAO TENHO UM CAMINHAO QUE ATE HOJE PENSAVA QUE ESTAVA TUDO CERTO ,ATE QUE A PESOA QUE FAZ A INSPEÇAO JA DEU COMO NEGADO PORQUE ESTAVA FALTANDO UM LACRE QUE FICA NA BOMBA INJETORA,SENDO QUE NUNCA MEXI NA BOMBA A PESSOA QUE FAZ A REVISÁO DISSE QUE ATE PODERIA TER CAIDO PERDIDO ENFIM PAGUEI FUI RECUSADO E AGORA VOU TER QUE IR NUM BOMBISTA PARA VER ONDE FICA ISSO E COMO PERDI,NAO TIVE NEM A CHANCE DE IR PROCURAR COMPRAR E VOLTAR LA PARA VER SE O CAMINHAO ESTAVA TUDO CERTO,VOU TER QUE PAGAR NOVAMENTE A BELA TAXA E VOLTAR LA PARA OUTRA INSPEÇAO E PARA SER REPROVADO NOVAMENTE …..ATE ONDE VAMOS PARAR SERIA MELHOR COLOCAR ESTE VALOR DE TAXA A MAIS NOS IMPOSTOS PORQUE PENSAM QUE SOMOS TROUXAS ,HOJE ESTOU MAIS UMA VEZ REVOLTADO COM ESTA NOSSA POLITICA .
    ABRAÇOS

  27. Tambem tenho um caminhão que
    Tambem tenho um caminhão que foi reprovado 6 vezes, e hoje descobri que há inspetores na controlar que não são técnicos mecânicos, ou muito menos tem experiência na área mecânica, ou seja , talvez eu tenha sido reprovado por um leigo, isso é lamentável. Quem controla a controlar?

  28. ISSO É UMA VERGONHA!!!OS
    ISSO É UMA VERGONHA!!!OS VERDADEIROS POLUENTES NÃO SERAM OBRIGADOS A FAZER ESSA TAL DE INSPEÇÃO VEICULAR…O POVO DEVERIA SI UNIR PARA ACABAR COM ESSA FESTA DESSES POLITICOS SAFADOS.

  29. NÃO ESTÃO INTERESSADOS EM
    NÃO ESTÃO INTERESSADOS EM EVITAR A POLUIÇÃO,
    POIS SE ESTIVESEM NÃO DEIXARIAM VENDER GASOLINA
    MISTURADA COM TODO TIPO DE LIXO, MÁS SEMPRE TEM QUE GOSTE DE UMA PROPINA PARA LIBERAR E FAZER VISTA LARGA. E OS ÔNIBUS DE LINHA QUE SOLTAM UMA FUMAÇA FEDORENTA, VAI PARA A INSPEÇÃO? OS CAMINHÕES DA PREFEITURA DE OSASCO ESTÃO CAINDO AOS PEDAÇOS, PNEU CARECA E AINDA LEVAM OS PIÕES NAS CARROCERIAS SEM SEGURANÇA ALGUMA.
    É OBRIGAR OS OUTROS É MUITO FÁCIL.

  30. MEU DEUS é muita sacanagem
    MEU DEUS é muita sacanagem esses politicos parecem lobos inventão essa tal inspeção veicular pra faturar no caixa dois ,pobres paulistanos mais uma vez traidos por
    politicos gananciosos q só pensam no bolso deles
    e nós a merce da própria sorte …………………………………..
    me ajuda ai

  31. Gostaria de expressar minha
    Gostaria de expressar minha indignação contra a empresa CONTROLAR:

    Semana passada estive na Controlar da Av. Aricanduva (20/10/2009)
    Fui rejeitado na inspeção visual por “fumaça azul”.

    Achei má vontade do inspetor pois eu mesmo nem ví fumaça azul saindo do escapamento de meu veículo.

    O problema é que meu veículo tem troca de óleo lubrificante e de filtros rigorosa, e não baixa óleo lubrificante de forma anormal, aliás nunca baixou.

    Meu mecânico deu uma “geral” e não achou nada que pudesse confirmar a tal fumaça azul, inclusive checou a bomba que está regulada, bicos injetores, filtros (troquei tudo inclusive o filtro de ar há apenas 400km).
    E eu sempre abasteço com o diesel da PetroBR, muito bom por sinal.

    Ainda na Controlar alegaram que ele falhou, só que foi por causa do corte de giro, pois realmente falhou um pouco apenas na hora que o inspetor pisou o pé até o o final do acelerador e foi até os 3500 rpm (corte).

    O que faço pois meu mecânico disse que o motor não tem nada a fazer, o consumo de óleo lubrificante é super normal, não há fumaça escura e não há sequer uma resposta da controlar?
    Os vistoriadores não são formados em mecânica e não dizem qual é o problema nem qual é a solução. Sei que muitos veículos poluem, mas só eu sei que meu veículo é bem cuidado e que sempre tomei as devidas precauções e fiz as manutenções para que não poluísse.

    O que fazer diante da falta de caráter desta empresa que só quer é lucrar, não tem no atendimento telefônico um setor técnico para nos dar as mínimas satisfações e barram um contribuinte numa inspeção visual mal feita por um vistoriador despreparado e mal-humorado.

    O Brasil é engraçado, força os contribuintes a usar o tal jeitinho brasileiro, só que eu no caso sou pagador de impostos e parece que as pessoas de bem acabam sendo as mais prejudicadas .

    O que faço ? Entro no Procon? Jogo meu veículo no Tietê para poluir o rio um pouco mais?

    Não tenho condições de trocar de veículo atualmente, e nem o quero fazer.

    Fica aqui meu apelo e também denúncia contra esta empresa CONTROLAR que agé de má fé, não tem em seu atendimento um setor técnico, os vistoriadores estão pouco se lixando para nossas indagações e a ouvidoria jamais responde.

    A prefeitura criou o MONOPÓLIO para esta Controlar, se houvesse outras empresas e postos eu iria em 3 até ser bem atendido e ter certeza que estou com problemas, o que sei que não ocorre.

    Isso é serviço ?! Ou extorsão?

    Maurício Kalil SP

  32. O consorcio intermunicipal do
    O consorcio intermunicipal do ABC, ja se prepara para fazer o mesmo na região. São sete cidades, outros milhares de carros e mais dinheiro indo para as mãos de meia duzia de “espertos”… revoltante!

  33. Povo de “bundão”!!.Seria
    Povo de “bundão”!!.Seria fácil resolver e não precisa de esforço algum. É só anarquisar o esquema todo. Já que nem divulgado é, então que ninguem faça isso!! Serviria como protesto. Adoraria ver a Prefeitura fiscalizando zilhões de veículos e os apreendendo. Duvido, mesmo por que, é só passar as eleições que isto cai por terra. Lembram os esquemões do kit primeiro socorros, e depois os extintores se não me engano, é tudo igual, quem compra com medo e por ser honesto se dá mau!!! Aqui nesse pais Honesto é sinônimo de Trouxa, é assim na Lei e é assim do dia a dia.
    Não vou pagar e me arrisco a verificar se essa palhaçada vai continuar ano que vem .

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome