Indicado pelo PDT assume lugar de aliado de Lula nos Correios

 
Jornal GGN – A presidente Dilma Rousseff fez mais algumas concessões nos cargos de segundo e terceiro escalões do governo federal. Dessa vez, o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, foi exonerado para dar lugar ao ex-deputado paraense Giovanni Queiroz, escolhido pelo PDT. 
 
O executivo foi comunicado na manhã da última quarta-feira (04), pelo ministro das Comunicações, André Figueiredo. A demissão do nome de confiança do PT, que preside os Correios desde 2011, causou insatisfação ao partido, que tem reclamado da perda de espaço nos escalões inferiores da gestão da presidente Dilma.
 
As nomeações dão continuidade à reforma ministerial, diante das cobranças da bancada aliada que assumiu novas funções, como forma de garantir apoio e governabilidade em meio ao cenário de crise política que Dilma enfrenta.
 
Aliado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ligado ao PT de Campinas, Wagner Pinheiro ajudou a coordenar a equipe da transição de Lula em 2002, e comandou por oito anos o Fundo de Pensão da Petrobras (Petros). 
 
No seu lugar, ligado à Frente Agropecuária, Giovanni Queiroz foi deputado por cinco mandatos pelo PDT do Pará. Além do próprio presidente dos Correios, a troca seguirá o modelo “porteira fechada”, quando o ministro, neste caso Figueiredo, indica todos os ocupantes da estrutura.
 
Com informações de O Globo e Folha de S. Paulo.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora