Carlinhos Cachoeira vai cumprir pena por fraude na Loterj em Goiânia

Foto Informe Policial

da Agência Brasil

Carlinhos Cachoeira vai cumprir pena por fraude na Loterj em Goiânia

Por Douglas Corrêa

O juiz titular da Vara de Execução Penal (VEP) do Rio de Janeiro Rafael Estrela determinou a transferência do processo de execução da pena de Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, para Goiânia. O pedido foi feito pela defesa de Cachoeira, que foi condenado pela Justiça do Rio a seis anos e oito meses de reclusão por fraudes na Loteria do Estado do Rio de Janeiro (Loterj).

Na decisão o juiz escreveu “ante a documentação apresentada pela defesa, comprovando o vínculo familiar que o apenado possui naquele Estado e atento aos fins da pena com o objetivo de ressocialização do penitente, sendo fator crucial neste processo o contato familiar, na forma do Artigo 66, V, g” da Leide Execução Penal, determino a transferência da execução para a Comarca de Goiânia”.

No dia 4 deste mês, o ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), decidiu pela execução imediata da pena imposta à Carlinhos Cachoeira pela 29ª vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio, determinando o imediato recolhimento à prisão. Cahoeira estava em prisão domiciliar em Goiania, aguardando a decisão do STJ.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Lucio Vieira

- 2018-05-16 23:08:08

É o consultor da Veja para assuntos criminais?

Então está bem pois a veja tem o diagrama e sabe como funciona cada cadeia do Brasil. Tá resolvido para ele se locomover bem

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador