Azeredo se entrega e vai cumprir pena em sala especial, sem uniforme de preso

Foto: George Gianni/PSDB
 
 
Jornal GGN – Depois de ser considerado foragido pela Policia Civil, o ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB) se entregou às 14h45 desta quarta-feira (23) para cumprir pena de 20 anos no mensalão tucano. Ontem, Azeredo perdeu os últimos recursos em segunda instância em julgamento no Tribunal de Justiça de Minas Gerais que acabou com a autorização para sua prisão imediata.
 
Segundo o G1, Azeredo “chegou à 1ª Delegacia de Polícia Civil Sul, no bairro Santo Antônio, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, acompanhado de um dos filhos e de um dos advogados. Eles entraram na delegacia em um carro seguido de uma viatura da Polícia Civil.”
 
O juiz da Vara de Execuções Penais de Belo Horizonte Luiz Carlos Rezende determinou que Azeredo fique em uma sala especial em um quartel do Corpo de Bombeiros, na capital mineira, pois como ex-governador, ele teria direito “de manter-se em unidade especial como a Sala de Estado Maior que deverá estar instalada no Comando de Batalhão Militar”.
 
Na mesma decisão, ele permitiu que Azeredo não use o uniforme de detentos da Secretaria de Administração Prisional porque “o quartel não faz parte da rede administrada pela pasta”. Também foi dispensado o uso de algemas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora