Defesa de Dilma promete revelar provas contra delação de marqueteiros

Foto: Divulgação

Jornal GGN – O advogado de ex-presidenta Dilma Rousseff, Flávio Caetano, convocou uma coleta de imprensa, na quinta (1), em São Paulo, para explicar a estratégia de defesa no julgamento do processo aberto pelo PSDB que pede a cassação da chapa Dilma-Temer, vitoriosa nas eleições presidenciais de 2014. O Tribunal Superior Eleitoral retoma o julgamento do caso no próximo dia 6, e Caetano promete entregar provas de que delações usadas no processo são mentirosas.

“Flávio Caetano vai apresentar as provas de que o casal João Santana e Monica Moura prestaram falso testemunho à Justiça Eleitoral e mentiu ao apontar o uso de caixa dois na campanha de reeleição de Dilma Rousseff. A defesa quer a nulidade do acordo de delação premiada celebrado pela Justiça Federal, que beneficiou o casal e colocou João Santana e Monica Moura em liberdade, mesmo os dois tendo mentido em juízo”, diz a assessoria de Dilma, em nota.

A cassação pode render à Dilma a inelegibilidade, já que ela já perdeu o mandato no processo de impeachment. Temer pode ser destituído em meio à crise da delação da JBS, na qual o presidente aparece conversando com Joesley Batista sobre suposta propina a presos da Lava Jato e ações de obstrução de Justiça.
 

Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora