Jornal francês traça perfil de Jair Bolsonaro: “o capitão explosivo”

"Seu tempo no Exército revelou o Jair Bolsonaro de hoje: ambicioso, polêmico, destemido, insubordinado, um homem que mistura verdade e ficção", traz Le Figaro

Jornal GGN – “Jair Bolsonaro, o capitão explosivo”: “Rebelde e indisciplinado”, Bolsonaro “criou vários conflitos com seus superiores hierárquicos” quando esteve durante 15 anos no Exército. Assim descreve o jornal francês Le Figaro, em um especial com o perfil do mandatário brasileiro em sua edição desta terça-feira (27).

“Antes de servir como deputado por 27 anos, sendo então eleito presidente do Brasil em 2018, o ex-militar de temperamento rebelde tinha muitos problemas na hierarquia”, trouxe o jornal, que logo em seu primeiro parágrafo expõe: “O que se lembrar dos 15 anos que Jair Bolsonaro passou de uniforme no Exército? Sua saída.”

“Quando ele foi empurrado para fora da porta após escapar da punição, após planejar um ataque à bomba como protesto contra os baixos salários nas Forças Armadas. Este golpe lhe rendeu a desconfiança dos oficiais de alta patente, mas uma forte popularidade entre as fileiras e os suboficiais, que ainda hoje constituem sua base eleitoral. É nessa categoria de militares que o ex-capitão confiou para se eleger, assim que deixou o Exército, a vereador do Rio de Janeiro, e depois deputado por 27 anos, antes de vencer as eleições presidenciais de 2018.”

Após a introdução, o perfil do Le Figaro traça a conclusão: “Seu tempo no Exército revelou o Jair Bolsonaro de hoje: ambicioso, polêmico, destemido, insubordinado, um homem que mistura verdade e ficção, uma personalidade julgada por seus líderes de ‘imatura’ e incapaz de comando, ou, na outra ponta, de ‘carismática’.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome