Defesa de Lula participa de evento em Genebra sobre direitos humanos, lawfare e eleições

Jornal GGN – Os advogados de Lula participam nesta quinta (13), em Genebra, de uma coletiva de imprensa sobre direitos humanos no Brasil, a crise que enfrenta a democracia brasileira e a próxima eleição presidencial, ao lado das principais ONGs brasileiras e advogados internacionais especializados no setor. O evento acontece a partir das 12h no horário de Brasília, e 17h, em Genebra.
 
A defesa deve expôr a atual situação de Lula, que foi impedido de disputar a eleição mesmo com uma liminar do Comitê de Direitos Humanos da ONU em favor de seu direito políticos. O impacto dessa decisão do Comitê e o desrespeito do Estado Brasileiro em atender à manifestação também serão debatidos.
 
Participam do encontro os advogados Valeska Teixeira Martins e Cristiano Zanin Martins, sócios do escritório Teixeira Martins, responsável pela defesa de Lula, e co-fundadores do Lawfare Institute.
 
Também integram o grupo da coletiva Paulo Sérgio Pinheiro, ex-embaixador e presidente da Comissão Internacional Independente de Inquérito da República Árabe da Síria; Darci Frigo, advogado e membro da Plataforma DHESCA Brasil e da organização de Direitos Humanos Terra de Direitos; Amélie Lefebvre, advogada da bancada Bourdon-Associés em Paris, especializada em direitos humanos, e William Bourdon, advogado francês, membro da Ordem dos Advogados de Paris desde 1980 e ativista cidadã experiente na defesa dos direitos humanos.
 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora