Assim como Peru e Panamá, Equador bloqueia a Odebrecht

Procurador-geral do Equador, Galo Chiriboga
 
Jornal GGN – O Equador é o terceiro país a anunciar o bloqueio à empreiteira brasileira Odebrecht. O procurador-geral do país, Galo Chiriboga, anunciou nesta terça-feira (03) que a Justiça equatoriana proibiu o país a fechar acordos e contratações com a empresa, enquanto é investigada de corrupção e pagamento de propinas junto a agentes públicos. 
 
“À pedido da Procuradoria, como um ato urgente, o juiz de Pichincha resolveu que as instituições se abstenham de celebrar contratos com a Odebrecht”, anunciou a autoridade. 
 
Segundo dados divulgados pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, após a Odebrecht fechar um acordo de leniência com as autoridades norte-americanas, suíças e brasileiras, no Equador o esquema envolveu o repasse de US$ 33,5 milhões de pagamentos ilícitos.
 
Os documentos dos procuradores de Justiça dos EUA e da Seção de Fraude da Divisão Criminal dos EUA apontam que o país foi uma das onze nações a estar arrolada no esquema junto a empreiteira brasileira.
 
No Equador, a Odebrecht atua há 27 anos e é responsável pelas obras do Aqueduto La Esperanza, com 93 km de extensão, e do Poliduto Pascuales-Cuenca, de 220 km, também está na mira da empresa brasileira, realizando auditoria em contratos desde o ano passado. Somente o metrô de Quito repassa à Odebrecht um montante de US$ 1,5 bilhão.
 
No ano de 2008, a Justiça equatoriana já expulsou a Odebrecht por irregularidades na construção da hidroelétrica San Francisco, voltando a participar de licitações somente dois anos depois, em 2010. 
 
Quando indícios da Lava Jato indicaram que o esquema também se refletiu no país, a Justiça pediu que o Ministério Público local investigasse os supostos subornos nos contratos milionários. 
 
“Neste momento estou enviando ao Ministério Público uma solicitação para que investigue tudo o que tem a ver com os supostos atos de corrupção da Odebrecht no país”, havia dito o secretário jurídico da Presidência do Equador, Alexis Mera. “Não vamos proteger ninguém, não vamos encobrir ninguém; estamos absolutamente tranquilos do que fizemos. Atuamos com essa companhia de maneira muito rigorosa.”
 
Agora, o procurador Galo Chiriboga anuncia o bloqueio à empresa, informando que “durante a investigação de contratos da Odebrecht no Equador, as instituições estatais não poderão, temporariamente, contratar esta empresa”.
 
O Equador é o terceiro país a anunciar o congelamento de novas licitações com a empreiteira. Também na América Latina, Panamá e Peru decidiram pelo bloqueio. Reportagem publicada pelo GGN na última semana revela que se todos os países que mantém negócios investigados de relações corruptas com a Odebrecht paralisarem os negócios, a Odebrecht entrará em falência.
 
Isso porque a empresa brasileira ocupa o 13º lugar das empresas que mais conseguiram contratos públicos bilionários no ano de 2015, segundo dados da Engineering News-Record (ENR). A Odebrecht possui mais de 70% de sua carteira de lucros com contratos fora do Brasil.
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

11 comentários

  1. Conspiração internacional

    Conspiração internacional contra a burguesia petista nacional. Não chegam a Suíça, os EUA, e o imperialismo sionista, agora até os regimes bolivarianos aderem ao golpe temerista da Lava Jato.

    • Comentário pomposo, mas

      perfeitamente idiota. Digno de veja. (“burguesia petista nacional”, “regimes bolivarianos”)

      Não entro no GGN para ler textos de midiotas, basta o que escuto em Sampa, mesmo sem querer. Não daria para controlar a entrada?

      • Prezados editores de conteúdo

        Prezados editores de conteúdo do GGN,

        É um absurdo que estrangeiros entrem no portal e queiram cantar de galo, sabe-se lá representanto que interesses franceses (será que ele defende a Total?).

        • Le Coq

          Como sabemos, o símbolo da França é o galo e nada modesto galo acha que o sol só nasce porque ele canta nas auroras.  Daí….dá para tirar algumas conclusões.

           

    • É urgente mesmo estabelecer

      É urgente mesmo estabelecer um completo e Total controle da imprensa.

      Senão paulistas, franceses, e outros estrangeiros vão continuar se manifestando na mídia mobilizada com verbas do governo e das grandes corporações. Daí o que vai ser?

  2. assim….

    Obrigado Brasil por destruir suas empresas, suas marcas, sua economia, seu futuro, sua industrialização. Gênios anti-capitalistas praticando o anti-capitalismo tupiniquim. Quer dizer que não foram alguns diretores desta empresa que se submeteram à corrupção imposta por polítcos no exercício dos seus mandatos. Foram todos da Odebrecht. As pessoas que construíram e trabalharam por esta empresa. Porteiros, recepcionistas, motoristas, engenheiros, advogados, projetistas, arquitetos….O seu próprio país mandando um recado às famílias destas pessoas e ao Mundo: não faça negócio com corruptos. O Brasil se explica. E se lamenta. 

  3. As multinacionais agradecem

    As multinacionais agradecem aos Coxinhas midioticos e Patos que ajudaram a quebrar  a Industria Nacional  e eles vão mesmo pagar o Pato … Em Macaé RJ  empresas  multinacionais  estão comprando  empresas de engeharia Brasileira  que prestam serviços para Petrobras , estão demitindo trablhadores  e recontratando-os  com salario 50 % menor .

    Sou prova viva  pois  trabalho  com diversos  funcionarios dessas empresas no Rio de Janeiro ….

    A reclamação é geral muitos já estão com saudades de LULA e Dilma….

     

  4. Ainda bem que tenho cadeiras,

    Ainda bem que tenho cadeiras, poltronas e banquetas em casa, assim posso esperar sentado pelo momento em que a economia produtiva nacional (trabalhadores + empresários de todos setores) irá, finalmente, declarar guerra contra os parasitas, rentistas e entreguistas que estão destruindo a economia nacional em defesa de interesses estrangeiros.

  5. Será que o sujeito de gravata

    Será que o sujeito de gravata da foto, o procurador-geral deles, tem as mesmas mordomias, mamatas, gambiarras e safadezas salariais que os sujeitos daqui tem e que insultam os brasileiros?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome