ONU defende o Occupy e o Occupy está em todos os lugares

Because a sustainable future depends on the people willing to see the truth for what it is, and for those to stand up in unison in order to make a difference.

— Jake Edward Keli’i Eakin

Tradução livre do texto enviado por e-mail pelo movimento October2011

 

Os EUA estão sendo advertidos pela comunidade internacional por seu comportamento desumano. Dois emissários da ONU pediram que os EUA respeitem os direitos e protejam os manifestantes do movimento Occupy. Na sua carta de quatro páginas, eles descrevem exemplos específicos de comportamento abusivo da polícia. Os EUA, que frequentemente advertem países como China, Irã e Egito para a forma como tratam os manifestantes (enquanto vendem para eles gás lacrimogêneo e outras armas), não respondeu. Até agora, ao invés de proteger os nossos direitos, as autoridades federais coordenam secretamente com as polícias locais a repressão das ocupações.

Na verdade, parece também que a aplicação da lei nos EUA tem sido agressiva sobre pessoas vulneráveis do Movimento Occupy, prendendo-as. Os 5 de Cleveland estão enfrentando potenciais penas múltiplas de prisão perpétua. Um site foi criado para apoiá-los. Alguns dos 5 de Cleveland são membros do “Food Not Bombs”, um grupo que continuará sendo vital depois do Senado votar esta semana por não restaurar os $ 4,5 bilhões para o vale-refeição. Vamos acompanhar os casos em Cleveland e Chicago em October2011.org.

O Movimento Occupy continuará apesar desses desafios. Sabemos que enfrentar o poder da riqueza concentrada, ou a “classe dos saqueadores” como os chamamos, não será fácil, mas é necessário. Recentemente, as mídias corporativas têm afirmado que o Movimento Occupy está morto. Chris Hedges explica porque este obituário é prematuro e como o Movimento Occupy pode ter sucesso.

Na verdade, o Movimento Occupy está crescendo. “Occupy Our Homes” está salvando famílias de despejo por todo o país. Ainda mais do que isso, eles estão unindo as comunidades e capacitando-os a lutar por suas necessidades. Esta semana, Deborah Harris, que se descreve como normalmente tímida, encontrou sua voz e usou-a para confrontar Jamie Dimon, CEO do JP Morgan, quando participou de uma audiência com o Comitê Bancário do Senado. Ouça o programa desta semana no “Clearing the FOG” para saber mais.

Jamie Dimon foi confrontado novamente ontem pela coligação pedindo um Imposto sobre Operações Financeiras, conhecido como o Imposto de Robin Hood. Confrontos criativos deste tipo são ferramentas poderosas utilizadas pelos movimentos não violentos para expor a verdade e banir aqueles que são responsáveis pela opressão.

Membros do Occupy, estudantes e suas famílias estão ocupando uma escola pública em Oakland, Califórnia, para tentar impedir o fechamento de cinco escolas. Educação é a chave para construir um movimento forte e tomar medidas para transferir o poder. OWS está mantendo uma escola de verão de desobediência. Um ocupante da Freedom Plaza, Roya Brown, tomou a iniciativa de criar um fórum social permanente em sua casa, Occupy Denver.

Em Nova York, o Occupy recentemente marchou para acabar com o “Stop and Frisk”. A ACLU divulgou uma nova aplicação para telefone celular que pode ser usado para relatar atividades policiais do tipo “Stop and Frisk”. Também em Nova York, aqueles que foram presos por tentar ocupar a “First Trinity Church” após o fechamento do “Zuccotti Park” foram a julgamento. A maioria dos que foram presos receberam penas de serviços comunitários, mas Mark Adams está cumprindo 45 dias de prisão. Você pode mostrar apoio a ele através deste site Tumblr. Se você estiver interessado em postar algo no site, envie para [email protected]

Em Washington, DC, estamos nos preparando para a próxima decisão da Suprema Corte sobre a lei de saúde, o “Affordable Care Act” [sic]. Está em jogo o mandato individual, a expansão do Medicaid e, possivelmente, o destino da ACA inteiro. Não importa o que aconteça, sabemos que a ACA deixa dezenas de milhões de pessoas sem cobertura e dezenas de milhões mais com cobertura inadequada enquanto ainda provoca o aumento no custo da saúde. A maioria das pessoas nos EUA é a favor da saúde pública para todos. Quando a decisão for anunciada, seguiremos o regimento da Suprema Corte e pediremos uma solução simples: a queda das palavras – “mais de 65” – da lei Medicare existente e imediatamente expandir a desprivatização do Medicare para cada indivíduo. Isso proporcionaria uma base real para um sistema de saúde que ainda pode ser melhorado. Pedimos-lhe para se juntar a nós, apoiando uma ação de solidariedade em sua comunidade.

E pedimos-lhe para defender Julian Assange. Você provavelmente está ciente de que ele perdeu o recurso no Reino Unido e enfrenta extradição para a Suécia, onde ele provavelmente vai ser preso, embora ele não tenha sido acusado de um crime lá, e então enviado para os EUA para enfrentar acusações graves. Terça-feira ele foi à embaixada do Equador em Londres para pedir asilo. A Polícia de Londres diz que isso significa que ele quebrou os termos da fiança, mas Assange tinha pouca escolha, pois a sua própria nação, Austrália, recusa-se a proteger os seus direitos. Ligue para a Embaixada do Equador e agradecê-los por ter recebido Assange. Incentive-os a conceder o asilo. O número é 202-234-7200. Por favor, ligue agora pois uma decisão pode ser iminente.

Traduzido por José Luiz Berg, tradutor Google e dicionário Merrian-Webster.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome