A proposta do consórcio chinês para a licitação no RJ

De O Globo

Consórcio chinês oferece novos trens 50% mais baratos do que os de São Paulo

A Secretaria Estadual de Transportes encerrou nesta segunda-feira o processo de entrega das propostas de licitação de novos trens para modernizar o sistema ferroviário do Rio de Janeiro. O consórcio chinês CMC-CNR-CRC ofereceu o menor preço: R$ 543.171.084,49 pelas 60 locomotivas. A nova frota estará em funcionamento até 2016.

Segundo o secretário estadual de Transportes, Julio Lopes, o governo estadual vai economizar quase 50% por cada locomotiva em comparação aos trens encomendados à Alstom para reforçar as linhas do metrô paulista. O Governo do Estado de São Paulo pagou R$ 17 milhões por cada composição, enquanto o Governo do Estado do Rio vai pagar pouco mais que R$ 9 milhões pelo equipamento que tem características semelhantes. Cada composição é composta por quatro vagões.

Lopes explica que as novas composições seguirão o mesmo modelo dos trens chineses. “Os trens serão equipados com ar condicionado, painéis de informações de led, comunicação direta entre o trem e o Centro de Controle, câmeras de monitoramento interno, bagageiros, tvs de plasta”, disse em nota o secretário, que acrescentou que os intervalos entre uma viagem e outra serão menores.

O consórcio CMC-CNR-CRC saiu na frente na primeira fase da licitação. Para encerrar o processo, e anunciar o vencedor, a comissão responsável ainda precisa analisar todo o conteúdo técnico das propostas, num prazo de aproximadamente 30 dias. A expectativa é de que os trens comecem a ser entregues em 18 meses a partir da assinatura do contrato com a empresa vencedora. Até 2015, todos já estarão em operação.

O grupo chinês é o mesmo que venceu a licitação das 30 composições adquiridas pelo governo estadual em 2009, e que já começaram a ser entregues para testes de operação nos ramais da Supervia. O secretário Julio Lopes explica que até setembro deste ano todas as composições serão entregues às linhas administradas pela Supervia.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. Acabo de entrar no site da
    Acabo de entrar no site da cmc da china e os primeiros trens da supervia já foram embarcados para o Brasil no dia 17 de março de 2014. Agora esse problema com a t´trans e conversa fiada do cade os chineses não iriam dar seus belos trens para essa empresa fajuta fazer alguma coisa nos trens da cmc e só ver a reforma que ela fez na série 700 um serviço da pior qualidade. Nem trocar as formicas do trem ela fez passou uma tinta azul por cima e ficou por isso mesmo.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome