Advogados rebatem matéria do O Globo sobre empresa de Lulinha

Jornal GGN – Por meio de nota, o escritório Teixeira, Martins & Advogados, que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, rebate matéria publicado pelo O Globo sobre pagamentos para a empresa Gamecorp, de Fábio Luis Lula da Silva, afirmando que ela é “mais uma prova da campanha difamatória que o jornal e as Organizações Globo promovem contra Fábio Luis Lula da Silva e seus familiares”.

O jornal afirma que Roberto Trombeta e Rodrigo Morales, delatores da Lava Jato, disseram que a Gamecorp teria recebido R$ 300 mil a pedido do Grupo Caoa, investigado na Operação Zelotes e Acrônimo. Eles também afirmam que não haviam tinham comprovação de “execução de serviços, contratos e/ou relatórios”. Os advogados explicam que o valor está vinculado à inserção publicitária contratada por agência de publicidade que prestava serviços para a Caoa.

A nota ainda ressalta que “quem deve esclarecimentos à sociedade” é a Infoglobo, que teve que, em 2013, teve de fazer um Termo de Cessação de Prática com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) por prática anticoncorrencial na captação de anúncios de publicidade. 

Leia a íntegra da nota abaixo:

Nota 

A reportagem “Verba para empresa de Lulinha” veiculada hoje (03.06.2016) por “O Globo” é mais uma prova da campanha difamatória que o jornal e as Organizações Globo promovem contra Fábio Luis Lula da Silva e seus familiares.
 
O jornalista Renato Onofre, embora tenha colocado Fábio Luis no centro da reportagem, tratou de temas absolutamente estranhos a ele.
 
Em relação ao pagamento — e não repasse — feito à empresa Gamecorp, da qual Fábio é acionista indireto, já foi esclarecido ao jornal que o valor está vinculado à inserção publicitária contratada por agência de publicidade que prestava serviços ao Grupo CAOA.
 
Quem deve esclarecimentos à sociedade por questões relacionadas à inserções publicitárias não é Fábio Luis ou a Gamecorp, que sempre agiram dentro da mais absoluta legalidade, mas, sim, a Infloglobo Comunicação e Participações S/A, que edita o jornal “O Globo” e outros veículos das Organizações Globo. A Infoglobo teve que celebrar com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE em 2013 Termo de Cessação de Prática (TCC) pela prática anticoncorrencial na captação de anúncios publicitários (Requerimento nº 08700.005399/2012-81).
 
É lamentável que o jornal “O Globo”, que ainda responde perante o CADE por prática anticoncorrencial no mercado de publicidade, use suas páginas para atacar terceiros que atuam dentro da lei.
 
Cristiano Zanin Martins & Roberto Teixeira

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

  1. Os bandidos da imprensa golpista voltam a atacar.

    Até a votação definitiva do golpe a Globo e o restante do lixo vão investir pesado na bandidagem.

    E o MPF num silêncio de dar nojo.

    A Globo voltou a mentir sobre Dilma numa reporcagem que é puro detrito de esgoto.

  2. Não é só rebater! Tem que

    Não é só rebater! Tem que rebater e entrar na justiça com pedido de reparação. Rebater por rebater é coisa de disse me disse. Fofoca. Viralatas latindo um de frente pro outro.

  3. Falando no Globo

    Como está o caso do DARF ?

    Pagaram ou continua a sonegação ?

    Como o ilibado governicho Temer tratará o assunto.

    De segredo de justiça para segredo de arquivo ?

    Ou já foi arquivado ?

    Já que a Globo “conhece”  tanto as transações financeiras da família Lula saberá nos dizer a situação de sua própria sonegação ?

    O processo foi “roubado” da Receita Federal, a “ladra” perdeu o emprego.

    Cópia do processoa apareceu.

    Mas tudo segue rumo ao esquecimento e arquivo ?

    O Merval, que entende tudo de cabelereiros alheios,  deve saber disso em seu próprio empregador.

     

     

  4. E a famosa lei

    s/ o direito de resposta, do Requião ? Não deu em nada ?

    E a Lei da ficha suja ? Se o Maluf é deputado, já viu, né?

    E a Lei Maria da Penha ? Parece que tb tomou Doril.

    Nossos juizes só se interessam pela lei, que o interessado deseja.

    Eta país, cada dia mais paiseco !

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome