Barroso: não bato boca dentro nem fora do plenário

Do Uol

Não bato boca dentro nem fora de plenário, diz Barroso após discussão

Após votar por livrar condenados no mensalão do crime de quadrilha, incluindo o ex-ministro José Dirceu, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso disse nesta quarta-feira (26) que não bate boca “nem dentro nem fora do plenário”. Exaltado e demonstrando irritação, Joaquim Barbosa discordou dos argumentos de Barroso de que as penas impostas aos condenados por formação de quadrilha foram, proporcionalmente, muito mais severas e destoaram das penas fixadas para os demais crimes. “Voto sempre no argumento, e nunca na pessoa. O presidente [Joaquim Barbosa] defendeu o ponto de vista dele. Meu voto não foi político, foi técnico, fundado em uma desproporção.”

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora