EUA: A polícia do Capitólio não abriu os portões para manifestantes, diz homem que gravou o vídeo

Marcus DiPaola afirma que os policiais apenas recuaram após serem ameaçados, e estavam em grande desvantagem numérica.

Jornal GGN – Um vídeo circulou por redes sociais mostrando a polícia aparentemente abrindo barreiras e se afastando, enquanto os manifestantes invadiam o Capitólio, nos Estados Unidos. Segundo uma postagem na NewsWeek, não foi bem isso que aconteceu, trazendo informações do jornalista que gravou o vídeo.

Marcus DiPaola, jornalista freelance na TikTok, autor do vídeo que foi visto mais de 30 milhões de vezes no Twitter e mais de 1,7 milhão na TikTok, afirma que os policiais apenas recuaram após serem ameaçados, e estavam em grande desvantagem numérica.

“Eles definitivamente não apenas abriram as barreiras, os desordeiros pró-Trump cerraram os punhos como se fossem socar os policiais, e é por isso que comecei a gravar, então eles recuaram das barricadas”, disse ele à Newsweek por e-mail quando pediu contexto extra para o clipe.

“Completamente em menor número, não haveria sentido em lutar. Os manifestantes subiram os degraus do Capitólio muito rapidamente, a polícia da capital tentou contê-los, mas eles não tinham escudos de choque e realmente foram empurrados”.

“Foi quando eu vi a multidão pró-Trump chegar aos degraus superiores do Capitólio, eles quebraram a janela e continuaram batendo na porta até que um bando deles entrou”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora