Alckmin e mais 9 governadores estão na segunda lista de Janot

 
Jornal GGN – O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) e mais nove governadores estão listados nos pedidos de abertura de inquérito que o procurador-geral da República encaminhou ao Supremo Tribunal Federal, a reboque das delações da Odebrecht na Lava Jato. A informação é do jornal Valor Econômico desta quarta (15).
 
Segundo o veículo, os governadores que Janot pede para que sejam investigados foram incluídos nos “211 declínios de competência — solicitações para que essas investigações sejam encaminhadas para instâncias inferiores.” No caso, o Superior Tribunal de Justiça é a corte que deve decidir se os requerimentos de Janot devem ser atendidos. 
 
O Valor publicou que ao menos “dois supostos fatos criminosos relatados por delatores foram associados a Alckmin”, sem entrar em detalhes. O nome dos governadores alvos dos pedidos de inquérito também não foi divulgado.
 
No Supremo, Janot apresentou 83 pedidos de inquérito contra senadores, deputados e ministros do governo Michel Temer. Aécio Neves, José Serra e Aloysio Nunes, do PSDB, além de Romero Jucá, Eliseu Padilha e Renan Calheiros, do PMDB, mais os presidentes da Câmara e Senado, foram citados. Dilma Rousseff, Guido Mantega, Antonio Palocci e Lula também.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora