Livro “Os comissários desaparecidos”

Por Milu Duarte

Este livro eu conheci através de um amigo bielorrusso, e resolvi posta-lo, pois – com toda certeza, constitui material super interessante para todos os que gostam de história e, quem sabe, até para os que não gostam desta disciplina, mas sentem curiosidade em relação a este assunto.

O livro trata das falsificações fotográficas e das manipulações da produção artística do período de Stalin. Inicialmente, saiu como matéria em inglês em 1998. Não se preocupem pelo fato dele estar em russo: o importante é que as fotos falam por si mesmos. Basta que prestem muita atenção nos detalhes. Cada “camarada” que caia em desgraça para o camarada mor – Stalin era retirado da foto. Em alguns casos Stalin chega a ficar quase sozinho, após seus “expurgos”. Seria cômico se não fosse trágico. 

Todas as fotos fazem parte da coleção de David King, que escreve na introdução da obra:

 “Nos tempos de Stalin havia tanta manipulação de material pictórico que é possível reconstruir a história da União Soviética na base de fotografias retocadas.” 

A burocracia stalinista era totalmente contrária aos objetivos da Revolução de Outubro. Em face disto, Stalin precisava se garantir no poder e para tanto foi liquidando seus opositores dentro de seu próprio partido Bolchevique e, para não deixar rastros, ia refazendo a história…Não é preciso dizer que esta foi a forma mais cruel e brutal de manutenção de um poder obtido de maneira bastante duvidosa…E o pior de tudo, reafirmamos: não bastava que suas vítimas fossem fisicamente eliminadas da face da terra; era preciso também apagá-las da história e da memória soviética completamente. 

Logo na foto da capa, preste atenção: Stalin está com mais três camaradas: Antipov, Kirov e Schwernik. Isto em 1926.

 Em 1940, após cair em desgraça, Antipov já não poderia mais ser visto nas fotos. Passados mais nove anos, Schwernik tambem some das fotografias.A última das quatro fotos, feitas a partir da série que se originou da foto dos quatro juntos, já mostra Stalin sozinho. Esta é a capa do livro.

Em algumas imagens os rostos foram simplesmente cortados, sem a mínima preocupação com qualquer disfarce. Parece até que foi intencional, tipo técnica de intimidação, mas isto é opinião minha, coisa bem pessoal mesmo.

Em outras fotos, grandes grupos de pessoas foram cortados para mostrar uma ou duas pessoas que estavam atrás. Um detalhe: Stalin era preocupado com sua aparência, pois nestes retoques suas espinhas sumiram da mesma forma que sumiram seus “camaradas”. 

E Trotsky? claro que o Ministro da Guerra do novo estado soviético sumiu das fotos da mesma maneira como “sumiu” de seu esconderijo no México…E esta exclusão de Trotsky não se aplica só às suas fotos oficiais,não! Até fotos casuais passaram pela tesoura da polícia de Stalin. Prestem atenção a uma foto de Trotski e sua esposa no banco de trás de um carro durante a convalescença de Lênin na Geórgia. Na mesma foto, em 1936, Trotski e sua mulher foram substituídos via superposição grosseira. 

Fotos autênticas da época da revolução desaparecerem: existia o risco da repressão para quem as guardasse, tendo em vista a presença marcante de Trotsky no movimento revolucionário, no qual Stalin teve papel de menor destaque.

King conseguiu suas fotos de um artista corajoso soviético, que escondeu todo o material que guardava e que foi encontrado por King na década de 80. O artista guardou até mesmo fotos com borrões nos rostos de membros do partido, borrões estes feitos intencionalmente amando de Stalin, após a morte das vítimas. 

Mas King mostra que Stalin não teria sido o unico a usar a tecnica da falsificação: outros, depois dele, tambem o fizeram: o feitiço voltou contra o feiticeiro e alguns de seus sucessores retiraram sistematicamente o Camarada Stalin de muitas fotos da União Soviética.

PARA BAIXAR O LIVRO, COPIE E COLE NA BARRA DE SEU NAVEGADOR 

O ENDEREÇO A SEGUIR:

 

FONTE:

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora