Miriam Belchior confirma presença no Fórum Brasilianas

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, irá participar do 24º Fórum de Debates Brasilianas.org, sobre os desafios da logística e infraestrutura, no próximo dia 30 de maio, em São Paulo. Realizado pela Agência Dinheiro Vivo o evento reunirá especialistas e entidades do setor para discutir o cenário da infraestutura logística no Brasil, a indução ao desenvolvimento regional e também os marcos regulatórios e os entraves burocráticos do setor. Além da ministra, participarão do evento:

-Marcelo Perrupato, Secretário de Política Nacional de Transportes do Ministério dos Transportes;
-Rui Carlos Botter, Pesquisador da USP, especialista em Modelagem de Sistemas Logísticos Complexos, Planejamento  Gestão de Sistema Logístico;
-Frederico Bussinger, Ex-presidente da Companhia Docas de São Sebastião e também foi diretor de gestão portuária da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp);
-Renato Pavan, Engenheiro e consultor da Macrologística;
-Douglas Tacla, Vice-Presidente de Operações da DHL.

INSCRIÇÕES:  

0800-169-966 ou [email protected] 
Data: 30/05 – a partir 09h30
Local: Blue Tree Paulista
Rua Peixoto Gomide, 707 – Jardim Paulista
São Paulo

Investir em logística e infraestrutura de transportes é fundamental para escoar a produção nacional e atender à crescente demanda do mercado interno, e também aumentar a competitividade dos produtos brasileiros para o comércio exterior. Além disso, há uma relação direta entre infraestrutura e crescimento econômico, e uma estratégia logística de grande porte pode ser indutora do desenvolvimento de regiões que estejam abaixo dos níveis nacionais.

Entre os problemas existentes na área, é possível citar o desequilíbrio da matriz de transporte, que tem o predomínio do modal rodoviário, com 58% do total, contra 25% do ferroviário. Incentivar os modais ferroviários e aquaviários diminuiria os custos de operação e de frete, desafogaria as estradas e reduziria as emissões de gases poluentes.

Para resolver estas questões, o Ministério dos Transportes elaborou o PNLT(Plano Nacional de Logística e Transportes), que pretende investir mais de R$ 290 bilhões no período de 2008 a 2023. O plano tem como metas aumentar a eficiência produtiva em áreas consolidadas (como o Sudeste, por exemplo), induzir o desenvolvimento em áreas de expansão de fronteira agrícola e mineral(Norte e Centro-Oeste), reduzir as desigualdades regionais e promover a integração sulamericana. Também pretende aumentar a participação dos modais ferroviário e aquaviário na matriz de transporte, passando de 25% em 2005 para 35% em 2025 e de 13% para 29% do total, respectivamente.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome