Rússia abole vistos para turistas dos BRICS

Sugestão de Fábio de Oliveira Ribeiro

Do Sputnik Brasil

Rússia abole vistos para turistas dos BRICS

O presidente russo Vladimir Putin incumbiu o governo de desenvolver um sistema para que os turistas dos países do BRICS não precisem de vistos em caso de visitas de curto prazo e em trânsito, informou o site oficial do Kremlin na quarta-feira. O último prazo para introduzir propostas no projeto de lei expira em 30 de outubro.

Os BRICS incluem cinco economias emergentes entre os quais o Brasil, a Índia, a China e a África do Sul (e, naturalmente, a Rússia).

Putin pediu igualmente para fazer todas as alterações necessárias na legislação russa a fim de aumentar o número dos portos russos que aceitam turistas estrangeiros.

A ideia de viagens sem visto dentro do bloco foi proposta pela primeira vez em 2013 na quinta cúpula do BRICS em Durban, na África do Sul. O país já introduziu o direito de acesso simplificado para homens de negócios dos países dos BRICS à África do Sul, disse o ministro do Interior sul-africano, Malusi Gigaba, em fevereiro. 

Um dos projetos principais do grupo é o Banco de Desenvolvimento do BRICS, que iniciou o seu funcionamento em Xangai em 21 de junho com o capital inicial de 50 bilhões de dólares e visa financiar projetos de desenvolvimento sustentável e de infraestrutura. Um outro projeto é a criação de um pool de divisas de reserva de 100 bilhões de dólares, destinado a proteger as moedas nacionais de possíveis flutuações nos mercados globais. 

Vale lembrar que, em agosto, Vladimir Putin propôs extinguir os vistos para turistas dos países do BRICS para estimular o desenvolvimento da indústria turística na Rússia.

Leia mais: http://br.sputniknews.com/mundo/20150923/2205516/russia-vistos-turismo-brics.html#ixzz3mZUDQMaf

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

8 comentários

    • Sua reclamação é plausível

      Sua reclamação é plausível foi bem endereçada. Eu apenas reproduzi a matéria jornalística. A foto de abertura não se encontra na mesma e foi adicionada por alguém do GGN. 

      • 75,0 %

          È que tem tanto chines e descendentes deles em Cingapura, que até parece que vc. está na China, e nos bancos de Cingapura o que mais existe é dinheiro ( dolar, euros ) de empresas chinesas.

  1. Ôpa, estou nessa. Quanto tá a

    Ôpa, estou nessa. Quanto tá a cotação rublo/real? Sei que a passagem é cara, mas com o dólar nessas alturas uma viagem à Rússia pode ser tornar uma opção bem interessante. 

    • Não é tão cara

        Dá para encontrar passagem por até US$ 1.200,00 ( KLM ida e volta ), dependendo da data da viagem até por menos, o problema na Russia está nos preços de hotel, alem de Moscou ser uma cidade bastante cara, se for para lá, hospede-se em São Petersburgo, e faça Moscou de trem ( tb. não é barato para estrangeiros sem agencia de turismo ).

         Boa viagem, é um país que vale a pena conhecer.

  2. Visto para a Russia

    Eu fui para a Rússia em 2011 e já não precisava de visto para brasileiros. Russos também não precisam de visto para visitar o Brasil (reciprocidade)

  3. RACISMO

    Bem, sou moreno quase negro, entao, apesar de Sao Petesburgo ser uma cidade linda, nem de graça iria à Russia devido ao racismo lá. Um medico sul-africano foi espancado (acabou indo pra UTI) por neonazistas na saida do metro de Sao Petesburgo, a pouquissimos metros dos policiais e estes nada fizeram. É fato, eles sao muito racistas. Meu rmao que parece comigo já foi varias vezes a Escocia, Irlanda e Londres fazer cursos e sempre haviia russas nos cursos, elas todas sem excessao demonstravam racismo com ele.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome