Embaixador dos EUA exalta destacamento militar dos EUA, após fala de Bolsonaro

O embaixador dos EUA no Brasil, Todd Champman, emitiu uma mensagem ressaltando o Corpo de Fuzileiros Navais do país

Foto: Reprodução/Flickr

Jornal GGN – Logo após o comentário polêmico de Jair Bolsonaro de que é preciso “ter pólvora” contra os Estados Unidos, em caso de sanção do novo presidente Joe Biden pela atual devastação na Amazônia, o embaixador dos EUA no Brasil, Todd Champman, emitiu uma mensagem ressaltando o Corpo de Fuzileiros Navais do país.

Sem mencionar diretamente Jair Bolsonaro, horas após o discurso do mandatário brasileiro, Chapman publicou um vídeo em suas redes sociais que afirma que o destacamento é “o maior do mundo” e está “sempre de prontidão para responder de forma rápida, seja por terra, ar ou mar”.

“O Destacamento de Fuzileiros Navais na Embaixada e nos Consulados dos EUA compartilha uma longa história e uma relação importante e duradoura com a diplomacia que nos permite construir com segurança uma relação bilateral mais forte com o Brasil”, escreveu o embaixador.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora