Augusto Aras desautoriza Lindora Araújo e opina contra habeas corpus de Roberto Jefferson

Procurador-geral desautoriza Lindôra Araújo e reformula posicionamento apresentado pela subprocuradora sobre Roberto Jefferson

Augusto Aras, procurador-geral da República. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O procurador-geral da República Augusto Aras enviou manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) opinando contra pedido de habeas corpus apresentado por Roberto Jefferson, ex-deputado e presidente nacional do PTB.

A manifestação de Aras reverteu o posicionamento da subprocuradora-geral Lindôra Araújo, uma das aliadas mais próximas do PGR e das principais vozes bolsonaristas dentro do Ministério Público.

Clique aqui e veja como ajudar o jornalismo independente do GGN

Segundo o jornal O Globo, Lindôra tinha sido favorável ao pedido da defesa de Roberto Jefferson em cumprir prisão domiciliar. A relatoria tinha ficado com o ministro Edson Fachin, e Aras solicitou ao ministro uma nova oportunidade de analisar os autos e dar um posicionamento.

E nesse parecer, o procurador-geral da República afirmou que o habeas corpus não pode ser aceito devido ao entendimento e que não é possível solicitar habeas corpus contra uma decisão tomada por outro ministro do STF.

Leia Também

Por suposto tráfico de influência, advogada do clã Bolsonaro é convocada à CPI

Roberto Jefferson é denunciado por incitar “pescoção” na CPI, “fogo” no TSE e homofobia

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora