Afastamento de Aécio foi ação ilegítima do STF, por Pedro Serrano

aecio_dirigindo_valter_campanato_abr.jpg
 
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
 
Por Pedro Serrano, jurista
 
Realmente os fatos imputados a Aécio Neves são graves
 
Mas o todo da investigação ainda não se conhece, não há sequer processo e ele ainda não se defendeu, até porque ainda não há acusação
 
Nos últimos anos vi isso acontecer com politicos e cidadãos relevantes, como José Dirceu, Lula e outros!
 
A onda midiática e o consequente “frenesi alimentar do cardume” mata simbolicamente a pessoa antes sequer dela saber do que é acusada. Uma máquina produtora de exceções.

 
Temos de debater como corrigir isso. Não é correto numa sociedade democrática e humanista agir assim. Ontem foi a direita que se deixou levar pela onda autoritária, hoje é a esquerda.
 
Depende do interesse da vez.
 
Terrível isso, alguns mal feitos são pegos, mas imensas injustiças sao cometidas ao largo. Ainda temos a perversão da Inquisição e do linchamento que nos habitam
 
E tem mais, Aécio foi afastado do mandato num imenso atentado contra a Constituição, o poder da soberania popular sofre um imenso abalo, pela ação ilegítima do STF
 
Enquanto nao for condenado após se defender, sem juízo de mérito de minha parte, Aécio Neves tem minha insignificante solidariedade.
 
Assine
 
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora