Advogados de Dirceu e Genoino fazem desagravo político no STF

Do Estadão

 
Defensores dos condenados José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares dizem que união foi para formar partido, não para formar quadrilha
 
Felipe Recondo e Mariângela Gallucci
 
Os advogados do ex-ministro José Dirceu do ex-presidente do PT José Genoino e do ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares usaram nesta quinta-feira, 20, a tribuna do Supremo Tribunal Federal para fazer um desagravo político aos seus clientes e atacar o resultado do julgamento do mensalão. Foi a primeira sessão de análise dos recursos que podem reverter condenações de quadrilha e lavagem de dinheiro. Nenhum ministro da Corte votou. O julgamento será retomado na quarta-feira.
 
José Luís Oliveira Lima, advogado de Dirceu, além de citar a “falta de provas” contra o ex-ministro, apelou para o histórico político do cliente. “As provas produzidas no curso na ação não levam à condenação pelo crime de corrupção ativa, não levam à condenação do meu cliente pelo crime de formação de quadrilha”, afirmou.“Meu cliente não teve no crime o seu modus vivendi. Meu cliente teve 40 anos de vida pública sem qualquer mancha. José Dirceu é inocente”, concluiu.

 
Mais enfático, Luiz Fernando Pacheco, que defende Genoino, afirmou que os brasileiros rejeitaram, nas últimas eleições, a tese de que uma quadrilha foi montada no Palácio do Planalto durante o governo Lula para operar a compra de votos no Congresso.E disse que, no futuro, o tribunal voltará a julgar este mesmo caso sem as paixões que ele afirma terem marcado o processo.
 
Não houve a intenção de formar uma sociedade de delinquentes. Ao contrário, houve desde 1980, com o início do fim da ditadura, a formação de um partido político (o PT) e lá estavam Dirceu, Genoino, Delúbio, todos formando este partido que encampou o poder e o vem mantendo há 12 anos. Sinal de que o povo concorda com as práticas que vêm sendo adotadas”, afirmou o advogado, segundo quem as pesquisas eleitorais, como a divulgada na quarta-feira pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), mostram a presidente Dilma Rousseff na frente dos adversários. “Dizer que ali, do outro lado da Praça (dos Três Poderes) no núcleo de poder, havia um a quadrilha é um escancarado absurdo e o povo brasileiro já refutou isso. Aliás, pesquisa publicada antes de ontem já deu como certa reeleição da presidente Dilma já no primeiro turno.”
 
Quadrilha. Além dos desagravos e críticas, os advogados sustentaram que, tecnicamente, Dirceu, Genoino e Delúbio não podem ser acusados de integrar uma quadrilha. Assim como defenderam em 2012 quatro ministros do STF – quando há esse número de votos pela absolvição, os condenados têm direito a uma nova análise via embargos infringentes -, os advogados afirmaram que seus clientes não se uniram de forma permanente para a prática de crimes diversos. A união entre eles, disseram os defensores, ocorreu para a fundação de um partido político, atividade lícita, portanto.
 
“Delúbio, Genoino e Dirceu associaram-se com o fim de fundar um partido e conquistar o poder, atividade lícita em qualquer regime democrático. Se no curso surgiu aquilo que esta Corte considerou um crime, este crime não foi praticado por uma quadrilha”, afirmou Arnaldo Malheiros, defensor de Delúbio Soares.
 
Segundo ministros do STF, a tendência da Corte é reverter a punição por quadrilha, o que reduzirá a pena dos condenados e tirará do escândalo a versão de que se montou uma quadrilha no Palácio do Planalto. Em caso de absolvição, Dirceu, por exemplo, não precisará mais cumprir a pena em regime fechado. Ele e Delúbio estão atualmente no presídio da Papuda e Genoino está em prisão domiciliar por problemas de saúde. Eles já cumprem as penas por outros crimes pelos quais foram condenados no fim de 2012.
 
Contrário à tendência do plenário, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, insistiu nesta quinta na condenação por quadrilha. Para ele, ficou demonstrado que o grupo tinha por objetivo praticar crimes de forma continuada entre 2002 e 2005, tendo interrompido os atos só após a delação do ex-presidente do PTB Roberto Jefferson.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

14 comentários

  1. Bem lembrado

    Eu,  como parte dessa “quadrilha”,  vou agora mesmo fazer meu depósito e o sentimento é mesmo de solidariedade da senzala contra o poderio do escravocrata, estes regressistas secularmente corruptos

  2. defesa dlos reus

    Eu  so  gostartia que  o procurador  Janot  que alias  vem  fazendo um trabalho  ate certo  ponto com isençao, pelo menos  ate agora  pois  acredito que ele  va  mudar  de posiçao  assim que  a direita  pig   e forças ocultas  começarem a pressiona-lo. Mas  gostaria mesmo que ele  me  respondesse  como  ele  pode  se  basear  na  denuncia  de  ROB ERTO  JEFFERSON  QUE FOI  CASSADO  PORQUE NAO PODE  PROVAR O QUE DISSE. 

    Por  acaso  ai nao ha  uma  controversia? porque  acaso  ai nao fica  claro que  Jefferson  mentiu, e quis  varias vezes  voltar atraz  nas suas calunias  pois  quando fez  a denuncia  so tinha a  intençao de ferrar  com Dirceu, isso porque queria que  Dirceu  o indicasse para o supremo  e  é  claro  foi negado  a ele  pois  Dirceu é homem de visao  e   Jefferson  nunca teve  cacife para ser  um ministro do supremo. 

    Por  ourto lado sr  janot. o senhor  acha mesmo  que  o PT  se organizando no governo  teria  tanto tempo assim para montar uma quadrilha  da forma que foi descrita  por  Gurgel? Dirceu  estava muito ocupado, preocupado  com   os rumos do país  assim como Lula  que  viajava para  fazer negocios para o Brasil.  e  uma  formaçao de quadrilha  realmente  demanda  certa cautela, experiencia,  organizaçao  e acima  de tudo  onde  essa quadrilha iria  colocar  todo  o dinheiro roubado. Pelo que se sabe  os  73  milhoes  nao  foram. isso porque  alem de  nao ser Publico  era da Visanet. e  tambem porque  todos os eventos foram pagos. tudo que  a visanet  promoveu para  divulgar a marca  VISA  foram pagas  entao para que  formar uma quadrilha  se  eles  nao  tinham interesse  em ficar  com dinheiro? nenhum  deles tem conta  em paraisos  fiscais. ou  em bancos  fora do  país  tambem nao tem  patromonio  que  esteja  acima  das suas possibilidades, entao  esses quadrilheiros  sao os caras mais burros  que  eu ja vi. PORQUE  LEVAR  FAMA  SEM  PROVEITO  É  COISA  DE OTARIO. 

    • Quem contará a verdadeira história???

      Edson,

      O Sr. Bob Jeff é da política miúda, rasa e rasteira. Tudo que o PTB tocou a mão, após tirar o direito de Brizola de refundar e prosseguir com o partido, foi contaminado. Ele, Bob Jeff, fazia a troca de apoio político por GRANA e sempre foi assim. Ele é réu confesso de receber uma grana para pagamentos de dividas eleitorais, mas o mais importante é que por “ser aliado” o partido dele teve “direito” a alguns cargos em estatais e fazia desses cargos escadas para “arrecadar” fundos para o partido PTB ou seus dirigentes.

      Quando os arapongas do Cachoeira/Veja gravaram o Marinho recebendo propinas para facilitar licitação em estatal perceberam que poderiam até derrubar o governo e não houve outra alternativa de, cortando o mal pela raiz, todos os que tinham cargo com o carimbo PTB serem defenestrados e naquele dia em que subiu à tribuna, Bob Jeff, para defender o partido e seus nomeados jogou no ventilador o não aparente e o nem tanto. Atirou no que julgou que sabia e forneceu munição para os de sempre conseguirem “armar” a história do mensalão através da CPMI dos Correios.

      Às vezes fico pensando que se aquele procurador que hoje em dia retornou a casa e tem uma mesa ao lado da do Daniel Dantas, Antônio Fernando de Souza, fosse honesto teria arrebentado com praticamente TODOS os partidos, incluindo aí o PT e o PSDB, com o CAIXA DOIS devidamente escancarados. Aquela anta no afã de só condenar o PT teve de criar essa história sem pé nem cabeça de peculato sem dinheiro público, desvio de dinheiro sem a origem de que caixa saiu a grana, tornou o Pizzolato o cara mais forte do Banco do Brasil de todos os tempos, pois somente com a assinatura dele conseguiria “roubar” o que e quanto quisesse, sozinho… e a ENORME fortuna, aqui e lá fora dos Zés, Genuíno e Dirceu, JPCunha e Delúbio que nos finalmente do STF4P’s serão condenados por formação de partido.

      Maldita hora em que Virgílio Guimarães apresentou a cria do Pimenta da Veiga/Daniel Dantas ao Delúbio. Aí sim seo Nassif, o jogo empatou. Agora estamos na prorrogação que tem data para acabar, 05 de outubro de 2014, ou não. 

  3. Se fossem meus advogados eu

    Se fossem meus advogados eu faria INCLUIR de alguma forma a acusação que o tribunal está agindo de forma POLITICA!

    Seria uma forma de “gritar nos autos” por socorro, para testemunho da POSTERIDADE!

  4. Por que será que o Advogado

    Por que será que o Advogado do Dirceu não fez um apelo ao plenário para que permitam que seu cliente possa, ao menos, cumprir a pena da forma que foi condenado ? Esses advogados não sei não…

    • defesa seria esvaziada, Daniel…

      afronta foi tanta, que todos concordaram em partir para o tudo ou nada com relação a condenação por quadrilha

      no meu enteder estão atuando conforme a afronta

  5. Nós, os palhaços da história

    Estou cada vez mais convencido que tudo não passa de armação, como luta livre ou jogo de futebol.  Entra outro procurador e vai na mesma linha de raciocínio? Quem botou os programas no cérebro deles esqueceu de diversificar. Todos caem no mesmo discurso. Ou são todos da mesma panelinha, para não dizer máfia? Imaginem o poder que esse pessoal que agem nas sombras tem de cooptar autoridades para agirem conforme seus fins? E não deve ser por mísero 150 mangos. Teria até prostitutas, subornos e até ameaças a familiares de autoridades nesse contexto do poder?

    • Seria mais coerente do que

      Seria mais coerente do que condenar o cara porque “ele não pode ser inocente”, porque “a verdade é uma quimera”  ou porque “a literatura jurídica permite” e no entanto foram esses absurdos o que os juizes usaram a guisa de argumentos.

  6. ato contínuo…

    reverter a punição servirá também para mostrar que os que condenaram por formação de quadrilha permaneceram reféns de convicções distorcidas por fatos não provados durante todo o julgamento………….

    vejam no último parágrafo: procurador insiste que os objetivos da quadrilha foram interrompidos após delação de um mentiroso contumaz, Roberto Jefferson, mas sem que nada do que ele delatou, compra de votos, tenha sido provada

    todo julgamento foi uma afronta à própria Constituição e não só à ela, também ao Direito

    • Janot simplesmente repete Gurgel…

      o que no meu entender significa que ele concorda com a tendência do tribunal em reverter a condenação

       

      e não poderia ser de outra forma ante fatos não provados

    • Roberto Jefferson em prática política costumeira…

      muito longe de considerar-se vítima de um crime, mas sim de práticas políticas com as quais ele tem todo o direito de não concordar…………

       

      mas não deixem de ve que delatou após cobranças de outros partidos para que prestasse contas da grana que recebeu

       

      movimentos normais entre partidos

  7. QUADRILHA

    Os advogados deveriam ter dito então que o JANOT procurador e o brabosinha ministrim também fazem parte da quadrilha uma vez que foram indicados pelo LULA/DILMA que foram eleitos pela quadrilha petista formada pelo GENOINO, o DIRCEU, o DELÚBIO e demais petistas.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome