Celina Torrealba, dona do Grupo Libra, também é presa com amigos de Temer

Foto: Divulgação

Da Revista Fórum

Celina Torrealba, dona do Grupo Libra, também é presa

A empresária Celina Torrealba, uma das donas do Grupo Libra, também foi presa temporariamente na Operação Skala, que mirou amigos do presidente Michel Temer investigados no inquérito dos portos. A sede da empresa, no Rio, é alvo de um mandado de busca e apreensão.

Celina foi presa em seu apartamento, no Leblon. O Grupo Libra é concessionário de áreas no Porto de Santos e havia sido mencionado pelo doleiro Lúcio Bolonha Funaro, colaborador da Operação Lava-Jato, como uma das empresas beneficiadas pela Medida Provisória (MP) dos Portos.

“Essa MP foi feita para reforma do setor portuário e ela ia trazer um grande prejuízo para o grupo Libra, que é um grupo aliado de Cunha e, por consequência, de Michel Temer, porque é um dos grandes doadores das campanhas de Michel Temer”, disse Funaro, antes de acrescentar: “Pela definição dessa MP, o grupo Libra não ia poder renovar mais as suas concessões portuárias. Por quê? Porque tinha vários débitos fiscais inscritos em dívida ativa. O que o Eduardo Cunha fez? Pôs dentro dessa MP uma cláusula que empresas que possuíam dívida ativa inscrita poderiam renovar seus contratos no setor portuário desde que ajuizassem arbitragem para discutir este débito tributário”, completou.

Informações de um inquérito antigo, arquivado em 2011, ajudaram a fundamentar a operação. Essa investigação antiga havia sido arquivada pelo STF, porque se baseava apenas em informações dadas pela ex-mulher do presidente da Codesp, Marcelo Azeredo, que entregou anotações que indicavam o recebimento de propina por Michel Temer. No atual inquérito dos portos, a suspeita é que um decreto publicado por Temer no ano passado, que prorrogou o prazo das concessões portuárias, tenha favorecido indevidamente as empresas do setor.

Com informações do Globo

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

  1. Alguém pode esclarecer se

    Alguém pode esclarecer se esta “operação skala” está sob coordenação do pessoal da Lava-Jato ?

     

     

    • Operação Skala.
      O que consegui ler é que a operação Skala da PF, faz parte das medidas solicitadas pela PGR e autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso. Não falam em Leva Rato.

      • Confirma a minha desconfiança .

        Obrigado, Marly .

        Creio que a facção golpista PCP (primeiro comando dos procuradores) está correndo solta para enquadrar TAMBÉM o bandidão vampirão, enquanto a facção golpista PCT (primeiro comando de togas) continua fechadíssima no combate APENAS ao Lula e o PT . 

  2. Gráphica

    “discutir este débito tributário…”

    Terão as cédula$ encontradas no ap. do Gedel sido impressas nessa gráfica portuária?

    Há outra gráfica que imprimiu um montão de dinheiro ainda não encontrado. O fato gerador foi a resolução da ANAC que reduziu de 32 quilos para 23 as duas malas incluidas na passagem para viagens ao exterior. ( e deu outras providências. )

    Se a PF ou o MP escavar ai acha outro pote de ouro.

    Ainda bem que a kurrupissaum acabou!

  3. Lembrei desse nome

    Quando li Celina Torrealba, algum escaninho da minha mente apitou. Já tinha visto esse nome antes. Aí fui procurar. É uma das muitas incensadas “super-gestoras” que a mídia e os neoliberais amam:

    https://exame.abril.com.br/negocios/mulher-no-leme-m0043086/

    É também membro do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, onde já presidiu o Conselho Deliberativo:

    https://www3.ethos.org.br/cedoc/celina-carpi-e-eleita-presidente-do-conselho-deliberativo-do-ethos/#.Wr0p3i7waM8

    O Instituto Ethos, por sinal, em posicionamento institucional, apoiou os “avanços” da Lava-Jato:

    https://www3.ethos.org.br/cedoc/ethos-integridade_transparencia-e-combate-corrupcao-e-imperativo-continuar/#.Wr0qZS7waM8

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome