Pazuello deve deixar Ministério da Saúde nos próximos dias, diz jornal

General da ativa comunicou a Bolsonaro que está com problemas de saúde; pedido coincide com pressão do Centrão pela pasta

Agência Brasil

Jornal GGN – O Ministério da Saúde deve ter um novo ministro nos próximos dias: o atual ministro, o general da ativa Eduardo Pazuello, deve deixar a pasta nos próximos dias para tratar de problemas de saúde.

Segundo o jornal O Globo, o pedido de afastamento coincide com o aumento da pressão do chamado Centrão pela pasta, sob a justificativa de má gestão durante a pandemia de covid-19 – contudo, integrante do núcleo bolsonarista ouvido pelo jornal diz que, se a saída de Pazuello, fosse por pressão política, o nome a ser indicado seria o do deputado federal Dr. Luizinho (PP-RJ).

Interlocutores próximos a Bolsonaro entraram em contato com dois médicos cardiologistas para substituir Pazuello: Ludhmilla Abrahão Haijar (o preferido de deputados do Centrão e do presidente da Câmara, Arthur Lira, do PP) e do presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Marcelo Queiroga.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora