Unasul criará comissão para buscar estabilidade para Venezuela

Do O Globo

Dilma: Unasul vai criar comissão para ajudar a Venezuela
 
Presidente brasileira compara situação à destituição de Lugo e defende manutenção da ordem democrática
 
Catarina Alencastro

VIÑA DEL MAR – A presidente Dilma Rousseff disse que a reunião da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) nesta quarta-feira, no Chile, criará uma comissão para debater o complexo momento pelo qual passa a Venezuela e ajudar a buscar a estabilidade para o país. Dilma destacou que o Brasil é a favor da manutenção da ordem democrática na Venezuela e comparou a situação no país com a destituição relâmpago do ex-presidente paraguaio Fernando Lugo, em 2012.

Dilma afirmou que o fato de Maduro ter desistido de vir à posse da presidente eleita do Chile, Michelle Bachelet, não interferirá na reunião da Unasul, que acontece amanhã com chanceleres dos 12 países que compõem o bloco.

— O que vai acontecer já estava previsto, até porque estamos em um momento de posse, então os presidentes não vão se reunir. Mas os presidentes mandaram os seus ministros de Relações Exteriores para fazer uma reunião, criar uma comissão, que pode ser inclusive de (representantes) todos os países da região, e fazer a interlocução pela construção de um ambiente de acordo, consenso, estabilidade, lá na Venezuela. O fato de não vir um ou outro presidente não vai interromper esse processo — pontuou a presidente.

Ela comparou a situação na Venezuela com a destituição relâmpago do ex-presidente paraguaio Fernando Lugo, em 2012.

— Sempre vamos procurar a manutenção da ordem democrática. Vocês vejam que quando foi o caso do presidente Lugo houve um momento de stress, hoje perfeitamente superado com a perfeita inclusão com o novo presidente eleito democraticamente, (Horacio) Cartes, que inclusive será, necessariamente pelo rodízio, o novo presidente do Mercosul — disse Dilma.

Segundo uma fonte do governo americano, o vice-presidente do EUA, Joe Biden, aproveitou a visita ao Chile para a posse de Bachelet para conversar com líderes latino-americanos sobre a Venezuela. Nos contatos, Biden reforçou as declarações dadas ao diário chileno “El Mercurio”, nas quais afirma que o governo de Maduro usa civis armados contra manifestantes pacíficos e se vale de “teorias da conspiração” para implicar os EUA nos protestos. As declarações do vice ao jornal levaram Maduro a dizer que Biden agrediu a Venezuela.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

leonidas

- 2014-03-12 20:06:41

A Unasul nao tem a menor

A Unasul nao tem a menor condiçao de intermediar nada 

Para intermediar algo é necessario haver I-S-E-N-Ç-A-O

E a Unasul é um palco do circo Bolivariano

Que piada...rs

Flics

- 2014-03-12 17:54:18

Coitado...

... do Motta... é um desespero só... nem a OEA financiada basicamente com dinheiro americano segue as ordens do "Capo de Washington"... e Cuba ainda se dá o prazer de recusar-se a voltar...

A diplomacia ianque só tem levado goleada... 

Rodrigo Souza

- 2014-03-12 17:48:42

de onde sai essas besteiras

Besteiras como essa só podem sair da cabeça de lunatidos e paranoicos, Unasul cria do Chaves é de doer em filhão...

Daytona

- 2014-03-12 13:53:27

O tipo de comentário

O tipo de comentário ignorante que só serve para desacreditar o sr. Motta Araújo(capaz de comentários inteligentes sobre outros assuntos, como suas opiniões sobre o STF).

O primeiro ato para a conformação de uma ordem política sul-americana partiu da Cúpula de Brasília, iniciativa do então presidente brasileiro Fernando Henrique Cardoso, em 2000. Esse foi o embrião para a constituição da identidade política do subcontinente sul-americano.

Motta Araujo

- 2014-03-12 12:29:57

A UNASUL é uma criação

A UNASUL é uma criação chavista, VAI INTERMEDIAR O QUE?

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador