Chico Buarque endossa carta de apoio a Genoino

Sugerido por Gão

Da Rede Brasil Atual

 
Nome do compositor, que está em Paris, apareceu hoje pela manhã na lista virtual de apoiadores do manifesto em defesa do deputado. Chico telefonou para confirmar a adesão
 
por Redação RBA 
 
São Paulo – O manifesto de apoio a José Genoino ganhou hoje (16) o endosso de Chico Buarque. O nome do compositor apareceu pela manhã na lista intitulada “Nós estamos aqui”, que recebe adesões pela internet. À tarde, Chico, que está em Paris, telefonou para o deputado e confirmou a adesão.
 
O manifesto começou a circular no dia 6 de setembro e alcançava, quando esta nota era fechada, quase 5.500 assinaturas. As adesões são feitas pela internet. O texto foi formulado às voltas da retomada do julgamento do chamado mensalão, que no ano passado rendeu a Genoino condenação a 6 anos e 11 meses de prisão. A peça jurídica vem sendo considerada por especialistas e acadêmicos uma decisão política, que deixa de levar em conta princípios como a existência de provas e o amplo direito de defesa.

 
Diz a carta: “Somos um grupo grande de brasileiros iguais a você, que deseja um país melhor. Estamos aqui para dizer em alto e bom som que José Genoino é um homem honesto, digno, no qual confiamos. Estamos aqui porque José Genoino traduz a história de toda uma geração que ousa sonhar com liberdade, justiça e pão. Estamos aqui, mostrando nossa cara, porque nos orgulhamos de pessoas como ele, que dedicam sua vida para construir a democracia. Genoino personifica um sonho. O sonho de que um dia teremos uma sociedade em que haja fraternidade e todos sejam, de fato, iguais perante a lei”.
 
O texto foi enviado pela defesa de Genoino ao STF quando ainda continha 4 mil assinaturas. Na sexta-feira (13), o parlamentar recebeu apoio do ex-ministro Nelson Jobim – que já presidiu o Supremo e foi ministro nos governos Fernando Henrique (Justiça) e Lula (Defesa).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

20 comentários

  1. Pequeña Serenata DiurnaVivo

    Pequeña Serenata Diurna

    Vivo en un país libre
    cual solamente puede ser libre
    en esta tierra, en este instante
    yo soy feliz porque soy gigante.
    Amo a una mujer clara
    que amo y me ama
    sin pedir nada
    o casi nada,
    que no es lo mismo
    pero es igual

    Y si esto fuera poco,
    tengo mis cantos
    que poco a poco
    muelo y rehago
    habitando el tiempo,
    como le cuadra
    a un hombre despierto.
    Soy feliz,
    soy un hombre feliz,
    y quiero que me perdonen
    por este día
    los muertos de mi felicidad.

    (Chico Buarque de Holanda)

  2. Ainda tem uns bocós que me

    Ainda tem uns bocós que me perguntam o motivo de tanta admiração por Julinho de Adeláide.

    Chico nunca traiu seus princípios e nem sua poesia, eis uns dos motivos.

  3. Nassif:-
     
    Gostaria que voce

    Nassif:-

     

    Gostaria que voce pudesse postar aqui o excelente texto de GUILLERME ARANTES, citado por Cynara Menezes – a socialista morena. Não sei como fazer isso. Obrigado

  4. Musa das diretas.

    Ontem a Fafá de Bélem, musa das diretas, quebrou o protocolo e deu um abraço apertado no Joaquim Barbosa, que está fazendo uma palestra no cidade.

    Segundo Fafá de Belém, o abraço foi por “tudo” o Joaquim Barbosa tem feito pelo Brasil.

    Quem te viu, quem te vê.

  5. A musa das Diretas envelheceu

    A musa das Diretas envelheceu , apenas envelheceu , sem o bônus da maturidade , da sapiência e da serenidade. Embruteceu , apequenou-se , tornou-se a musa da direita…

  6. Grande Chico. Um antídoto

    Grande Chico. Um antídoto para as globais, midiáticas ignoranes. Alias, de quem voce gostaria de receber solidariedade. Da Fafa de Belem, uma ex-cantora de MPB brega, ou do Chico Buarque, do Antonio Candido?

    Diga-me de quem recebes solidariedade e te direi quem és. Viu, Barbosão? 

  7. Chico é e será sempre Chico.

    Chico é e será sempre Chico. Na música na vida, na política.

    Fafá nunca foi ninguém. Portanto pode abraçar FHC e Barbosa 

    Chico não precisa de notoriedade.

    Fafá sem notoriedade, ninguém se lembrará que ela está viva.

    Não existe uma distância entre este tipo de gente, de artistas. Existe um oceano!!!

     

     

  8. Já assinei,

    e vi por lá vários nomes conhecidos: Antonio Cândido, Nelson Jobim, Hildegard Angel, José de Abreu, Paulo Cesar Péreio, Paulo Betti, Tassia Camargo, Jorger Mautner, Maria Rita Kehl, Giba Assis Brasil, Ladislau Dowbor, Luis Nassif, Maria Inês Nassif, Agnelo Pacheco e por aí vai.

  9. 33 anos – Faz tempo

        Caso este processo de fancaria, leva-se o chato do Zé “sou PODEROSO!!!!” Dirceu ,ou o Delubio “rei na barriga” Soares, para os quintos dos infernos, pouco me ateria a este fato, MAS com o Zé, o excremento judiciario brasileiro comete um crime, e crime continuado, com ares de vingança, ao coligir “provas” inexistentes contra uma pessoa integra, e julga-lo, não com o cerebro, mas com o figado.

         Conheci o Zé do Butantã, por volta de 1980, quando logo após a anistia, ele precisou comunicar ao PCBR, que estava renunciando a esta corrente politica e a qualquer tipo de luta armada,  se agregando ao PCdoB, portanto necessitava de uma grafica, para rodar tal “comunicado/manifesto”, que foi “rodado” na grafica do CA de Economia da PUC/SP .

           Zé e Kioko, são indissociaveis, NÃO existe a piegas e misógina da frase: “atrás de um grande homem, existe uma grande mulher”, ela + ele, e sua familia sempre ao lado dele estiveram, e é muito triste, ofensivo, que em seu final de vida, esta familia esteja passando por esta turbulência – não é vergonha para o Zé ou sua familia, a vergonha é NOSSA, de todos

          Por mais incrivel que possa parecer, ou até incongruente para alguns, a perda politica de Zé Genoino, como figura de proa da politica nacional, não é apenas ruim para os que se definem como “esquerda”, ela foi péssima para os que querem se indentificar como “liberais desenvolvimentistas”, um interlocutor de visão macro, foi perdido, a industria nacional perdeu, a defesa brasileira perdeu mais ainda ( para vcs. terem uma noção básica: Quando Celsinho Cineasta Santista Amorim, foi indicado para substituir Nelsinho dos Pampas, como Ministro da Defesa, o indicado para a função era o Zé, inclusive pelo extrato militar – mas já existia este processo palhaçal, onde ele estava envolvido, e sobrou para o Celsinho).

          Pouco me importa, que daqui a mais 30 anos, os livros de História decantem este processo, e escrevam que o Zé, foi injuriado e levado ao cadafalso politico, por vingança, mas nestes futuros livros deverão estar “lado-a-lado”, duas fotos, a da primeira prisão em Xambioá ( a das latas de tomate), com ele semi nú, após as torturas perpretadas pelo regime militar, e do outro a entrada dele andando na SupPFSP, na primeira uma vitima submetida e degradada, fisica e moralmente, por um regime de exceção, na atual, um SER POLITICO, que apesar de contestar o processo e a sentença a ele dada, apresenta-se andando, EM PÉ, perante as instituições vigentes, da democracia, que com seu sangue e sofrimento, ele auxiliou a edificar.

             O circulo da História fechou, José Genoino, preso hoje, é um VENCEDOR

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome