As históricas sustentações orais no julgamento da prisão após segunda instância no STF

Juristas e advogados representando as mais diversas associações fizeram sustentações orais no julgamento das ADCs 43, 44 e 54

Advogados que atuaram no julgamento posam para fotos antes do inicio da sessao de julgamento da prisao em segunda instancia no STF - Foto Agência Brasil

Jornal GGN – Juristas e advogados representando as mais diversas associações fizeram sustentações orais no julgamento das ADCs 43, 44 e 54, que tratam da prisão após segunda instância no Supremo Tribunal Federal, no dia 17 de outubro de 2019. As sustentações foram históricas, pois que saem defesa da Constituição e do Estado Democrático de Direito. Acompanhe algumas delas separadas pelo Grupo Prerrogativas, do qual fazem parte alguns desses amigos da Corte.

Lenio Streck – jurista e membro do Grupo Prerrogativas representando a Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim).

Fábio Tofic Simantob – Advogado e membro do Grupo Prerrogativas representando o Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Gabriel Faria Oliveira – Defensor público e membro do Grupo Prerrogativas representando a Defensoria Pública da União.

Hugo Leonardo – Advogado e membro do Grupo Prerrogativas representando o Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD).

José Eduardo Cardozo – Advogado e membro do Grupo Prerrogativas representando o Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Juliano Breda – Advogado e membro do Grupo Prerrogativas representando o Conselho Federal da OAB.

Antônio Carlos de Almeida Castro – Kakay – Advogado e membro do Grupo Prerrogativas representando o Instituto de Garantias Penais (IGP).

Leonardo Sica – Advogado e membro do Grupo Prerrogativas representando a Associação dos Advogados de São Paulo (AASP).

Mauricio Stegemann Dieter – Advogado e membro do Grupo Prerrogativas representando o Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCrim).

Pedro Paulo Carriello – Defensor público e membro do Grupo Prerrogativas representando a Defensoria Pública Geral do Estado do Rio de Janeiro.

Rafael Muneratti – Defensor público e membro do Grupo Prerrogativas representando a Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

Silvia Souza – Advogada e membra do Grupo Prerrogativas representando a ONG Conectas Direitos Humanos em sustentação.

Os destaques das sustentações orais de Kakay, José Eduardo Cardozo, Fábio Tofic Simantob, Silvia Souza, Rafael Muneratti e Gabriel Faria Oliveira, membros do Grupo Prerrogativas, no julgamento das ADCs 43, 44 e 54 no Supremo Tribunal Federal (STF) em 17/10/2019.

Os destaques das sustentações orais de Pedro Paulo Carriello, Lenio Streck, Leonardo Sica, Hugo Leonardo, Juliano Breda e Mauricio Stegemann Dieter, membros do Grupo Prerrogativas, no julgamento das ADCs 43, 44 e 54 no Supremo Tribunal Federal (STF) em 17/10/2019.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Loading comments...