Cunha, Renan, Anastasia e Collor estão na lista de Janot

Jornal GGN – O ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, relator do processo sobre os desvios na Petrobras, decidiu retirar o sigilo dos inquéritos que começam a tramitar no Supremo. Os nomes do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e do senador Fernando Collor (PTB-AL), anunciados pelo GGN, foram confirmados. Cinco partidos estão na lista: PSDB, PMDB, PT, PTB e PP.

Zavascki decidiu por instaurar inquéritos para 47 políticos, entre eles contra o senador Fernando Collor (PTB-AL) e o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG). O inquérito do então apontado deputado federal Cândido Vaccarezza (PT) foi remetido aos autos de origem, ou seja, encaminhado para a primeira instância.

Além dos presidentes das Casas Legislativas na lista de pedidos de Janot, foram divulgados os nomes da senadora Gleisi Hoffmann (PT), do ex-ministro de Minas e Enegia Edison Lobão, senador Luiz Lindbergh Farias (PT), da ex-governadora Rosaena Sarney (PMDB), do deputado Arthur Lira (PP) e do deputado Aníbal Gomes (PMDB). No total, são 22 deputados federais, 12 senadores, 12 ex-deputados e uma ex-governadora.

Na lista de arquivamentos, estão: o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), o senador Delcídio do Amaral Gomes (PT-MS), o senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o deputado Alexandre José dos Santos (PMDB-RJ).

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, entregou nesta terça-feira (03) a lista de políticos que serão investigados por envolvimento com a Operação Lava Jato. A lista completa inclui 54 nomes, em 28 pedidos de abertura de inquérito.

Os próximos passos serão decidir pelo desmembramento dos processos, já que a lista de Janot inclui políticos, que possuem foro privilegiado e, portanto, são julgados diretamente pelo STF, e aqueles que não possuem cargo público, que devem ter seus inquéritos submetidos à Justiça Federal do Paraná, primeira instância que está comandando os processos da Operação Lava Jato.

Denúncias

Comprovantes encontrados pelos policiais no escritório do doleiro registram que Alberto Youssef depositou R$ 50 mil a Collor, em 2014. As transações foram realizadas em dinheiro vivo em maio de 2013. Ainda assim, o senador negou manter relação com Youssef. Agora, é um dos políticos a serem investigados.

Vaccarezza havia sido mencionado pelos ministros do STF quando o primeiro protocolo sobre a Lava Jato chegou à Corte, em maio de 2014, por meio da Ação Penal 871 e 878, em que os ministros discutiram o desmembramento das investigações e o caso acabou retornando à Justiça Federal do Paraná (ler decisões aqui e aqui). No período o deputado André Vargas, hoje cassado, foi um dos primeiros nomes levantados de envolvimento (acompanhe aqui a petição de André Vargas em Segredo de Justiça).

Já Aécio Neves teria sido mencionado em um dos depoimentos de Youssef, contando que “ouviu dizer” que o senador tinha influência sobre os negócios em uma diretoria da estatal Furnas, no fim do governo de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). 

Critérios de Janot

Quanto aos pedidos de arquivamento, o procurador-geral da República poderia, simplesmente, não protocolar as solicitações, mas apenas também não inserir na lista de pedidos de investigação. Pedir arquivamento, entretanto, pressupõe que indícios de provas, ainda que não sustentados, já foram constatados.

Neste caso, os “indícios” são as delações do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef.

Antes de encaminhar a lista a Teori Zavascki, Janot e a equipe de procuradores da força-tarefa, criada para essa mediação com a Suprema Corte, informaram que, entre os critérios adotados para selecionar os nomes, estava excluir da lista aqueles que foram citados nos depoimentos de forma lateral, ou seja, casos como “ouvi dizer”, ou “[o delatado] poderia até saber, mas não comunicou a ninguém”, etc.

Ainda que de forma lateral, a delação premiada é uma ferramenta de prova. Apesar de tramitar na Justiça Federal do Paraná, primeira instância, os depoimentos são homologados pela Suprema Corte, ou seja, só passam a ter validade como prova quando o ministro relator, neste caso Zavascki, os homologa. Assim, a prova já consta na Suprema Corte, o que explica um pedido de arquivamento por parte do procurador-geral da República.

Veja a lista completa, separada por partidos:

Inquéritos:

PP
– Senador Ciro Nogueira (PI)
– Senador Benedito de Lira (AL)
– Senador Gladson Cameli (AC)
– Deputado Aguinaldo Ribeiro (PB)
– Deputado Simão Sessim (RJ)
– Deputado Nelson Meurer (PR)
– Deputado Eduardo da Fonte (PE)
– Deputado Luiz Fernando Faria (MG)
– Deputado Arthur Lira (AL)
– Deputado Dilceu Sperafico (PR)
– Deputado Jeronimo Goergen (RS)
– Deputado Sandes Júnior (GO)
– Deputado Afonso Hamm (RS)
– Deputado Missionário José Olímpio (SP)
– Deputado Lázaro Botelho (TO)
– Deputado Luis Carlos Heinze (RS)
– Deputado Renato Molling (RS)
– Deputado Roberto Balestra (GO)
– Deputado Roberto Britto (BA)
– Deputado Waldir Maranhão (MA)
– Deputado José Otávio Germano (RS)
– Ex-deputado e ex-ministro Mario Negromonte (BA)
– Ex-deputado João Pizzolatti (SC)
– Ex-deputado Pedro Corrêa (PE)
– Ex-deputado Roberto Teixeira (PE)
– Ex-deputada Aline Corrêa (SP)
– Ex-deputado Carlos Magno (RO)
– Ex-deputado e vice governador João Leão (BA)
– Ex-deputado Luiz Argôlo (BA) (filiado ao Solidariedade desde 2013)
– Ex-deputado José Linhares (CE)
– Ex-deputado Pedro Henry (MT)
– Ex-deputado Vilson Covatti (RS)

PMDB
– Senador Renan Calheiros (AL), presidente do Senado
– Senador Romero Jucá (RR)
– Senador Edison Lobão (MA)
– Senador Valdir Raupp (RO)
– Deputado Eduardo Cunha (RJ), presidente da Câmara
– Deputado Aníbal Gomes (CE)
– Ex-governadora Roseana Sarney (MA)

PT
– Senadora Gleisi Hoffmann (PR)
– Senador Humberto Costa (PE)
– Senador Lindbergh Farias (RJ)
– Deputado José Mentor (SP)
– Deputado Vander Loubet (MS)
– Ex-deputado Cândido Vaccarezza (SP)

PSDB
– Senador Antonio Anastasia (MG)

PTB
– Senador Fernando Collor (AL)

Arquivados:

– Senador Aécio Neves (PSDB-MG)

– Senador Delcídio do Amaral Gomes (PT-MS)

– Senador Romero Jucá (PMDB-RR)

– Ex-deputado Alexandre José dos Santos (PMDB-RJ)

– Ex-presidente da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN)

Remessa para outra instância:

– Ex-deputado Cândido Vacarezza (PT) – remessa dos autos a origem

– Pizzolati Jr. Pedro Corrêa – remessa dos autos ao TRF -1

– Senador Ciro Nogueira Filho (PP) – arquivado e remessa de documentos ao STJ

– Deputado Agnaldo Veloso Borges Ribeiro (PP) – arquivado e remessa de documentos ao STJ

***

Confira, aqui, o teor de cada pedido de inquérito, arquivamento e remessa para outras instâncias do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

234 comentários

    • Acabei de postar no face do
      Acabei de postar no face do deputado Rogério Correia E eu quero saber se vai ficar por isso mesmo. Se o sr. entregou a lista para o “janota” e ele pediu arquivamento, vai ficar assim? Não podemos fazer mais nada? Esse ser, criatura, vai sair impune de tudo??? O sr. vai fazer alguma coisa? Botar a boca no trombone? Abrir a caixa preta de Minas? Isso NÃO pode acabar assim!!! Estou indignada!!! 

      • Vai responder

        O janot não é político, é uma autoridade que tem que prestar conta do que faz. Logo, ele irá reponder ao deputado Rogério Correia.

        Tem que dar uma resposta. é sua obrigação.

  1. Repetindo, alguém pode me explicar:

    O Presidente do Senado está na Lava Jato.

    O Presidente da Câmara está na Lava Jato.

    O Aécio, segundo lugar na disputa presidencial, estava na Lava Jato (o Janot tirou). 

    E o pessoal (no dia 15) pedindo impeachment da Dilma?

  2. É nitida a intenção de salvar

    É nitida a intenção de salvar Aécio e Familia e colocar tudo no colo  do Anestesia…que é um político de pouca expressão. O Caso Sérgio Guerra não apareceu nem para pagar placê,sabe-se que ali tem o dedo  de Álvaro Botox Dias…Enfim ; Tucanos seguem  inimputáveis…

    Em tempo: ainda  teve um advogado cara-de-pau que disse; que os investigadores e promotores , forçaram youssef, para que o mesmo, falasse sobre Aécio…Piada …vergonha isso tudo.

     

  3. E lá nos vamos aos “domínio

    E lá nos vamos aos “domínio dos fatos” novamente: até o ínclito Teori tem por função condenar a todos os petistas e sua base congressual de sustentação. Não entendi muito bem o texto: quer dizer que se alguém delatar e o ministro entender que o que o delator disse vale, passa a valer como prova? Prova não seria outra coisa bem diferente? O delator não teria de comprovar o que está delatando: documentos, imagens, telefonemas etc e tal? O Janot (e nós janotas) deixar o aético de fora é, em si, dar publicidade de como se dará o justiçamento. Haja.

    • Entendi pelo despacho do
      Entendi pelo despacho do ministro que a simples declaração na delação premiada não constitui meio de prova. Aliás bate com a lógica da tal delação. Se não for ratificada por provas não vale.

  4. A questão central é: na

    A questão central é: na vespera do segundo turno vazou que o Lula e a Dilma sabiam;mas quando se abre os inquéritos não há citação a eles,mas sim ao Aécio ,embora de forma  “margeada”,ou seja,a capa da Veja deveria ser com o Aécio e não com a Dilma e o Lula.

    • Desencontrados

      É que Anastasia nunca contou ao Aécio. Um está locado em Minas e o outro no Rio…

      Em Brasilia nunca coincidiram. Aliás, o Congresso todo não consegue coincidir com o Aécio.

  5. Hehehe.
    Primeiro foi o

    Hehehe.

    Primeiro foi o senador Eduardo Azeredo, um outsider, pagar a conta, agora é o Anastasia outro “técnico”.

    Como diria a canção que outro senador mineiro deve estar cantando agora: malandro é malandro e mané é mané…

    Abram o olho “técnicos” mineiros do PSDB.

  6. Nassif
    Já que agora é

    Nassif

    Já que agora é oficial, repito, o objetivo da Lava Jato era enquadrar a “base alienada” do governo.

    Agora, é redesenhar a base e governar.

    Triste foi saber da noticia pela central Goelbels de alienação.

    Resumo, “o muda mais”, continua o mesmo.

     

  7. Lista de corrupção sem

    Lista de corrupção sem tucanos (ou apenas os menores, vamos dizer assim) é para inglês ver. Tanto barulho por nada. Esse Janor saindo-se melhor que a encomenda. Será que foram essas as instruções que foi buscar na casa grande e branca? Se foi, estão perdendo o jeito…

  8. A Dilma também estava na

    A Dilma também estava na lista, mas o procurador disse que não tem competência para julga-la.

    O ministro Teori Zavascki arquivou a denúncia contra a presidenta.

    Imagine se isso caisse nas mãos do Gilmar Mendes.

    Segundo o Youssef, Palloci teria pedido propina para a campanha da Dilma em 2010.

    A denúncia de Palloci foi para primeira instância.

    Esse Janot é um filho da puta.

    A denuncia do Youssef serve para pegar a Dilma, mas quando se trata do Aécio são denuncia inconsistentes.

    Não tem mais como negar, está havendo uma tentativa de golpe no país com ajuda do 3° poder.

    Bandos de safados !

    • Quebra-cabeça e furos

      Delações desencontradas, interesses vários, lista direcionada…

      Deve ter sido um quebra-cabeças montar denúncias consistentes.

      Vão aparecer muitos furos…

      • São inimputáveis

        Renuncia e processo va para a “Justissa” de Minas. Prescreve…

        Ou escutas, ops as denúncias, que sejam, foram ilegais… Ou denúncia foi anônima não vale… Ou… Preencham vocês.

        São inimputáveis…

  9. Pois é. Aécio tá livre, leve

    Pois é. Aécio tá livre, leve e solto, segundo a lista de Zavascki. Por que será que Aécio, mais sujo que pau de galinheiro, tá sempre livre da justiça. Perdeu as eleições em MG exatamente porque o povo mineiro viu e sentiu as malandragens dele e de seus indicados. Ou seja, o que a Justiça não fez, fez o povo sábio de MG.

  10. Sacrificaram Anastasia

    Não questiono os nomes da lista, mas que muita “gente boa” ficou de fora por interesses ocultos, ahhh ficou…

    Uma questão que chamou a atençou foi o de que, ao lado de figuras proeminentes da politica nacional, apareceu tanto politico ignoto, desconhecido, bagrinho mesmo.

    Sacrificaram Anastasia, bode expiatório para preservar os cabeças do PSDB. E o núcleo pernambucano do partido? E a cúpula do PSB no estado?

    E os falecidos Guerra e Campos? Só porque faleceram? o dinheiro desviado não será reavido? Familiares e comparsas podem fazer a festa? E Alvaro Dias?

    Farsa. Lista direcionada.

      • Me poupe…

        Quer dizer que não há formas de investigar crimes de falecidos.

        E o dinheiro vai para as “viúvas”? de graça? bom, né?

        Inocente… Ou bobinho?

      • Quer dizer que os políticos

        Quer dizer que os políticos do PSDB que se corromperam via Sérgio Guerra vão sair impunes ?

        Leia a denúncia contra Sérgio Guerra.

        É por isto que muitos dizem que o PSDB tem licença para roubar,  corromper e ser corrompido.

        O poder judiciário sempre os protege.

    • Sérgio Guerra

      Não foi pedido abertura de inquérito contra o ex-senador Sérgio Guerra, ex-Presidente do PSDB, pois ele está morto. Tudo bem.

      Acontece que a acusação contra ele informava que Sérgio Guerra havia recebido R$ 10 milhões de reais para comprar senadores do PSDB para melar uma CPI da Petrobrás que funcionava à época.

      A CPI foi melada, os senadores do PSDB na CPI não vão ser investigados ? Para onde foram os R$ 10 milhões ? Quanto cada um deles recebeu ?

      Janot brinca de Procuradoria.

  11. O grosso da lista são

    O grosso da lista são políticos do PP. Os principais caciques do PMDB também aparecem – destaque para Renan e Cunha, os atuais donos do congresso nacional. Dois tucanos gordos foram citados: Anastasia e Aécio – isto sem falar no ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra, cuja acusação desapareceu. Normal, em se tratando de políticos inimputáveis. Poucos nomes do PT aparecem, esta é que é a verdade, e nem de longe há qualquer acusação contra Dilma ou Lula. E ainda querem impeachment? Meuzovo pra eles!

  12. Saiu a primeira fornada

    Mas essa Dona Gleisi era bola cantada que ia cair um dia.

    Ninguém faz uma carreira meteórica como ela, passando por cima de todos os petistas históricos do PT-PR sem ter alguma carta na manga.

    Alguns petistas históricos aqui do Paraná devem estar se divertindo muito com essa lista. Vão conseguir, pelo menos, serem bem recebidos novamente na sede do Partido. O do que sobrou dele aqui.

    Espero que peçam sua expulsão amanhã, que não esperem a segunda-feira.

  13. PP/Arena

    Meninos e meninas que defendem a “intervenção militar”, o “retorno da ditadura” e a “ação saneadora dos militares”. Prestem atenção na tal lista de possíveis corruptos. O partido que, de longe, se destaca negativamente é o Partido Progressista (PP). Meninos/as: no sistema partidário brasileiro não há sigla mais diretamente associada, no curso histórico, à tenebrosa ditadura implantada em 1964 e aos “governos militares”. Se não falha a memória, a sequência de mutações do atual PP, ao longo do tempo, foi assim: 
    Arena – PDS – PPB – PPR e… PP.

    Maluf, Francisco Dornelles (vice-governador do RJ) e Bolsonaro são, hj, alguns dos atores pepistas mais notórios e flagrantemente associados à antiga ditadura.

    O 2o partido mais citado (PMDB) é cria também da ditadura, na condição de “oposição consentida”.

     

  14. É só ler o Zavascki

    Mais do que prestar atençao aos “analistas” e trolls, é importante ler as considerações do Min. Zavascki:

    O ministro ressaltou que a abertura de inquérito não representa “juízo antecipado sobre autoria e materialidade do delito”, principalmente quando os indícios são fundados em depoimentos colhidos em colaboração premiada: “Tais depoimentos não constituem, por si sós, meio de prova, até porque, segundo disposição normativa expressa, nenhuma sentença condenatória será proferida com fundamento apenas nas declarações de agente colaborador (art. 4º, § 16, da Lei 12.850/2013)”.

    .

    .

    .

    Referentes ao mesmo tema, foram deferidos ainda seis pedidos de arquivamento de procedimentos preliminares que tramitavam em segredo de justiça. Nas decisões, o ministro argumenta que, de acordo com a jurisprudência da Suprema Corte, é irrecusável, por parte do Tribunal, pedido de arquivamento apresentado pelo procurador-geral da República, ainda que possa eventualmente considerar improcedentes as razões invocadas.

    Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=286808

    Para meio entendedor…

     

    • É um ratinho bem grande

      Um partido inteiro da base aliada. 

      Tem que ser muito ingênuo para imaginar que esse deputados se corromperam individualmente, um a um.

      Está na cara qe ao serem inqueridos vão confessar que recebiam através do partido e todo o esquema idêntico ao do mensalão virá à tona.

    • Bilhão prá cá, bilhão prá

      Bilhão prá cá, bilhão prá lá!

      A montanha pariu um rato!

      Essa deformação moral é a verdadeira é a herança maldita do PT, não importa o quanto, importa quem foi pego com a boca na botija.

      46 de 47 deputados são da base do governo petista! O petróleo é nosso, e agora, em Belomonte, a água também!

      Não vai sobrar obra ou estatal sem um causo prá contar…

      Será que os amigos são verdadeiros ou não? Quem vai piar primeiro?

       

       

      • Deixa de ser hipócrita,

        Deixa de ser hipócrita, rapaz. Cadê os duzentos milhões de dólares arrecadados para o PT tão alardeados? Deformação moral, na forma de tara moral, é vocês quererem subverter o processo democrático fazendo uso de um discurso enganoso e manipulador. 

        O que significa “são da base do governo”? Mesmo que se prove que alguns parlamentares receberam propinas, e não doação normais de campanha, o que isso tem a ver com petrolão ou outras tentativas de criminalizar um partido e um projeto de Poder?

        A decepção é grande, não companheiros? A expectativa era que nessa lista estivesse o Lula, a Dilma, o José Dirceu, não é mesmo?

        Quem roubou, caso desses diretores da Petrobrás que pague. Se políticos foram subornados, que respondam por isso. 

        Vocês não passam de urubus e hienas sempre a procura de carniça. Parece que mais uma vez vão quebrar as fuças.

        • Acho que você tá perdido

          Situe-se.

          Essa lista aí é só da Diretoria de Materias, a do PP, cjo operador era o Youssef. 

          Os 200 milhões são da outra diretoria, a do Duque, onde o operador era o Vaccari.
           

          Do site do MPF :

    • Inimputáveis

      Todos soltos…

      Pois é, as 10 maiores empresas de construção do Pais.

      Com obras federais, estaduais e até municipais…

      E o PGR me sai com essa listinha mixuruca, fraquinha… Ai tem, e como!

    • É roedor grande talvez o

      É roedor grande talvez o maior deles “capivara”.

      Mas  estou rindo  da “zoeira” amarela desses novos

      “trolls”..perdemos muito aqui.são indigentes.

  15. PP/Arena

    Meninos e meninas que defendem a “intervenção militar”, o “retorno da ditadura” e a “ação saneadora dos militares”. Prestem atenção na tal lista de possíveis corruptos. O partido que, de longe, se destaca negativamente é o Partido Progressista (PP). Meninos/as: no sistema partidário brasileiro não há sigla mais diretamente associada, no curso histórico, à tenebrosa ditadura implantada em 1964 e aos “governos militares”. Se não falha a memória, a sequência de mutações do atual PP, ao longo do tempo, foi assim: 
    Arena – PDS – PPB – PPR e… PP.

    Maluf, Francisco Dornelles (vice-governador do RJ) e Bolsonaro são, hj, alguns dos atores pepistas mais notórios e flagrantemente associados à antiga ditadura.

    O 2o partido mais citado (PMDB) é cria também da ditadura, na condição de “oposição consentida”.

  16. Como essa é só a primeira

    Como essa é só a primeira lista, ligada ao PP e ao indicado do partido pelo Lula, o Paulo Roberto Costa, a inclusão de praticamente toda a bancada do partido parece que configura um novo caso de compra de apoio parlamentar.

     

      • Isso mesmo

        Sou troll mas não sou burro.

        Se você não percebe que acusar um partido inteiro, mesmo que seja o PP, é jogo muito mais pesado que acusar alguns aqui e acolá, você é muito ceguinho.

        Ainda mais que a mídia fez questão de repetir insistentemente que o Lula cedeu a pressão do PP para indicar o PRC.

        O cenário está armado para um mensalão 2.

        Todos esses deputados aí, como naquele caso acabarão inocentados, vão dizer que recebiam o dinheiro do partido mas não tinham a idéia da origem, como da outra vez.

         

    • Você também deve acreditar

      Você também deve acreditar que a culpa da falta d”agua em SP é do Haddad.

      E que o Estado do Paraná é um paraíso aqui na terra.

      E mais, você acredita que  o Aécio Neves não está na lista por ser um politico “onesto”, probo, que sempre trabalhou em prol do povo, e principalmente dos mais humilde, ou seja, Aécio é um politico acima de qualquer  suspeita, que nenhuma maldade paira em seu coração.

      Politico de conduta ilibada.

       

      • KKKKKKK

        Não acredito em nada e em ninguém. KKKKK

        Só estou fazendo o favor de alertar vocês, que acreditam no PT, que armaram um mensalão 2 aí, ao qual chamaram de repasse mensal. 

        Está no pedido, até já postei aí.

        Quando perguntarem aos deputados eles vão dizer cândidamente que não sabiam de onde vinha o dinheiro, mas que sabiam que se deixassem a base aliada, parariam de recebar as doações.

  17. espero que desta vez os

    espero que desta vez os juízes julguem conforme provas cabais

    e não sejam apenas meros acusadores representantes do mpf.

    senão continuarão sendo chamados de membros do jurisputriciário como sempre.

    como o já previsto, tucano muito emplumado continua impune.

    só os já anestesiados.

     

  18. quadrilha tucana de são paulo

    quadrilha tucana de são paulo deve estar rindo às gargalhadas

    por outro lado, será que agora aqueles estúpidos do pmdb vão perceber que fazer o jogo do pig e da tucanalha não é bom pra elese ?

  19. Fala Anastasia!

    Anastasia abre este bico grande de tucano e ajude a furar este tumor de hipocrisia dos tucanos.

    Pense no Brasil uma única vez, Mineiro! Tenha esse ato de grandeza que o colocará na história com H do Brasil, colocando a nú estas vestais de bordel que posam como moralistas vitorianas.

    Detona esta p..ra de vez, pois ferido não tem ajuda e te deixaram na beira da estrada de São João del Rey, MG, lugar onde até as pedras falam e contam histórias de arrepiar até pentelhos de estátuas!

  20. Tutto buona gente!E agora

    Tutto buona gente!

    E agora vem aí mais um campeão de audiência!

    1% PT e 1% PMDB, R$100.000.000 é um Belomonte!

    Executivo da Camargo Corrêa admite ter pago 1% para cada um dos 2 partidos para conseguir a obra, vão somando! 

    Follow the money! Vai ter velho “cumpanheiro” e “neocumpanheiro” sem espaço na cueca.

    O PT implantou um sistema para saquear sem precedentes” “Nuncadantes” historia “destepraneta” um partido teve tanta sede de espoliar uma nação. 

    É o golpe, é o golpe… 

     

     

     

     

    • Duvido que vá.
      Ele é uma

      Duvido que vá.

      Ele é uma especie de menor de idade de uma quadrilha, é o vapor.

      Segura todas as broncas.

      A turma do PSDB vai fazer uma vaquinha com  o dinheiro público roubado, vai chamar o Anastasia num canto e vai lher dizer ” Toma essa mereca aí parceiro, uns 30 milhões, e segura essa bronca para nós cumpadi “.

      Poder de convencimento maior que este não tem.

      • O Anastasia vai acabar

        O Anastasia vai acabar tomando uma multa que nem o Dirceu e o Genoíno, os militontos pagam, puxa uns 2 ou 3 meses na Papuda (aproveita e faz uma dieta e um cursinho de computação) e depois extinguem a pena…

  21. Negócio sério

    É o caminho do impeachment via desmonte da base aliada.

    Corruptos e branqueadores de capital fazem acusações no âmbito de delações premiadas, um juiz federal megalomaníaco vê nisso a oportunidade de aparecer, age para impedir a fixação da competência do STF, remete as delações para o procurador geral da república e este sai piçando aquilo que pessoalmente acha pertinente para requerer a abertura de investigações contra os políticos citados pelos delatores.

    Enquanto isso, a oposição abre CPI no Congresso Nacional, com o presidente, um jovem e inexperiente deputado do PMDB da Paraíba, determinando que fossem criadas quatro sub-relatorias, mitigando o poder do relator, um deputado do PT, e dizendo, em entrevista concedida à TV Veja, que Dilma e Lula serão investigados.

    Se alguém não enxerga nisso uma estratégia para enquadrar o governo, sem deixar qualquer defesa política no Congresso, é cego, desonesto ou burro.

    Agora é jogada de voleibol: (i) A CPI enquadra Dilma por atos relacionados ao exercício do cargo de presidente da república (recepção), (ii) a Câmara dos Deputados recebe o protocolo do pedido de impeachment, o plenário aprova o relatório, Dilma é afastada do poder preliminarmente (levantada), (ii) o processo segue para o Senado, onde o governo se encontra enfraquecido pelo enquadramento de senadores importantes, e aí Dilma é condenada e sofre impeachment (ataque final, com bloqueio falho e defesa igualmente falha, finalizando a jogada e marcando o ponto do time da oposição).

    Temer assume e o PSDB, exatamente como em 1992, abre espaço para eleger o seu candidato em 2018.

    Enquanto isso, no âmbito judicial, o ataque aos políticos ligados ao governo segue promovendo o massacre. Pelo caminhar das coisas, não vai sobrar muita coisa depois desse processo. Nunca houve abertura de tantos inquéritos de uma vez só contra políticos no STF. A situação é atípica o suficiente para não perceber que algo muito sinistro está para acontecer.

    Eu ainda estou analisando onde está o estopim disso, o que existe de errado nessa história para que delatores de um esquema de corrupção tenham conseguido criar esse vendaval na República. Uma das pistas certamente está lá atrás, na inoperância, omissão do governo e seus apoiadores em não brecar Moro e os arbítrios da Operação Lava-Jato, assim como não ter agido com veemência quando as primeiras denúncias sobre Pasadena surgiram. Mas não, ficaram defendendo ridicularmente o negócio e deixaram a bola de neve crescer. O Governo errou demais. O discurso foi errado, a postura institucional foi errada. Tinha que ter enquadrado os corruptos da Petrobras desde o primeiro momento. E agora o cenário é esse aí.

     

     

      • Encaminhe mesmo, inclusive aproveita e denuncia os militontos

        Que atacam a base aliada, acabando de acabar com o governo, que hoje se encontra na berlinda. Vai ser praticamente impossível governar de modo sequer razoável com o bombardeio que vem pela frente. A crise vai se aprofundar muito mais ainda, ainda mais com os militontos descendo a lenha na base aliada. Estão ajudando a isolar o governo. Se já estava ruim, vai ficar muito pior. Nem adianta desconversar e fingir que não é nada disso. O PT tem é que estar preocupado com a sustentação do governo ou então aprove logo uma moção pela renúncia. Talvez isso faça mais bem ao país do que o espetáculo perdedor de agonia que se anuncia, em muito construído por incompetência política. E com os militontos puxando o coro, aí é que o negócio será mesmo lamentável para o Governo Dilma.

        • Argolo, seria melhor para o

          Argolo, seria melhor para o governo uma base “aliada”(leia-se, Cunha, PP e afins)preservada e fortalecida para tirar vantagens da crise política?

          Discordo de sua análise, o quanto antes o Brasil puxar a descarga em Cunhas, PPs, Sarneys e afins, melhor para o país.

          O Aécio vai levar o Anastasia para marchar pelo impeachment?

          E o Bolsonaro do PP?

          Vai marchar com arma na cintura defendendo impeachment?

          Acho que você não entendeu a dimensão da lista do Janot, Anastasia é, de longe, o maior nome, não só braço direito do Aécio, figura de primeiro plano do PSDB, mas ex-governador de MG, um dos estados mais importantes da federação. Imagine o que uma devassa em seu governo faria. 

          O PT simplesmente não possui nenhum nome que, se investigado, poderia causar tanto dano ao partido quanto ao efeito que uma devassa no Anastasia pode causar ao PSDB. 

          Qaunto ao PP, refugo da ditadura, já vai tarde.

    • A denúncia dos presidentes da

      A denúncia dos presidentes da Câmara e do Senado enfraquece o impeachment, além disso, Eduardo Cunha é base aliada?

      Calheiros e Cunha vão mobilizar suas tropas para se defender, o recente comentário do Calheiros sobre o MP é sinal disso. Nenhum desses políticos citados quer ouvir a palavra impeachment.

      O peixe mais gordo dessa lista é o Anastasia, se abrir o bico…

      Impressionante esse PSDB de MG, Azeredo, Anastasia, mesmo com a blindagem, estão em todas. Certo fez o Aécio em se refugiar no Leblon.

  22. Receita do Golpe

    32 pitadas de PP!

    7 pitadas de PMDB!

    6 pitadas de PT!

    1 pitada de PSDB!

    1 pitada de PTB!

    Mistura tudo, sacode e reserve uma presidente e um ex-presidente!

    Coloque para fever no judiciário e

    bata tudo no noticiário do PIG!

    Sirva sempre com vinho tinto “Teoria do Dominio do Fato” com casquinha a lá barbosão…

    Pronto!

    Nenhum Brasileiro NUNCA MAIS VAI QUERER SABER DE PT!

     

     

  23. O que aconteceu com o Eduardo

    O que aconteceu com o Eduardo Cunha era esperado, a crista dele estava muito alta, muito arrogante e  senhor de si.

    Agora ele vai na Igreja do Malafaya pedir oração para livrar o capeta do caminho dele.

    Como se fosse possível expulsar demônio do própio demonio.

     

  24. A noite inteira esperando

    A noite inteira esperando trocam Anastasia pelo Aécio!  

    O Cunha e o Calheiros ficam putinhos com o planalto não conseguir cobrir a oferta do PSDB e tirar eles da lista.

  25. A noite inteira esperando

    A noite inteira esperando trocam Anastasia pelo Aécio!  

    O Cunha e o Calheiros ficam putinhos com o planalto não conseguir cobrir a oferta do PSDB e tirar eles da lista.

  26. Agora seria um bom momento

    Agora seria um bom momento para aprovarem a lei dos médio.

    Já que a base parlamentar está p da vida, passa tudo contra a mídia.

  27. Alguém pode me esclarecer

    Gente, alguém pode desenhar para eu entender algumas questões sobre a tal lista da Lava-Jato?

    1- Afinal, a Dilma foi citada mesmo e não entrou na lista do PGR porque ele não tem competência para julgar casos ocorridos antes do exercício da presidência? Esse argumento faz sentido? Existe algum documento atestando que a Dilma e o Lula foram acusados de alguma coisa?

    2- O nome de Dirceu, que foi diversas vezes apontados como alvo de investigação pela imprensa, poderia ter aparecido nessa lista ou o fato dele não ter mandato o coloca fora da lista automaticamente? O Palocci não tem mandato e a apareceu.

    3- Quantos deputados, a despeito do partido que integram, são efetivamente da base de apoio ou fazem oposição? Lembrando que o deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), por exemplo, não pode ser considerado como da base de apoio. O mesmo raciocínio vale para o Eduardo Cunha.

  28. Minha galera!

    A ÚNICA coisa inesperada da lista foi o Anastasia.

    Eram delações dos operadores do PP.

    Logo, é normal uma penca de denúncia contra o PP e suspeitas contra o PT e o PMDB. (pelo mesmo esquema)

    O que faz o PSDB na lista eu não sei… acho que vazou uma lavagem de dinheiro.

    Quanto a Dilma, francamente. Ela deve ver essa suspeita sobre o Palocci e pensar: Sempre desconfiei!

  29. Mais do Eduardo Cunha.
    É bom

    Mais do Eduardo Cunha.

    É bom zuar esse cara fanfarrão.

    Forçou a maior barra para aprovar a PEC da bengala para sacanear a Dilma/governo, e acabou tomando uma bengalada de um dos braços do judiciário, eh,eh,eh. 

    Bem feito !

  30. E La Nave Va

    Bem, duas coisas chamam a atenção. São 47 os que serão investigados e é claro que a gente tem que lembrar da história, diversas vezes filmada, dos 47 Ronins. Eis então um primeiro destaque: nenhum deles é Ronin mas um deles é Renan.

    Um segundo ponto é que dos 47, 32 são do PP. Eitcha! A Comissão de Ética desse partido, que certamente existe, terá muito trabalho à frente. Paulo Maluf, useiro e vezeiro em evitar as más companhias, já deve estar tramando sua filiação neste novo partido que estão querendo fazer, a fusão do DEM com o PTB e que parece que sö falta se acertarem no nome pra coisa frutificar ( a turma do PTB quer manter essa sigla; sugiro então, modestamente, que se chamem PTBEM, olha que bonitinho e super prático!).

    • Voce fala que 32 são do PP?

      Voce fala que 32 são do PP?  Eu localizei apenas 14 . . . . ·                   

                                     João Alberto Pizzolati Jr.

      ·                    Simão Sessim

      ·                    José Otávio Gemrmano

      ·                    Luis Fernando Ramos Faria

      ·                    Arthur César Perreira de Lira

      ·                    Dilceu Sperafico

      ·                    Eduardo Henrique da Fonte

      ·                    João Sandes Júnior

      ·                    José Afonso Han

      ·                    Luís Fernando Ramos Faria

      ·                    Mário Negromonte

      ·                    Nelson Meurer

      ·                    Vilson Luis Covatti

      ·                    Valdir Maranhão Cardoso 

  31. A revista, aspas, Veja, se

    A revista, aspas, Veja, se tivesse o mínimo de vergonha na cara, o que não é o caso, deveria estampar na capa algo assim: “Perdoem-nos, nossos leitores! Quem de tudo sabia, não era Lula ou Dilma, mas Aecio e Anastasia”.

    • Só que não

      ALBERTO YOUSSEF (Termo de Colaboração 02) afirmou que GLEISI HOFFMAN, já agora Senadora da República e ocupando cargo na Administração Direta, tinha conhecimento da estrutura que envolvia a distribuição e repasse de comissões no âmbito da PETROBRAS SA e que ela própria havia se beneficiado dessa distribuição. Disse: QUE, em complementação ao termo de declarações realiza- 13 de 21PGR Pet5257_Gleisi Hoffman_inquérito do na data de ontem, o declarante gostaria de ressaltar que tanto a presidência da Petrobras, quando o Palácio do Planalto tinham conhecimento da estrutura que envolvia a distribuição e repasse de comissões no âmbito da estatal; QUE indagado quanto a quem se referia em relação ao termo “Palácio do Planalto”, esclarece que tanto a presidência da República, Casa Civil, Ministro de Minas e Energia, tais como LUIS INACIO LULA DA SILVA, GILBERTO CARVALHO, ILDELI SALVATTI, GLEISE HOFFMAN, DILMA ROUSSEFF, ANTONIO PALOCCI, JOSÉ DIRCEU e EDSON LOBÃO, entre outros relacionados; QUE esclarece ainda que eram comuns as disputas de poder entre partidos relacionadas à distribuição de cargos no âmbito da Petrobras e que essas discussões eram finalmente levadas ao Palácio do Planalto para solução; QUE reafirma que o alto escalão do governo tinha conhecimento;

      • Veja…mos

        Foi apenas com essa declaração do Sr. Youssef que a Veja cometeu o crime que cometeu? Se sim, terá alguns problemas se Dilma realmente acioná-la na Justiça, se é que já não acionou.

    • saudades do governo Collor ,

      saudades do governo Collor , quando PT elogiava a Liberdade de imprensa e a Veja…Lindinho era um menino bom…o Lula era o Lula…ninguém conhecia Dilma “coração valente”…

    • saudades do governo Collor ,

      saudades do governo Collor , quando PT elogiava a Liberdade de imprensa e a Veja…Lindinho era um menino bom…o Lula era o Lula…ninguém conhecia Dilma “coração valente”…

  32.  
    Estava agora lendo as

     

    Estava agora lendo as “denúncias” contra Lindberg Farias.

    Se todas as denúncias forem iguais, ou parecidas, tudo isso vai acabar numa grande festa com muita pizza!

    É inacreditável o que eu li!

    Nada se sustenta! Não há uma ÚNICA PROVA, só blá, bla, blá.  

    Qualquer advogado de porta de cadeia, desmonta essa “denúncia”.

    • o Rio sabe que o lindinho nem

      o Rio sabe que o lindinho nem conhecia PRC…. quer dizer, se encontram poucas vezes…normal os dois são cariocas ..não são!? tudo bem, lindinho tá puro….como Collor…e agora, como Lindinho vai pagar os 12 milhões ? liga pro Duque…perai, melhor usar o zap-zap

  33.  
    Estava agora lendo as

     

    Estava agora lendo as “denúncias” contra Lindberg Farias.

    Se todas as denúncias forem iguais, ou parecidas, tudo isso vai acabar numa grande festa com muita pizza!

    É inacreditável o que eu li!

    Nada se sustenta! Não há uma ÚNICA PROVA, só blá, bla, blá.  

    Qualquer advogado de porta de cadeia, desmonta essa “denúncia”.

    • E o que é pior, esse blá.blá

      E o que é pior, esse blá.blá blá seviu para detonar os politicos do PT e da base aliada, mas não serviu para detonar a oposição.

    • Meu amigo

      Se você leu e ainda não entendeu que não se trata de uma denúncia, que o PGR não ofereceu denúncia nenhuma, apenas pediu que se investigue, daí a coisa tá feia.

    • Existem indícios que serão aprofundados no inquérito

      Lindbergh, pela delação de Costa, é um dos mais complicados. Costa disse que se encontrou com ele em sua sala na Petrobras. Na ocasião, ele teria pedido dinheiro de corrupção para a sua campanha ao senado em 2010. Ele também teria pedido ajuda de Costa em 2014, na sua campanha ao governo do RJ, oportunidade em que teria inclusive oferecido o cargo de secretário de desenvolvimento a Costa.

      A PGR identificou que toda vez que o diretório nacional do PT recebia doações das construtoras envolvidas, Lindbergh recebia, na mesma data ou logo depois, transferências descontadas de 5% a 10% do valor recebido pelo diretório nacional do partido, o que é atribuído pela PGR à comissão do operador.

      Ele vai ser investigado pesado. Existem fortes indícios documentais contra ele, que criam a possibilidade do crime de corrupção ser vislumbrado. Por exemplo, se a ida dele à Petrobras na data agenda por Costa se confirmar, ele estará em maus lençois. Além disso, o celular dele será investigado. Tudo será investigado, em verdade. Vão fazer uma devassa.

      • Não li todas

        Mas também achei a dele bastante complicada e de fácil comprovação no decorrer das investigações.

        Se aparecer esse depósito na conta dele, tá ferrado.

        E mais, o Youssef disse que era uma parcela do dinheiro do PP. Ou seja, roubou duas vezes, da Petrobrás e do PP. KKKKK

      • Eu também li a petição do Lindberg.

        Se houver materialidade (é assim que chama, né?), que seria um depósito na conta dele, é óbvio que ele será condenado. Dois milhões na conta de um senador não brotam assim.

        Mas colocar doações legais como prova da ilegal? Não provaria… é o contrário, isto é: Para que doações de caixa 2 se o meu caixa 1 tá cheio?

        Fora que o próprio Youssef desmentiu… no caso dele e no do Palocci.

        O que parece mesmo é que ele falou isso só pra delação dele ganhar mais “valor de mercado”.

        As doações legais poderiam ser também fruto de chantagem da Diretoria de Serviços, mas não foi o que o Paulo Roberto Costa denunciou. Serve de indício de outro crime, não do denunciado.

        • Yousseff negou a sua participação enquanto intermediador

          Não o repasse do dinheiro. Isso ele não negou. Em relação a Lindbergh, ele diz que alguém pode ter feito a operacionalização e Costa se enganou ao indicá-lo.

          Se você ler a petição do PGR, de 31 laudas, são muitos os fatos usados como indícios para pedir a abertura de inquérito. Cita-se o nome de um assessor de Lindbergh, Totó, existem rascunhos indicando a doação na Camargo Correia etc.

          O que fica claro na investigação é que a PGR trabalha com a hipótese de que, de fato, o PT recebia doações para campanha provenientes de recursos oriundos de corrupção. A acusação de Lindbergh engloba essa premissa. Tudo será investigado.

          • Então vai nesta tese…

            … de criminalizar doação legal.

            Olha, depois do bônus de volume, esta é a moda da vez.

            Seria tão mais fácil focar num depósito, movimentação, ou outra prova material.

  34. Ontem os Jornais de São Paulo

    Ontem os Jornais de São Paulo na manchete de capa diziam que Dilma estaria na lista de Janot com pedido dearquivamento.

    Hoje vemos que Dilma não foi citada.

    Ou seja foi maldade pura do PIG.

    E fica por isto mesmo.

    Ninguem diz nada. Ninguem processa ninguem.

    Tristes Tropicos…

  35. Uma coisa é bater no PT ( que

    Uma coisa é bater no PT ( que apanha desde sua fundação)

    manipular  informação ,distorcer fatos, criar factóides e  se

    ter idéia da reação petista.Base aliada? A base ai só é aliada

    até a pagina 2. Os golpistas tem uma Normandia bem ampla.

    • O teu melhor argumento de defesa é atacar a base aliada?

      Que beleza. Considerando que você é o amiguinho das celebridades do blog rsrs, isso ajuda a entender e muito o ponto a que chegou o governo, equilibrando-se na corda bamba.

      • Então, eu não sou teu amigo e

        Então, eu não sou teu amigo e nem voce é  uma celebridade..

        aliás isso  nem interessa, se esta aqui dividindo o nobre espaço

        comigo é porque  tem sua relevância. Normalmente não concordo com

        suas analises mas considero importantisssimas em “modus escolar”.

        Quanto  as celebridades irmão..não tenho culpa de viver onde

        as coisas acontecem , isso para o bem e  para o mal.Agora pare

        de roer as unhas e preste atenção no que esta em pauta mesmo

        quando não concordar.

         

        • Interessa e muito para entender a situação do governo

          São pessoas com essa mentalidade política que lascaram e ainda lascam com o governo. Atacar a base aliada, num momento em que mais se irá precisar dela, não é nada inteligente.

          A propósito, eu realmente não sou teu amigo e isso não significa nada. Não sou celebridade também. Talvez se eu fosse, você se esforçasse para ser meu amigo. Não adiantaria muito, porque nunca gostei de hype.

          • Ok.Leia novamente!
            Com

            Ok.Leia novamente!

            Com calma..normandia..lembra? Dia D?

            E pensando bem ..agora quero ser seu amigo!

            Quem sabe eu te faça uma celebridade,te livrando

            dessa volúpia  ensimesmada. Amigo Frank.

             

    • Tadinho do PT, mesmo? Só

      Tadinho do PT, mesmo? Só apanha? Então pague sua conta de energia sem reclamar. E ande a pé, porque de carro, tá fácil só no resto do mundo. Lindo o mundo criado pelo PT. Você merece ele.

    • Acredita mesmo nisso? E se eu

      Acredita mesmo nisso? E se eu disser que papai noel vai trazer uma conta de energia baratinha e um preço bem menor paga o combustível, igual no resto do mundo, você acredita também? 

  36. Vamos ver os petistas e demais apoiadores do governo

    Torcerem pelo enquadramento de Cunha, Collor, Renan e outros da base aliada.

    Isso ajuda o governo que é uma beleza. Governo definha a olhos nus.

    Mas tb, com aquele tipo de acusação, fica difícil: nêgo tá sendo acusado de receber dinheiro de corrupção de tudo quanto é jeito. Basta uma prova sequer e já era.

    Teria existido um pedido, supostamente vindo de Palocci (não se sabe se dele pessoalmente ou de algum assessor) de R$ 2 milhões de reais a Paulo Roberto Costa para a campanha de Dilma em 2010, via Yousseff, segundo o delator Costa. Yousseff negou que tivesse intermediado o pedido supostamente vindo de Palocci.

    Depoimento de Paulo Roberto Costa a respeito:

    “Porém, como destacado anteriormente, no Termo de Colaboração n. 16, PAULO ROBERTO COSTA afirmou que “quanto a ANTONIO PALOCCI FILHO, o conheceu em 2004, quando o mesmo era membro do Conselho de Administração da Petrobras e DILMA ROUSSEF era Presidente do referido conselho e Ministra das Minas e Energia; QUE esteve em várias reuniões com ANTONIO PALOCCI, pois este era membro do Conselho de Administração
    da PETROBRÁS e também Ministro da Fazenda; QUE no ano de 2010, acredita que quando ANTONIO PALOCCI
    já não ocupava nenhum cargo no Governo Federal, recebeu uma solicitação, por meio de ALBERTO YOUSSEF, para que fossem  liberados R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) do caixa do PP, para a campanha presidencial de DILMA ROUSSEF; QUE o declarante autorizou referida entrega, sendo que YOUSSEF operacionalizou o pagamento e confirmou ao declarante posteriormente; QUE YOUSSEF não esclareceu ao declarante se o pedido deste valor foi feito pessoalmente por PALOCCI ou se por meio de algum assessor deste, apenas mencionou que era um pedido vindo de ANTONIO PALOCCI; QUE este valor sairia da cota de um por cento do PP”.”

    O pedido de impeachment vai ser cavado por fatos como esse. A oposição vai dar um jeito de vincular Dilma a essas doações de dinheiro de corrupção.

    A agonia está apenas começando.

     

     

    • Pelo seu comentário já sei

      Pelo seu comentário já sei que vás participar da marcha pelo impeachement da dilma no dia 15.

      Agora diga aí.

      Quem é que vai fazer o pedido formar pelo impeachemet, O PSDB ?

      Quem é que vai encaminhar o pedido para votação no plenário? O Eduardo Cunha ?

      Já sei, você também acredita que o Aécio e inocente e nunca levou propina de nenhuma empresa.

      • Eu sou contra o impeachment

        O que eu estou explicando aos mais desavisados, que não gostam de ler as coisas e vão na onda do que os outros falam, é sobre o caminho que o pedido de impeachment irá trilhar. Não significa que eu concorde com isso, claro.

        Eu leio os documentos, vou à fonte dos fatos e não fico me baseando no que os outros escrevem, muitas vezes puros chutes. Eu sou experimentado o suficiente para saber como funciona a cabeça do cidadão médio e cheio de clichês, à esquerda ou à direita. Tem que ler e analisar. Eu sou desse grupo, dos que lêem e analisam.

        • Humildade é nome

          Não falei? um iluminado…

          Graças a Deus ele frequenta o blogue do Nassif.

          Trocentas palavras para escrever o óbvio. Mas ele lê analisa… Ainda bem.
          Na minha éoca de universidade sentavam na primeira fila e costumavam puxar o saco de professor.

          Sindrome de Gurú. Deixa de ser infantil, Argolo.

          • A conclusão fica por tua conta

            Só estou falando o óbvio: o cidadão médio brasileiro não gosta de ler o que ele por vezes mal irá entender, por não ter a mente treinada na área jurídica. Você acha que é todo mundo que está acostumado com o detalhismo das leituras jurídicas?

            As pessoas gostam de generalizar, de falar sem se ater aos detalhes ou aos fatos, fazer acusações com base em achismos e wishful thinking, ainda mais no Brasil, onde a leitura, o esforço, a atenção e a concentração não são qualidades presentes em todo mundo. Brasileiro é assim, gosta de pegar as coisas de mão beijada e é manipulado por isso, pela falta de esforço etc.

            As pessoas são um tanto preguiçosas quando se trata de agir assim, o que até é compreensível, pois as pessoas que lidam com isso geralmente o fazem de forma profissional. Ninguém se sente incentivado a ler centenas de páginas para sair analisando tudo quando aquilo não faz parte das suas obrigações. Tem que se esforçar, queimar as pestanas e nem todo mundo está disposto a isso. Neste aspecto, é até um tanto compreensível a desídia do brasileiro que irresponsavelmente sai fazendo acusações e defesas sem saber de porra nenhuma , mas apenas emprenha pelos ouvidos hehehe.

            A propósito, nunca sentei na primeira fila e nunca puxei saco de professor nenhum, Sou naturalmente um outsider, independente. Faz parte de quem eu sou.

      • Os atos em 2010 não impedem o pedido de impeachment

        Se liga, Gão! Se a oposição enveredar por dizer que Dilma sabia da origem ilícita das doações, o pedido de impeachment pode passar, dependendo das inevstigações e da situação política na Câmara e no Senado. Por isso que o Governo não pode prescindir do apoio da base aliada. Tá todo mundo no mesmo barco. Se Dilma ficar com aquela postura de dizer que quem cometeu “mal feito”, que se ferre, como se isso não tivesse nada a ver com ela, ela é quem vai se ferrar.

    • Pois é

      E justamente o Palloci, que vai para a primeira instância.

      Semana que vem já vai estar em companhia dos outros na Guantánamo curitibana. KKKKKK

    • As provas dos adêvogados crentes dos Reinos de Deuses

      … “acredita que quando ANTONIO PALOCCI” … “QUE YOUSSEF não esclareceu ao declarante se” …

      …”este valor sairia da cota de um por cento do PP” … (e ainda grifa!)

      Com este nível de “profissionais do direito” do disse-me-disse é que existem APs 470, Lava-Jatos e maravilhas do tipo onde assassina-se o bom direito e dá-se à luz à uma política farsesca de esgoto.

      Pior aqui é aguentar a bobagem satírica de que “é … fácil suportar a injustiça e difícil suportar a justiça…”

      Com uma lógica como essa, levada a sério como lema, “é fácil defender o ridículo, difícil é percebê-lo”…

    • Olha, a “base aliada” tem

      Olha, a “base aliada” tem sido, desde sempre, um problema, com suas corrupções, seus imobilismos, seus interesses contrários à agenda do governo. Era um mal necessário, por que trazia votos.

      Agora nem votos mais traz.

      O congresso estará profundamente fragilizado no próximo período. Portanto, o projeto político do deputefe Eduardo Cunha – engessar o governo a partir do legislativo, e usar a Câmara como base política para um novo projeto de oposição, culminando com uma candidatura peemedebista à presidência da República – está inviabilizado. É hora do governo contra-atacar.

      Lembrando que o deputado André Vargas foi expulso do PT e cassado pela Câmara, mais ou menos pelos mesmos motivos que levaram ao indiciamento de Eduardo Cunha.

      Cunha terá que renunciar, a menos que possa apresentar uma defesa extremamente convincente (probabilidade, segundo o Datafalha, de 0,01%, com margem de erro de 5% só para baixo).

      A Câmara terá de eleger um novo presidente. E esse novo presidente não será do PBC (Partido do Baixo Clero).

  37. Em outra oportunidade, no dia

    Em outra oportunidade, no dia 20 de novembro de 2014, ALBERTO YOUSSEF detalhou como funcionava a distribuição da propina no âmbito do Partido Progressista – PP (Termo de Colaboração nº49): QUE, a distribuição do dinheiro iniciava com JOSE JANENE, o qual receberia a porção maio, por ser o organizados do esquema; QUE, as demais lideranças, os deputados MARIO NEGROMONTE, PIZZOLATTI, PEDRO CORREIA e NELSON MEURER recebiam um percentual dos recursos que ingressavam; QUE, a media de ingresso de receitas era de cerca de quatro a cinco milhões de reais; QUE, os demais parlamentares recebiam entre 10 e 150 mil reais mensais conforme a sua força política dentro do partido sendo que os nomes de todos os que recebiam foi declinado anteriormente em outro termo de colaboração, ao qual se reporta nessa oportunidade; QUE, os repasses eram feitos em espécie; QUE, detalha que o valor dos demais deputados era entregue a JANENE, que se encarregava de distribui-lo, sendo que esse papel em 19 de 56PGR Pet5260 e outras_parlamentares e ex-parlamentares_2 algumas oportunidades foi desempenhado por PIZZOLATI e PEDRO CORREA; QUE, a parte de MARIO NEGROMONTE foi entregue em algumas oportunidades em Brasí- lia e outras na residência deste em Salvador; QUE, acrescenta que em algumas oportunidades o dinheiro fruto do comissionamento do partido serviu para custear a locação de aeronaves para o deslocamento de MARIO NEGROMONTE enquanto Ministro das Cidades; QUE, esse valor não foi descontado do comissionamento devido ao mesmo; QUE, a maior parte dos recursos a que se refere provinham de contratos da PETROBRAS, todavia alguns valores foram oriundos de contratos do DENATRAN e de outras fontes tratadas pessoalmente por JANENE; QUE, quando da eleição do líder do partido ao final de cada ano havia um pagamento extra aos parlamentares a fim de que votassem em quem fosse escolhido pelo grupo formado por JANENE, MARIO NEGROMONTE, PIZZOLATTI, PEDRO CORREIA e NELSON MEURER; QUE, acredita que os valores entregues a cada parlamentar seguia a mesma era anterior, ou seja, cada um recebia de acordo com a sua representatividade e forca política; QUE, além do declarante ter levado esses recursos pessoalmente a Brasília, também utilizou as pessoas de ADARICO NEGROMONTE, RAFAEL ANGULO, CEARA (CARLOS ROCHA) e HABBIB CHATER; QUE, detalha que os valores em espécie entregues por HABBIB aos parlamentares era repassados ao mesmo mediante depósitos feitos aos fornecedores de combustível ao Posto da Torre ou em favor do próprio posto; QUE, esses depósitos partiam das contas de WALDOMIRO DE OLIVEIRA, não tendo feitos contratos para formalizar essas transferências; QUE, essas transferências a HABBIB eram tratadas como empréstimos feitos ao mesmo, que eventualmente precisava de dinheiro, sendo que a devolu- ção era feita mediante entrega de recursos aos parlamentares; QUE, perguntado como era feito o controle do dinheiro que estava entrando e o que repassava aos parlamentares que realizavam a distribuição interna para os integrantes do PP, afirma que não existia um controle sobre isso, pois tão logo recebia esses valores o declarante repassava as comissões de PAULO ROBERTO e GENU e retirava a sua parte, entregando em seguida os recursos pertencentes ao 20 de 56PGR Pet5260 e outras_parlamentares e ex-parlamentares_2 partido; QUE, não havia controle também das transferências feitas por meio de HABBIB; QUE, os valores ate cerca de quinhentos mil eram levados em espécie no corpo do declarante ou das pessoas que prestavam serviços a sua pessoa; QUE, para quantias maiores o declarante fretava aeronaves, sempre pagando em espécie e sem documentar a operação; QUE, perguntado de fez pagamentos a outros diretores ou empregados da PETROBRAS além de PAULO ROBERTO COSTA afirma que nunca o fez e nem foi objeto de comentários de PAULO ROBERTO que esse dinheiro estivesse sendo entregue a terceiros; QUE, acrescenta que alguns parlamentares eventualmente passavam no escritório da GFD em São Paulo para conversar ou pegar a sua parte do comissionamento, recordando que la estiveram PIZZOLATTI, NELSON MEURER, ROBERTO TEIXEIRA, MARIO NEGROMONTE, PEDRO CORREA, ALINE CORREA, ARTUR DE LIRA e VALDIR MARANHAO; QUE, acredita que houvesse junto ao escritório da GFD alguma anotação acerca dos valores repassados ao mencionados parlamentares, uma vez se tratando de um procedimento excepcional, sendo que os recursos entregues na sede da GFD eram de fato descontados daquilo que era mensalmente pago aos parlamentares; QUE, isso era comunicado a JOSE JANENE e aos demais lideres para conhecimento; QUE, com relação a ALINE CORREA mesma ia ao seu escritório para encontrar o pai, PEDRO CORREA, nunca tendo recebido dinheiro em espécie nas mãos do declarante; QUE, acredita que ela recebesse o repasse mensal em Brasília, tendo sido beneficiada por doações oficiais feitas pelas empreiteiras na época de campanha, tal como diversos outros parlamentares; QUE, o valor dessas doações oficiais era descontado do comissionamento que era devido pelas empreiteiras por conta dos contratos junto a PETROBRAS; QUE, afirma que JOSE JANENE contratou o escritório de advocacia FERRAO para a defesa de parlamentares que o necessitassem, sendo os honorários pagos com o dinheiro do comissionamento; QUE, o pagamento era feito em espé- cie por algum funcionário do declarante; QUE, acredita que o escritório não soubesse que o dinheiro provinha do declarante, pois os recursos eram entregues apenas em nome de JOSE JANENE; QUE, o valor mensal iniciou com quarenta 21 de 56PGR Pet5260 e outras_parlamentares e ex-parlamentares_2 mil reais e depois aumentou para setenta, sendo feitos alguns pagamentos esporádicos em torno de duzentos mil reais quando o escritório FERRAO defendeu JANENE na época do mensalão. A estrutura criminosa montada no âmbito do Partido Progressista era estável e perene, permanecendo em funcionamento mesmo após a alteração na estrutura de comando do partido, conforme relato do operador do esquema ALBERTO YOUSSEF (Termo de Colaboração nº 14): QUE indagado acerca dos fatos mencionados no Anexo n. 14, afirmou que o Partido Progressista – PP possuía um grupo hegemônico que o liderou desde 1994 até o final do ano de 2011 ou início de 2012, formado por JOSE JANENE, PEDRO HENRY, PEDRO CORREA, FLAVIO DERNS, NELSON MEURER, JOÃO PIZZOLATI, MARIO NEGROMONTE, LUIZ FERNANDO SOBRINHO e JOSÉ OTÁVIO; QUE o líder deste grupo, de fato, sempre foi JOSE JANENE; QUE depois que JOSÉ JANENE faleceu, o líder passou a ser MARIO NEGROMONTE; QUE o falecimento de JANENE enfraqueceu este grupo no âmbito interno do PP, pois JANENE sempre atendia as demandas dos demais parlamentares do partido e não “deixava de faltar com pagamentos” para eles e dessa forma conseguia concentrar bastante poder em sua pessoa; QUE no final de 2011 ou início de 2012, tal grupo passou a fazer repasses a menor das propinas oriundas da PETROBRAS para os demais integrantes do PP; QUE isso decorreu do fato de que após o falecimento de JOSE JANENE, as pessoas de NELSON MEUER, JOÃO PIZZOLATI, MARIO NEGROMONTE e PEDRO CORREA passaram a se autofavorecer mediante a apropriação em seu próprio favor, a maior, dos valores recebidos do declarante, advindos da PETROBRAS, em detrimento de repasses aos demais membros da bancada do PP; QUE em face disso o grupo interno do PP 22 de 56PGR Pet5260 e outras_parlamentares e ex-parlamentares_2 formado por CIRO NOGUEIRA, ARTHUR DE LIRA, BENEDITO DE LIRA, DUDU DA FONTE e AGNALDO RIBEIRO rebelou-se e assumiu a liderança do Partido Progressista; QUE neste momento ocorreu inclusive a troca da cadeira do Ministério das Cidades, saindo o Deputado MARIO NEGROMONTE e assumindo AGNALDO RIBEIRO; QUE nesta época foi solicitada por CIRO NOGUEIRA, que passou a liderar de fato (informalmente) o PP, uma reunião com PAULO ROBERTO COSTA, da qual participaram CIRO NOGUEIRA, ARTHUR DE LIRA, DUDU DA FONTE, AGNALDO RIBEIRO e PAULO ROBERTO COSTA; QUE soube desta reunião por intermédio de PAULO ROBERTO COSTA, a qual, segundo este, foi realizada no Rio de Janeiro/RJ, mas não sabe onde; QUE nesta reuni- ão, a nova liderança informou a PAULO ROBERTO COSTA que os repasses da PETROBRAS deveriam a partir de então ser feitos diretamente à ARTHUR DE LIRA, líder formal do PP; QUE nessa oportunidade também foi solicitado a retirada do declarante da posição de operador do PP nos contratos da PETROBRAS; As declarações de ALBERTO YOUSSEF estão em harmonia com o relato de PAULO ROBERTO COSTA, prestado em 1º de setembro de 2014 (Termo de Colaboração nº 13): QUE, após o falecimento de JANENE houve uma disputa em torno da liderança do PP, sendo que enquanto MARIO NEGROMONTE foi Ministro das Cidades (01/2011 a 02/2012) o comando efetivo do partido era dele, em que pese FRANCISCO DORNELES fosse o presidente oficial da agremiação; QUE, quando AGNALDO RIBEIRO assumiu a cadeira junto ao Ministério das Cidades, na mesma época CIRO NOGUEIRA assumiu a presidência do PP, ficando FRANCISCO DORNELLES como presidente de honra; QUE, durante esse período, os repasses ao PP feitos pelo declarante se mantiveram constantes, oscilando apenas os nomes que compunham a facção dominante do partido, os quais provavelmente recebiam mais recursos; QUE, no período em que MARIO NEGROMONTE comandou o PP 23 de 56PGR Pet5260 e outras_parlamentares e ex-parlamentares_2 o responsável pela operacionalização dos repasses era ALBERTO YOUSSEF, sendo que quando CIRO NOGUEIRA assumiu essa posição o mesmo, juntamente com seus apoiadores AGNALDO RIBEIRO, ARTUR DE LIRA, EDUARDO DA FONTE indicaram uma outra pessoa em uma reunião mantida com o declarante em um hotel no Rio de Janeiro, ocorrida provavelmente em janeiro de 2012; QUE, os parlamentares informaram que não havia mais confiança na pessoa de YOUSSEF em face aos constantes atrasos nos repasses dos valores de empreiteiras da PETROBRAS ao partido (…) QUE, não sabe quem era o responsável pelo recebimento dos valores junto ao PP, todavia quem determinava a distribuição interna era o dirigente da agremiação, papel desempenhado por JANENE, NEGROMONTE e depois por CIRO NOGUEIRA; 

  38. Caro Nassif e demais 
    Como

    Caro Nassif e demais 

    Como esses ministros trabalham para inocentar os tucanos.

    Fantástico.

    Verdadeira máquina trituradora contra o PT.

    Não poderia ser de outro jeito.

    Anastasia deve estar por engano, algumas cabeças da equipe de Janot deve rolar.

    Saudações

    • conhecendo-se da possível culpa(?) de um…

      salvam-se todos

      sempre foi assim

      mas reforça um detalhe interessante:

      grandes obras praticamente em todo Brasil, e apenas um tucano e mineiro

      Janot é paulista?

  39. Conclusão.

    Nenhuma.

    Ficou como dantes no quartel de abrantes. Os acusados ou são aqueles de carteirinha que já têm dezenas de acusações já colocadas e relegadas, acrescido é claro do pessoal do pt só para constar, porque ninguem vai querer dizer que o Humberto Costa é corrupto, e de pinga tiveram que refrescar para eles mesmos tirando o aécio da reta. Só não entendi o anastasia, que no fundo é o próprio aécio (deve ser o interesse do pessoal do psdb/pig de são paulo, serra e fhc).

    O que ficou foi que o sigilo foi muito conveniente, foi muito trabalhado, e quase permite ao youssef eleger o presidente da república que eles queriam. Quase. Não sei como ganhamos destes bandidos. Quase elegem o ético aécio, já pensaram? E eleito pelo youssef!

    A Dilma continua trabalhando, cuidando que os 50 milhões e um pouco mais continuem fora da miséria, dando escola e formação tecnica e superior ao povão, concluindo obras de infra de 1 tri ( mil bilhões de reais), assistindo a população com os mais médicos, agora com médicos brasileiros inclusive, freando a inflação pela décima vez, concluindo 6.000.000 de minha casa minha vida, mantendo o pleno emprego, e lutando contra os eternos predadores do país e da petrobras, nomeadamente o globo e o pig. Mediócre, não? Já a petrobrás agora é expotadora de petróleo. Os jornais continuaram a perder o pouco que resta da credibilidade e descer moralmente um pouquinho mais e fazer papel de bandidos. E o hsbc, o suiçaleaks, a lista de furnas, o trensalão, heilicóptero da coca, o darf da globo que nunca aparece, e a seca brava de s paulo, encherão de assunto nossos blogs sujos. Viram, até eu esqueci do mensalão tucano!

    Até logo.

    Ah, ia me esquecendo: até 2018 com o Lula lá. 

    • Preocupado

      Pois é…

      Renan dever ter pensado enfrente ao espelho: “vou ter que gastar mais com advogados”, enquanto espanava com a mão o hombro esquerdo do seu paletó.

    • Putz, “Dilma continua trabalhando” foi ótimo

      É incrível uma opinião dessa hehehe. O país de cabeça para baixo e de pernas para o ar, com cinquenta e tantos inquéritos abertos no STF de uma vez só, e o sujeito acha que isso não afeta o governo em nada. Acusações das mais variadas, entre elas, a de dinheiro de corrupção da petrobras que alimentou a campanha de Dilma em 2010 a pedido de Palocci e ele não enxerga nada demais rsrs.

      Se o governo já estava batendo cabeça, a tendência é piorar. Vai estagnar. O país vai parar com essas investigações. É matéria para alimentar o noticiário político por meses a fio. Troca de acusações, reviravoltas, desgaste político etc. É isso o que vai acontecer. Governar o Brasil, que já não é uma coisa fácil, vai se tornar muito mais complicado. O cenário é de caos político e institucional.

      Inacreditável que alguém ache que tudo está tranquilo.

  40.  
    Janot “homenageou” Aécio, e

     

    Janot “homenageou” Aécio, e ferrou seu pau mandado! 

    Vai ser lindo ver o PSDB, e seus catões da ética, querendo ferrar Renan/PMDB/PT, e tentando livrar a cara do Anestesia.

    Gostaria de ver amanhã o demagogo mor, Aécio Neves da Cunha, na tribuna do Senado, pedindo e cassação de seu pau mandado. Ou mesmo o “honesto” chamando Anestesia de ladrão, de bandido?

     

     

     

     

  41. Eu me divirto

    Núcleos
    Na denúncia, o procurador-geral descreve o que chamou de “organização criminosa complexa” estruturada em núcleos – a exemplo do escândalo do mensalão. No caso da Lava Jato, ele identifica quatro: político, econômico, administrativo e financeiro.

  42. Eu não acredito em alguns

    Eu não acredito em alguns nomes dessa lista. Como também ainda não acredito que o PT não aprendeu com os erros do passado.

  43. Reforçando.
    Base aliada até a

    Reforçando.

    Base aliada até a pagina 2.

    Ou vão se aliar definitivamente num “blocão”

    ou debandar “caguetando” ( o que não acredito).

    Se eu fosse “tucano” PIG e tais..colocaria as barbas

    de molho”..mensalão 2? Com PMDB? Casa cai.

  44. muito bom, eu gostei…

    felizes ou condenados, como partículas, todos girando em torno de um mesmo núcleo

    e o núcleo girando em torno do mesmo sol que sempre procuraram diminuir a luz

     

    interessantes não!? a justiça, a política e a física

    • eu descobri…. o cara com a

      eu descobri…. o cara com a cabeça cortada é o Collor…atras do senhor de cabeça branca o Lindinho…e a senhora disfarçada ao fundo Gleisi Hoffman….

  45. Ausência de Sérgio Guerra e Eduardo Campos

    Por que o ex-presidente do PSDB, Sérgio Guerra, e o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, não estão na lista?

    Por que foram “citados nos depoimentos de forma lateral”?

    Por que estão mortos?

    Até agora nenhuma matéria explicou.

    • o Supremo achou complicado

      o Supremo achou complicado trazer para depor o Sérgio Guerra (mumificado) e o Eduardo Campos(em pequenos pedaços) e acabaram arquivando…injusto…e a mídia golpista não ataca o Supremo por isto! Alô, Teori…tar morto não é desculpa!!!!

  46. Veja não mentiu

    ALBERTO YOUSSEF (Termo de Colaboração 02) afirmou que GLEISI HOFFMAN, já agora Senadora da República e ocupando cargo na Administração Direta, tinha conhecimento da estrutura que envolvia a distribuição e repasse de comissões no âmbito da PETROBRAS SA e que ela própria havia se beneficiado dessa distribuição. Disse: QUE, em complementação ao termo de declarações realiza- 13 de 21PGR Pet5257_Gleisi Hoffman_inquérito do na data de ontem, o declarante gostaria de ressaltar que tanto a presidência da Petrobras, quando o Palácio do Planalto tinham conhecimento da estrutura que envolvia a distribuição e repasse de comissões no âmbito da estatal; QUE indagado quanto a quem se referia em relação ao termo “Palácio do Planalto”, esclarece que tanto a presidência da República, Casa Civil, Ministro de Minas e Energia, tais como LUIS INACIO LULA DA SILVA, GILBERTO CARVALHO, ILDELI SALVATTI, GLEISE HOFFMAN, DILMA ROUSSEFF, ANTONIO PALOCCI, JOSÉ DIRCEU e EDSON LOBÃO, entre outros relacionados; QUE esclarece ainda que eram comuns as disputas de poder entre partidos relacionadas à distribuição de cargos no âmbito da Petrobras e que essas discussões eram finalmente levadas ao Palácio do Planalto para solução; QUE reafirma que o alto escalão do governo tinha conhecimento;

  47. Maravilha! Agora que a lista

    Maravilha! Agora que a lista foi liberada temos políticos do PT, PMDB e PSDB envolvidos… todos os seus respectivos militantes agora tem armas para continuar se digladiando. Espero sinceramente que matem uns aos outros a assim fiquemos livres deste trio maldito que tem mais coisas em comum do que diferenças reais.
     

  48. Mais um circo tucano armado, e os palhaços somos nós
    Do Deputado Rogério Correa

    “Janot tucanou. Investigar Anastasia para arquivar Aecio. A culpa é do mordomo? Furnas é AEÇALÃO ! Dar os anéis para não perder os dedos?”

  49. Ministro do STF diz que não há nada a investigar sobre Dilma

    Ministro do STF diz que não há nada a investigar sobre Dilma

    ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki entendeu que não há nada contra a presidentes Dilma Rousseff que motive uma investigação no processo sobre o escândalo de corrupção na Petrobras, informou nesta sexta-feira a assessoria do STF.

    http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/ministro-do-stf-diz-que-nao-ha-nada-a-investigar-sobre-dilma,83b84e83fe1fb410VgnCLD200000b1bf46d0RCRD.html

  50. Anasta é pra fazer média

    Muito estranho. Jogaram o pobre Anastasia para fazer uma média dizendo que também pegaram gente da oposição. Na verdade vão absolvê-lo logo logo. Tudo para não pegar o seu criador. Este sim envolvido até o pescoço.

  51. TUDO COMBINADINHO

     Fora alguns  nomes desconhecidos, a revelação em nada  surpreendeu exceto por dois pontos:

    A inclusão de última hora do ANASTASIA como BOI DE PIRANHA, já que em homenagem póstumas SERGIO GUERRA E EDUARDO COSTA, foram retirados e, a divulgação a posteriori de VACARI tesoureiro da campanha do PT e do tesoureiro do PMDB.

    De resto tudo bem combinadinho, até o horário nobre da divulgação.

    Nem adianta agora aguardar a lista do FHSBC ela está agora nas mãos da GLOBO.

    PELO VISTO TÁ TUDO DOMINADO!!!

    MANDA QUEM TEM DINHEIRO E OBEDECE QUEM QUER TER.

     

     

  52. Cinismo Pouco, é Hipocrisia Muita e Vice-Versa + Os Medrosos

    Conversa de doidos no país da hipocrisia e do cinismo, pois qualquer cidadão que conhece minimamente como financia-se a política brasileira, para todos os partidos, com as exceções de praxe dos sem condições de sonharem com o poder, e que consegue produzir raciocinio friccionando o tico ao teco, ao menos, sabe sobejamente que nessa lista, produzida por procuradores e juizes a serviço dos meios de desinformação da Big House, como as listas de Dunga, ao convocar a seleção brasileira de futebol, pode constar qualquer um, podendo-se incluir e excluir nomes, à vontade, conforme interesses, gostos e preferências do treinador ou melhor, de prepostos jurídicos que zelam, desde o berço, pelos interesses da Casa Grande, pois todos os nomes, salvo exceções, participam igualmente da farra do financiamento de campanha, uns mais particularmente outros apenas pela eleição, mas jogam o mesmo jogo em igual estádio, bebem da mesma água, abastecem no mesmo posto, enfim, “chafurdam”, para o bem e para o mal, pelo simples motivo que a conta tem que ser paga e o meio em vigor, desde sempre, é o caixa dois, abastecido pelo esquema de grandes empresas, bancos, etc., que sempre quitou e continua quitando a conta, agora com a novidade de ter-se um pato preferecial para divertir e ludibriar o distinto público, o PT, alvejado e espancado pela seletiva heterodoxia de encomenda da justiça de fancaria, colaborando ao não abrir a boca, não reagir, por pura falta de coragem desses liliputianos, deslumbrados por gabinetes, que nós infelizmente elegemos, sustentando-os nas linhas de frente do  partido, não para calados esconderem que sempre fomos dos poucos que lutam contra esse esquema, hoje obrigatório para disputar-se o poder, unica chance, e mínima, de derrota-los. Qual a dificuldade de escancarar a verdade ao povo? Ah, a mídia não divulga. E daí, se isso fosse verdade absoluta não teríamos derrotado-os por quatro vezes seguida, com a mídia monopólio fazendo campanha diária, 365 dias por ano, desde 2004, em beneficio deles.            

  53. PISCINA DE DINHEIRO ATERRADA

    Pelo depoimento do policial CARECA, que fazia entrega a domicílio do dinheiro das propinas, por sinal bastante consistente com relação ao CUNHA e ao ANASTASIA.

    Uma declaração dele propositalmente não se deu ênfase e passou desapercebida, mas não pelo Aguinaldo Silva.

    Foi o aterro de uma piscina da casa de PAULO ROBERTO COSTA para esconder o dinheiro da corrupção da lava-jato, tal e qual o da novela império onde o comendador faz o mesmo, muito bem captado pelo autor.

    Os envestigadores disseram que realmente a piscina foi aterrada, que eles revistaram tudo e nada encontraram.

    SERÁ MESMO???

    NÃO SERIA MELHOR CHAMAR O ZÉ???

    VAI QUE ELE ENCONTRA!!!

     

     

  54. O PP do rs está todo na lista….

    E agora como é que fica, se todos deputados do PP do RS, receberam propina, todos fizeram campanha pro Aecin Careras de Neves, e para a senadora ANA AMÉLIA LEMOS, a defensora da honestidade, ela vai devolver o dinheiro que comprou os votos que ela teve????????

  55. E aí, é essa a tal tão falada
    E aí, é essa a tal tão falada lista? Que investigação é essa que se baseia apenas em delações de pessoas ligadas aos tucanos? Havendo outros nomes fora da tal lista, como é o caso de Álvaro Dias, que está intimamente ligado a Youssef, a injustiça se confirma
    confirma. Acaba que a operação lava jato não passa de mais um jogo de interesses políticos. Cansamos de ser enganados! Os mentores fe tudo ficarão de fora mais uma vez?

  56. Aécio será doravante chamado

    Aécio será doravante chamado de “Aécio , o penalmente imune”.  Tá tudo dominado,  mano.  Nem o PGR mede forças com o dono da boca. Pablo Escobar deve estar rolando de inveja no túmulo,  nem mesmo ele conseguiu ser tão intocável como Aécio Neves. 

    • Prezado Fabio
      Intocavel é o

      Prezado Fabio

      Intocavel é o Maluf, com tanta gente do PP, ele ficou de fora.

      Acho que até Al Capone, era aprendiz perto deste político.

      Abração

      • Complemento.
        Alias, percebeu

        Complemento.

        Alias, percebeu que a República do Tucanistão, quase fica de fora da lista?

        Se o governo queria enquadrar a “base alienada” , creio que agora conseguiu.

        A polarização entre “coxinhas e petralhas” terá longa vida.

        Afinal, 2016 tem eleições.

        Abração

  57. Youssef é doleiro do Paraná e

    Youssef é doleiro do Paraná e somente dois deputados e a senadora do PT, representantes do estado, na lista? É isso aí, vamos limpar esse país da corrupção. E o Alvaro Dias, tomou doril?  Está sumido do noticiário há uns seis meses.

  58. Nassif, esta lista me lembrou

    Nassif, esta lista me lembrou duas musicas:

    1-dinheiro na mão é vendaval , é vendaval..(Paulinho, da Petrobras não, da Viola)

    2- e uma mais atual…você que destruiu a minha vida ..eu tô indo embora,agora, por favor não implora…porque um homem não chora (Pablo…oh sofrência)

  59. Nassif, as denuncias nao se

    Nassif, as denuncias nao se sustentam: as empresas superfaturam os contratos e recebem o dinheiro quentinho, a partir deste dinheiro são feitas doações. O dinheiro das doações é legal e por isto declarado….

    fico imaginando como deve ser bom ser político…os caras só pegam dinheiro pra financiar campanha…ninguém tem vontade de comprar um apartamento na praia, montar uma empresa pro filho, bancar uma amante e o marido dela…nada ….só pra campanha…pra reduzir corrupção pela metade é só dobrar os mandatos…sou um gênio

  60. Nassif
    Um fato curioso: com

    Nassif

    Um fato curioso: com tanta gente do PP na lista, porque será que o nome do Maluf não entrou heim?

    Nem Freud explica.

  61. “…na lista de pedidos de

    “…na lista de pedidos de Janot…Na lista de arquivamentos… Janot, entregou nesta terça-feira (03) a lista de políticos… A lista completa inclui 54 nomes… a lista de Janot inclui políticos…”

    Enfim, saiu a famosa “Lista de Janot”. Entre  mortos,  feridos e arquivados se salvaram os mortos.

    No começo do mês passado um post que, se não me engano, falava sobre a demora da saída da lista, dei um “pitaco” ineressante. Minha intruição dizia que os supremos procuradores estavam numa sinuca de bico para fazer denuncias consistentes contra os culpados de sempre,os políticos. Acertei na mosca.

    Os empreiteiros são sem dúvidas os maiores financiadores de campanhas eleitorais no Brasil. Logo é normal aparecerem ligações de representantes do povo com os edificadores da infra estrutura deste imenso patropi. Isso, no mínimo, desde a construção da bela capital. Existe até a história, difundida pelos próprios, que reza que os empreiteros financiam todo mundo para não serem embarreirados.  Estamos vendo na nova CPI da Petrobras a eficácia da estratégia. Corre a boca pequena que existe a preocupação de “blindar” os executivos das empresas, seguindo os ditames do verdadeiro presidente da CPI, Eduardo Cunha.

    A sinuca de bico da história é como comprovar que os políticos listados sabiam que estavam recebendo contribuições legais provenientes de fraudes ou simplesmente ilegais.. Sim, pelos vazamentos consta que a grandissíssima maioria dos listados receberam contribuições legais com prestação de contas aos TRE’s e TSE. Creio que os procuradores terão que ser muito competentes e honestos ou criativos*. Neste caso, criativos, terão que contar com a cumplicidade do relator. Na AP 470 a criatividade colou.

    Pelos vazamentos, uma das mais consistentes acusações é a de que o presidente do PSDB(um sobrevivente da CPI dos anões do orçamento) recebeu R$ 10 milhoes para “melar” uma das incontáveis CPI’s da Petrobras, no caso a que precedeu as eleições de 2010. A coisa pareceu bem coordenada porque logo após os senadores tucanos detonaram a CPI. Mas, como consta dos obituários, o mentor da jogada saiu desta para melhor e, ao que parece, vai ficar por isso mesmo.

    Outro falecido deixou sua bancada numa bananosa. Janene tem uma ficha corrida que compete com a do presidente da Câmara. Creio que o  falecido político é o  que realmente está envolvido na parada. É no PP que pode sair as principais condenações. Paulo Roberto era íntimo do partido.

    Creio que a grande maioria dos listados são inocentes. Louve-se a prudência do MPF, mas será que conseguirão suportar a pressão da velha mídia ou dos policiais federais e procuradores partidarizados.  Neste embróglio todo a esperança é que Teori Zavascki tenha um comportamento oposto ao de Joaquim Barbosa, ou seja, que se apresente com um juiz. de verdade.

    *Essa história de núcleo disso, núcleo daquilo está me parecendo a repetição da História como farsa.

     

     

  62. Ausência de Sérgio Guerra e Eduardo Campos

    O ex-presidente do PSDB, Sérgio Guerra, e o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, não estão na lista.

    Eles apareceram na delação premiada, segundo a mídia.

    Por que não estão na lista? Os indícios não eram fortes? Ou o motivo é o fato de estarem mortos?

    Os jornalistas ainda não fizeram essas perguntas e nem trouxeram explicação.

    • Infelizmente, Eduardo Campos

      Infelizmente, Eduardo Campos e Sérgio Guerra estão mortos.

      Mortos são inimputáveis, contra eles não cabe inquérito. Quando o sujeito morre, não pode mais ser punido, extingue-se a punibilidade.

      É por isso que eles não estão na “lista”. Por que não se trata de uma lista de pessoas envolvidas, trata-se de uma lista de inquéritos (ou melhor, de petições para instauração de inquéritos) visando a enventual punição judicial de pessoas citadas nas delações premiadas.

      Não há o que perguntar quanto a isso.

  63. Bom, então o ilustre senador

    Bom, então o ilustre senador Antonio Augusto Junho Anastasia não está mais acima de qualquer suspeita.

    Não tem preço.

    • A jogada

      Seu nome foi colocado porque tinha de ter alguém do PSDB na lista. Escolheram o mais “clean”.

      Essa é a jogada. Vai ser inocentado com atestado de idoneidade do STF.

      Aécio já deu a senha arrotando grosso em declarações na midia.

      • Não vai.
        Anastasia era o vice

        Não vai.

        Anastasia era o vice de Aécio. Conhecendo a proverbial capacidade de trabalho de Aécio, quem governava Minas Gerais?

        As sujeiras do governo Aécio são sujeiras de Anastasia.

  64. Um ponto de vista diferente

    Nesta história toda de Petrolão, propinas para lá e para cá, há uma falta de lógica que me incomoda faz tempo e nunca vi ninguém abordar. Explico:

    Suponhamos que o PT, como partido ora no Governo, realmente tivesse um plano de poder e utilizasse da Petrobrás para levantar fundos “ilegais”. Qual seria a melhor forma de fazer isto: (1) Utilizando diretores e gerentes funcionários de carreira, que nunca tiverem ligação com o partido, que iriam cobrar propina das empresas fornecedores e que seriam posteriormente lavadas por uma rede de doleiros para enfim chegar nos cofres do partido ou (2) colocar em um cargo estratégico uma pessoa de estrita confiança do partido, alguém com boa interlocução nas empresas e que chegaria a estas e diria:” podem colocar uma “gordurinha” nos contratos (tipo uns 3 % a 5%), desde que 1% do total vire doação legal para o PT nas próximas eleições. Já sabe, se a doação não cair, pode desistir de qualquer contrato na Petrobrás…” Pronto, temos ai dinheiro legal no caixa do PT, com muito menos pessoas envolvidas e sem necessidade de uma comlpexa engenharia para lavagem de dinheiro.

    Alguém consegue entender, como um partido que comanda o Governo e que tenha um projeto de poder, iria optar pela alternativa (1) ao invés da (2)? Só se for muita, mas muita estupidez! O uso da primeira alternativa só faz sentido se a propina for diretamente para os envolvidos, nunca para o caixa do partido, que é muito mais facilmente abastecida via doações legais, obtidas em troca de vantagens em licitações, financiamentos, leis, etc para as empresas doadores.

    Para mim, independente do que contenha a acusação do PGR, o envolvimento do PT não se deu nos termos levantados, por absoluta falta de lógica. Pode ter havido o uso da estratégia (2)? Sim, com o PT e todos os demais partidos e continuará a existir enquanto perdurá o financiamento de campanhas por empresas.

    • para nós, pessoas normais,

      para nós, pessoas normais, não faz sentido…mas a melhor opção é a (3)=(1)+(2), que permite superfaturar os preços não 1% nem 5% mas 30%, 50% (…e todos ganham, oba) e numa emergência corta-se o cordão umbilical e o problema fica restrito a alguns executivos da estatal, alguns executivos das fraudadoras e alguns “petequeiros” do congresso…ninguém no ministério viu nada, ninguém no conselho viu nada, o ex-presidente da estatal não viu nada, a ex-presidente não quis ver nada(foi avisada pelas autoridades holandesas e nada fez), a diretoria de engenharia não viu a variação no preço das obras( engenheiro não controla e acompanha a duração das etapas da obra e o orçamento? aprendi isso na escola de Engenharia…não precisa, é dinheiro publico…é só o Levy aumentar os impostos e tá resolvido). Duro vai ser explicar isso nas acoes nos EUA para escapar das multas… por aqui somos todos ingênuos(o francês tem uma palavra mais apropriada «naïf», que de tao ingenuo chega próximo do ignorante e/ou do imbecil)

      • Hm, não.
        O grande negócio não

        Hm, não.

        O grande negócio não é superfaturar em 30 ou 50%, que é muito difícil de esconder. É superfaturar de uma maneira que não seja visível, e repartir a grana entre o menor número possível de “sócios”. E estes já são muitos, funcionários da Petrobrás, doleiros, empreiteiros do cartel (e empreiteiros fora do cartel que eventualmente precisem de um cala-boca).

        Se se trata de uma iniciativa partidária, a lógica é a alternativa 1; a alternativa 2 aponta para uma ação entre amigos, não entre correligionários.

        Não estou dizendo que não aconteceu – mas se aconteceu, ou os envolvidos agiram de forma ilógica, ou há algum outro fator que ainda não foi explicitado.

        • Luís, 50 é pouco. Eu não quis

          Luís, 50 é pouco. Eu não quis chocar….mas o buraco nos ativos é maior… num misto de incompetência, má-gestão, corrupção, molhamão e mochilão, o preço mais que dobrou. Em Pasadena, a “ruivinha” custou mais de 200% sobre o preço Astra. Nas usinas «PREMIUM» se gastou 2.7 bilhões e só tem terra batida e desempregados. Na Argentina, Gabrielli vendeu uma refinaria por 1/3 do preço de mercado para um empresário amigo da C.K., na Bolivia assinamos uma cláusula onde acordamos pagar 700MUSD por componentes do gás que nem Brasil nem Bolivia são capazes de explorar, da fraude da energia em Puerto Rico, dos ativos vendidos para o banqueiro Esteves por 1/3 do valor

          Só não vamos esquecer uma grande sócia: a empreiteira que ganhava a obra. Ou tem alguem achando que uma empresa doa 15, 20, 30 milhões de reais (ou 200 como a Friboi) por ideologia…a ideologia do empresário é o lucro.

          como disse num outro post: como deve ser bom ser político…eles só querem dinheiro para se reeleger, mais nada…nenhum deles quer um apartamento na praia, uma empresa pro filho, um jatinho, uma fazenda ou umas coisinhas pra amante….apenas $$ para a campanha!!! proponho cortar a corrupção pela metade: vamos dobrar o tempo dos mandatos

          • É, mas aí o mecanismo é

            É, mas aí o mecanismo é outro, o termo aditivo. Na hora da licitação não dá pra jogar tão alto.

            ************************************************

            É claro que as empreiteiras são o sócio principal do esquema. A propina é uma pequena parte (provavelmente os 10% de praxe) do superfaturamento.

    • “(2) colocar em um cargo

      “(2) colocar em um cargo estratégico uma pessoa de estrita confiança do partido, alguém com boa interlocução nas empresas e que chegaria a estas e diria:” podem colocar uma “gordurinha” nos contratos (tipo uns 3″

      Assim como o Gabrielli ou a Graça Foster (que, ninguém lembra, transferiu os bens para os filhos porque sabia que a coisa ia feder…)

  65. Cobertura da Globo

    ATÉ TU, STF ??? Não deveria… mas achei “estranhíssimo” o STF divulgar a lista dos políticos que serão investigados “FALTANDO UM MINUTO PARA INÍCIO DO JORNAL NACIONAL”, como até destacou William Bonner, insinuando que foi “coincidência…” (como se o povo fosse bobo !). Mais uma vez curvaram-se (na verdade “agacharam-se”) ante a Rede Globo, instituições que deveriam estar acima e ao largo dos interesses dela. Desta vez foi a nossa Suprema Corte, aparentemente reduto de “sumidades” jurídicas (e políticas!), ajudando a esquentar a audiência da Globo. Sinto pena da Band e SBT e outras TV’s que tem jornais mais cedo e tiveram (?) que furar a programação para entrar AO VIVO …

    • É bem mais lógico supor que a

      É bem mais lógico supor que a divulgação se deu de acordo com o timing do próprio STF, ou seja, à hora em que as informações ficaram prontas para serem divulgadas.

  66. Cobertura da Globo

    ATÉ TU, STF ???

    Não deveria… mas achei “estranhíssimo” o STF divulgar a lista dos políticos que serão investigados “FALTANDO UM MINUTO PARA INÍCIO DO JORNAL NACIONAL”, como até destacou William Bonner, insinuando que foi “coincidência…” (como se o povo fosse bobo !). Mais uma vez curvaram-se (na verdade “agacharam-se”) ante a Rede Globo, instituições que deveriam estar acima e ao largo dos interesses dela. Desta vez foi a nossa Suprema Corte, aparentemente reduto de “sumidades” jurídicas (e políticas!), ajudando a esquentar a audiência da Globo. Sinto pena da Band e SBT e outras TV’s que tem jornais mais cedo e tiveram (?) que furar a programação para entrar AO VIVO …

  67. O mais engraçado de tudo é

    O mais engraçado de tudo é ter que engolir só o Anastasia como representante tucano. É como se ele, sozinho, sem qualquer conhecimento dos seu colegas patidários, principalmente do seu mentor Aero Neves, resolvesse “chafurdar na lama do petrolão”. E os outros tucanos ficam limpinhos e cheirosos como sempre. Janot, somos idiotas?