Azeredo acha que vai ser preso para “compensar” o que fizeram com Lula

 
Jornal GGN – Eduardo Azeredo, condenado a 20 anos de cadeia no Mensalão Tucano, tentou comparar sua eventual prisão com o que fizeram com o ex-presidente Lula na Lava Jato. Segundo o ex-governador, se ele for preso após a segunda instância recusar seus últimos embargos, será um fato para “compensar” o que aconteceu com a estrela do PT.
 
“(…) Você tem que achar alguém para poder compensar”, disse o tucano ao Estadão. “Não pode ser outra coisa do que uma tentativa de compensação. Os petistas mesmo, vira e mexe, falam isso: ‘E o Eduardo Azeredo? E o Eduardo Azeredo?’”, acrescentou.
 
A Revista Fórum destacou que Azeredo “insiste na tese de que seu processo e condenação são uma forma de compensação pela sentença de petistas no caso do Mensalão e, mais recentemente, pela prisão do ex-presidente Lula, condenado na Lava Jato.”
 
O processo do tucano, que se arrasta há quase 10 anos, chega à reta final na segunda instância no próximo dia 24, quando ele terá os embargos infringentes julgados. Ao contrário de Lula, Azeredo tem no Tribunal de Justiça de Minas Gerais um desembargador que acredita em seua absolvição.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora