Após provas de recibos e perícia, Moro admite que são verdadeiros

Mas insiste na tese dos procuradores da força-tarefa de que há “falsidade ideológica”
 
 
Jornal GGN – Um dos processos a que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é alvo não apenas não apresentou provas, como obrigou o político a apresentar contra-provas: os comprovantes de pagamentos do aluguel do apartamento vizinho em São Bernardo do Campo. Em seguida, os papéis foram questionados, com alegações dos procuradores de que seriam falsos. A defesa novamente recorreu a outra contra-prova e contratou um perito para confirmar o contrário. 
 
Três meses depois, o juiz federal Sérgio Moro admitiu que os recibos entregues pela defesa de Lula relacionados ao apartamento eram verdadeiros. Mas, ainda assim, o magistrado de Curitiba não cedeu e quer analisar se houve algum tipo de falsidade ideológica nos papéis.
 
Em despacho emitido nesta quarta-feira (07), Moro negou as alegações dos procuradores do Ministério Público de que houve “incidente de falsidade”. No início de outubro do ano passado, os procuradores insistiam que os recibos – que neste caso eram as contra-prova de Lula – eram falsos.
 
Além de entregar os comprovantes originais de pagamentos mensais de aluguel, a defesa do ex-presidente contratou uma equipe de perícia para comprovar que não são falsos. A conclusão do laudo foi anexo, pela defesa de Lula, aos autos do processo em dezembro de 2017.
 
São verdadeiros e legítimos os comprovantes anexos aos autos do processo que questiona a legitimidade do aluguel do apartamento vizinho ao de Lula, em São Bernardo do Campo, afirmava Celso M. R. Del Picchia, integrante Emérito da Associação dos Peritos Judiciais do Estado de São Paulo, da IAFS – International Association of Forensinc Sciences, da ABC – Associação Brasileira de Criminalística e da Asociación Latinoamericana de Criminalística.
 
O perito confirmou a autenticidade e a validade dos 31 recibos apresentados pelos advogados. E somente após a defesa ter apresentado o relatório pericial, é que Moro decidiu negar o “incidente de falsidade” dos autos do processo relacionado ao apartamento de São Bernardo. Por outro lado, insiste que possa haver falsidade ideológica nos documentos, segundo a tese defendida pela força-tarefa do MPF na Lava Jato.
 
“Julgo improcedente o incidente de falsidade, uma vez que os recibos de aluguel não são materialmente falsos, e, quanto à afirmada falsidade ideológica, a questão será resolvida na sentença da ação penal”, escreveu o magistrado de Curitiba nesta semana.
 
“A decisão proferida hoje (07/02) pelo juiz Sérgio Moro no incidente de falsidade apresentado pela força-tarefa de procuradores da Lava Jato sobre os recibos de aluguéis confirma o que sempre foi afirmado pela defesa: os recibos foram emitidos e assinados pelo proprietário do imóvel alugado à D. Marisa, o Sr. Glaucos da Costamarques”, informou a defesa de Lula, em nota.
 
A ação diz respeito a acusações de corrupção passiva e lavagem de dinheiro envolvendo 8 contratos entre o grupo Odebrecht e a Petrobras. Nela, o juiz federal do Paraná que já condenou Lula a 9 anos de prisão pelo caso triplex do Guarujá, deverá encaminhar um posicionamento sobre as alegações do MPF de que haveria falsidade ideológica nos recibos.
 
Mas, para o advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, a negativa para o incidente deve também ser estendido a toda a ação. “A improcedência das alegações do Ministério Público também deve ser reconhecida em relação à própria ação penal”, manifestou.
 
“O Sr. Costamarques afirma que é o proprietário do apartamento que foi alugado à D. Marisa e que o imóvel foi adquirido com recursos próprios, sem qualquer relação com a Petrobras. Essas declarações de Costamarques se somam a diversos outros elementos do processo que comprovam que Lula não praticou qualquer ato para beneficiar empreiteiras no período em que exerceu o cargo de Presidente da República e tampouco recebeu a propriedade de imóveis comprados com valores provenientes de contratos firmados pela Petrobras”, lembrou, ainda, o advogado.
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

19 comentários

  1. A Lava Jato é falsa mas

    A Lava Jato é falsa mas ideológicamente verdadeira. Seus mentores “brasileiros”, a CIA, o Obama, o escambau, estão todos ideoligicamente satisfeitos.

    • Só ideologicamente satisfeitos?

      As vantagens materiais que os mentores externos conseguiram para os seus efetivos amos são MONUMENTAIS.

      E o seus agentes nativos, os taís “brasileiros”, tb descolaram suas compensações materiais. Há até quem pague para ouví-los em palestras…

       

      • Perfeito, prezada Jaide. É

        Perfeito, prezada Jaide. É que eu considerei desnecessário falar das vantagens materiais, um componente agregado e enraizado na ideologia desses abutres.

  2. Inverdades plantadas pelo MPF e o juiz

    Depois de meses dizendo que os recibos eram falsos, depois de meses jogando o cara contra a opinião pública, depois de meses de ser alvo da mídia que vendia a ideia que os recibos eram falsos, vem o juiz agora dizer que são verdadeiros. Como fica então a pessoa vítima desse bombardeio de inverdades? O que vai acontecer com o juiz e os procuradores?

  3. Isso aí tá me cheirando 171…

    O Juiz diz que não são materialmente flasos, mas os Procuradores dizem que são ideologicamente falsos, porque seriam apenas para mascarar uma relação contratual que não existe.

    Aposto que com essa tese ele vai concordar, não sei porque…

  4. avesso do avesso

    Moro recohece que o ap não é do Lula. Mas condenou afirmando que é. O sítio  dos pedalinhos Mouro sabe quem é o dono. Mas da reforma ele garante que Lula é o dono. Lula pagou aluguel do ap. Mas como Lula não disse aonde o dono gastou o dinheiro os recibos são falsos mesmo reconhecendo verrdadeiros.

    Parece que o Moro quer ocupar um lugar vago na globo. O de Chico Anísio. O que o Moro vem fazendo já o qualifica como humorista nº 1 do Brasil.

    Como mouro está sempre agitando as massas talvez lhe coubesse melhor a vaga do Abelardo Barbosa.

  5. Não muda, se você não mudar…

    Desde que eu me lembre sempre foi assim…

    Acusam primeiro, de preferência pelos jornais sensasionalistas e em rede nacional e depois que passam as eleições ou seus interesses, eles inocentam…

    E sem pedir desculpas…

    Deitam e rolam num país sem memória…

    Sempre funciona…

    A escola sem partido prepara um novo golpe para daqui a 50 anos…

  6. Moro irá criar um nova tese

    Moro irá criar um nova tese juridica,  a prova não foi aduterada porém como serve  a defesa do acusado, logo  deve ser falsificada, pois se alguém é acusado de algum crime algo fez..  Simples assim..não sei por que não  me tornei juiz.

  7. Ideologicamente falsos nao quer dizer que sao falsos

                      O juridiques permite confundir em vez de explicar esse papo da falsidade quis dizer que nao sao os recibos que sao falsos e sim a sua emissao pois visava ocultar a propriedade através de recibos . É similar ao cara que  providencie que roubem seu carro , ou incendeie seu estabelecimento para receber o preço cheio do seguro 

                 Lula e dna Marisa sao criminosos geniais ocultam patrimonio com depositos mensais na conta de outra pessoa que detem a escritura no registro de imoveis , sequer a conhecem e ambas as partes declaram ao Fisco a ´´operaçao´´ graças a Moro e seus procuradores descobrimos essa genail ocultaçao de patrimonio !

    • Ideologicamente: significa que eu decido!

      Primeiro disseram que não tinha. A acusação não apresentou provas, mas exigiu que a defesa aprensentasse. A defesa apresentou o recibo. Disseram que era falso. A defesa apresentou laudo. Então disseram que era ideologicamente falso.

      Como fica bastante claro no despacho de Sérgio Moro, a prova da falsidade ideológica vai ser… (adivinhe)… a convicção do juiz. Claro! Genial!

      Quanto mais prova de sua inocência Lula apresenta, pior vai ficando sua acusação. Até que chegamos na sua sentença — embasada só em convicção, diga-se de passagem: Lula não é um criminos comum! É um criminoso genial!!! É uma mente criminosa tão maléfica que conseguiu ocultar tudo!!! Não usufruiu de nada! Ao invés de pedir pra depositar na Suíça… pediu pra anotar no caderninho! Claro que não existe a possibilidade da inexistência de provas ser devido a sua inocência! Afinal de contas, temos convicção de que Lula roubou muito!!! Quanto mais ele prova sua inocência, mais temos convicção de que ele é um vilão pior do que imaginávamos!!!

      Deltan Dallagnol, o DD, diz que é difícil comprovar crimes de colarinho branco. Claro que bastou grampear Joesley por uma semana pra sabermos uma pontinha (de 2 milhões) das falcatruas de Aécio! Foi bastante fácil saber das falcatruas dentro da própria PGR. Sabemos das contas na Suíça de Aécio e de sua mãezinha. Sabemos das contas na Suíça dos diretores da petrobras. Sabemos das contas na Suíça de José Serra. Sabemos que se a Lava Jato quiser de fato investigar NÃO SOBRA UM!!!

      Agora… como um gênio do crime é tão bom, a ponto de seus subordinados (sim, Aécio é subordinado de Lula!) terem dezenas de milhões na Suíça e Lula receber sua propina em uma anotação num caderninho e um triplex de quinta no Guarujá, do qual nunca usufruiu? Isso eu não entendi!!! Mas claro, eu não preciso entender! Basta acreditar!!!

      Cara… não tem jurisdiquês que dê conta de tanta manipulação do processo eleitoral!!!! Pobre da sociedade que permite isso… tem que ser infestada de hipócritas…

  8. Missão do Missionário

    Nassif: às vezes esse seu proceder de não aceitar as decisões do Verdugo de Curitiba me irrita. Ele esta no seu papel. Se foi selecionado para condenar o Sapo Barbudo *(versão militar), pouco importa se esse nordestino (versão FIESP) provar isto ou aquilo. Ou se desmonta arrazoados dos Gogoboys. Nada disto importa. Seua missão é condenar.

    E se missão é missão (dizem que ele é “missionário” da Beverly Hills Church), querer diferente é desviá-lo do traçado.

    Por isto, acho inoportuno sua insistência em querer desviar o “mestre” do BANESTADO (com passagem no Çú-premum) dos escritos na Biblia de Paris. Quer condená-lo ao inferno da Direita?

  9. Troque seu apartamento com a gente
    Com a ideologia poderosa de uma sentenca dessas prestes a ser exarada pelo juiz de preto, mais aquela outra do triplex; tudo tornado jurisprudencia pelos despachantes do TRF-4 e os incorporadores do STF, quem duvida que esse pessoal de Curitiba vai ganhar uma grana preta atraves dessa verdadeira revolucao no ramo imobiliario?

  10. No mundo civilizado da
    No mundo civilizado da demissao se o promotor ocultar provas da inocencia do reu para condena lo…da mesma forma eh crime obstruir a defesa do reu…busque por ėtica e promotor e eua e romulo e procurador e ba…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome