Emílio Odebrecht diz que Marisa queria esconder reforma do sítio de Lula

Jornal GGN – O vídeo de parte da delação de Emílio Odebrecht sobre o sítio de Atibaia reforça que a estratégia dos colaborares da empresa junto à Lava Jato foi atribuir a Marisa Letícia o pedido de reforma, que custou, ao todo, R$ 700 mil. Segundo o patriarca, Marisa teria solicitado que a Odebrecht assumisse as obras para que elas fossem concluídas a tempo de Lula concluir o segundo mandato.

Emílio disse aos procuradores que Marisa pediu segredo sobre as obras, porque seria uma “surpresa” para Lula. A conversa teria se dado entre a ex-primeira-dama, vítima fatal de um AVC no final de janeiro, e Alexandrino Alencar.

O patriarca da Odebrecht também disse que não tinha muitas informações sobre o sítio e que só comentou o caso uma única vez, no penúltimo dia de mandato de Lula. Emílio disse que informou ao petista que a obra seria concluída nos primeiros dias de 2010 e, como Lula não esboçou nenhuma reação, o delator concluiu que ele sabia do que se tratava.

Os procuradores da Lava Jato ainda perguntaram a Emílio se ele achava que o sítio era de Lula, ao que o patriarca respondeu que se era oficialmente ou não do ex-presidente, ele não sabia dizer. Apenas que imóvel era tratado como de uso de Lula.

Não houve perguntas sobre eventual contrapartida pela reforma ou reembolso à Odebrecht. A força-tarefa da Lava Jato acredita que a obra foi vantagem indevida ou pagamento velado de propina a Lula.

https://www.youtube.com/watch?v=FzpOdXWBEOY&t=110s

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

33 comentários

  1. Decepção

    O que me decepciona nisso tudo, e que já está suficentemente provado, é a RELAÇÃO do Lula com a empresa, mesmo antes de ser presidente enquanto ainda nos diziam que as empreiteiras era o mal deste país.

    Infelizmente a esquerda ficou tão dependente demais do Lula, que acabou se resumindo a ele. E agora?

  2. É uma sinuca da PF e do Moro.

    Se não prender o Lula, eles se desmoralizam.

    Não que tenham toda a moral possível. Até os fótons sabem disso.

    O problema é a estória, a versão, a ermenêutica (assim mesmo, caro leitor) e a versão jurídica dos fraseados de Odorico Paraguaçu.

     

  3. ENGRAÇADO , PRIMEIRO ELE FALA

    ENGRAÇADO , PRIMEIRO ELE FALA QUE ERA SEGREDO , DEPOIS ELE INFORMOU O LULA E LULA NÃO ESBOÇOU REAÇÃO ,MAIS QUE PORRA DE SURPRESA  ERA ESSA ? E COMO UMA EMPREITEIRA DO PORTE DA ODEBRECHT ACERTA UM SERVIÇO  NO VALOR ESTIMADO DE 700 MIL E NÃO FAZ NENHUM CONTRATO , OU PELO MENOS UM RASCUNHO DE CONTRATO PRA SABER DE QUANTO VAI TER DE DESPESA PARA QUE POSSA COBRAR A PESSOA QUE PEDIU O SERVIÇO MESMO QUE FOSSE  PAGO EM PROPINA  , E AS NOTAS DOS MATERIAIS DA ONDE VEIO OS TIJOLOS , TINTA  , MADEIRA , ETC ,ETC , ESSES CANALHAS SÓ ACUSAM DE BOCA , É FALAÇÃO  E MAIS FALAÇÃO , PROVAS QUE É PRECISO NENHUMA .

  4. Que manchete mais… mais

    Que manchete mais… mais revista “Veja”.

    Ok, o texto esclarece que, segundo Emílio, Lula não sabia da reforma mas… Marisa escondendo, e o pior, sítio de Lula. Marisa queria que ninguém soubesse que o sítio que pertence a Lula estava sendo reformado?

    Que tal “Emílio Odebrech queria esconder, de Lula, reforma no sítio”? Ou ainda “Emílio Odebrecht diz que Marisa queria agradar Lula com surpresa”? Não sou mancheteiro e meu texto é sofrível mas tenho certeza de que há formas menos “vejísticas” de dizer as coisas…

     

    • ..e digo mais

      Gastar 700 mil em uma obra sem padrao arquitetonico ainda hoje soa absurdo,seria como Joao Doria construir sua mansao na cracolandia  

        • A ozinha foi um pouco mais de

          A ozinha foi um pouco mais de 200 mil, de acordo com…  com alguem do Brasil.  So alguem do Brasil faria uma burrada dessas mesmo!

          Como eu disse aa epoca, eu ja vi cozinha de 100 mil dolares e…  ado sitio nao parece em nada com mais de 25 mil dolares.  Mesmo assim, so por causa do marmore.

    • Manchete contradiz o texto

      Concordo com você, Renato.

      Quando se apresentam muitas versões contraditórias sobre um mesmo fato é sinal de que muitos estão mentindo.  E não há desculpa para se manchetar uma falsidade.  É notório que o sítio nunca pertenceu a Lula.  E ninguém poderá escutar o “outro lado”, por motivos óbvios.

      Manchete infeliz.

  5. os caras não perguntaram por que fizeram a reforma

    Não pediram nem o por que?  como esses idiotas nao perguntam nem o por que fizeram a reforma? nao perguntaram se era uma contrapartida do que? nada??  eles não queriam ouvir… preferiram tirar conclusões… bando de cabaço… MPF não tem adultos pra conduzir o depoimento nao?  falta de maturidade.. de competência, diria…

    é melhor tirar conclusões do que perguntar pra depois tirar as conclusões?

  6. O CARA É RÉU CONFESSO, A TRINTA ANOS CORROMPE E ESTÁ SOLTO?

    A nossa justiça brinca conosco, um cidadão desse logo após a entrevista deveria ter sido preso, eu até diria numa observação pessoal que seria o EFEITO ANGELA CALMON, tipo assim: Você não delatão nenhum de nós da justiça e nem nossos parceiros da mídia e ficam soltos, só pode ser isso, não tem outra explicação. E nessas delações tem muitas inverdades também, parece que agora é uma vingança, é vingança total. E tem outra, antes da delação do corruptor junior o tal Marcelinho, esse velho corruptor foi conversar com a GLOBO, e agora ele diz isso que a mídia sabia de tudo, cadê a PF que qualquer coisa que sai na mídia do PT é motivo de investigação e operação cinematográfica, cadê? Queria ver se a PF teria coragem de fazer uma operação lá nos Marinhos e podiam até colocar o nome da operação de OPERAÇÂO DONOS DO MUNDO. Não ficaria nada que aproveitassem.

  7.       Segundo Emilio e

          Segundo Emilio e Alexandrino, Da. Marisa queria fazer uma SURPRESA para Lula.

          No depoimento de Alexandrino ele diz que ficou sabendo, quando providenciava para começar a reforma, que o sítio era de alguém chamado Bitar e era usado pelo ex-presidente apenas para fins de semana, descanso, algo dessa natureza.

          Diz tambem Alexandrino que foram emitidas notas fiscais das despesas e entregues ao Advogado Ricardo Teixeira.

          Emilio diz que foi ao palácio para tratar de outra coisa, já nos últimos dias do governo Lula e, ao final do encontro falou para ele: “aquele negócio la, vai ficar pronto” e Lula não esboçou reação; Emilio diz ter deduzido que Lula sabia do que ele estava falando. 

          Pelos dois depoimentos, pode-se também deduzir que:

    1  –  Da. Marisa queria fazer uma surpresa para Lula com a reforma;

    2  –  Existem notas fiscais das despesas, o que pode indicar que a reforma foi paga;

    3  –  O sítio não é de Lula

    4  –  Que Lula ficou meio “apático” quando ouviu sobre a tal reforma – parece que não fazia idéia sobre o que Emilio falava.

          Pode ser que eu esteja enganada, mas, com certeza, não há nada naqueles vídeos que pudesse gestar a manchete estampada em alguns jornais ontem:

          “Emilio Odebrecht diz que se encontrou com Lula no Palácio para tratar da reforma do Sítio de Atibaia”.

           Triste.

            

         

          

          

     

           

           

  8. Que coisa! Acusar uma

    Que coisa! Acusar uma falecida!! E aí como fica? Acareação entre o Odebretch e a dona Marisa numa sessão espírita? A que ponto se chegou. A coação dos inquisidores para que soltem o filho fêz o patriarca dar uma dessas. É tudo muito feio.

    Agora uma pergunta, como pode se fazer uma reforma num sítio em segredo? Lula e dona Marisa não frequentavam rotineiramente? 

    Que os donos da Odebretch quisessem agradar o Lula, pode ser. Mas que essa história está mal contada isso está

    • A que ponto chega a cegueira

      A que ponto chega a cegueira ideológica na tentativa de defender o indefensável, o depoimento de Emílio Odebrech é anterior a morte de Marisa Letícia. Ou vc quer anular o processo inteiro porque morreu um dos réus?

      À época da reforma do sítio Lula ainda morava em Brasília, ainda era presidente, estava em final de mandato, portanto não fazia visitas rotineiras. E ademais uma reforma dessas se faz em 1, 2 meses no máximo.

      A casa caiu rapaz, já está mais que na hora de uma parte do petismo aceitar a realidade. Metade dos filiados já fizeram isso.

  9. Mais uma vez Moro, MP e Mídia

    Mais uma vez Moro, MP e Mídia armam o circo para o depoimento do Lula.

    O que querem com isso?

    Anestesiar o povo para prenderem Lula?

  10. Muito triste…

    O que não faz um pai tendo seu filho há quase dois anos num presídio?  Imagino como deve estar o coração do Sr. Emiílio tendo que contar estórias mirabolantes e contraditórias  a respeito de Lula e, principalmente sobre Dona Marisa Letícia. Muitos ainda morrerão ( assim como a querida Dona Marisa), em decorrência da condução esquisofrênica, seletiva e parcial daquilo que se convencionou chamar de Operação Lava Jato!  Para muitos, a percepcão de que o nome correto seria:  Destruição a Jato, já está sendo cristalizada em suas mentes!  Acorda Brasil !!! 

  11. Não tem nada de errado!

    Dona Marisa, como pessoa simples, pensou como minha mãe, uma senhora igualmente simples pensaria,,,, Olha, eles lá da Odebrecht tem muito e não custa nada a eles fazer essa obra,  já que são tão amigos nossos… e pediu! Simples!

  12. Culpar o morto, pois quem

    Culpar o morto, pois quem esta vivo pode se defender! Anacreditável que um Sr. de idade já avançada seja capaz de agir dessa forma! Só com muita ingenuidade para acrediatr que Lula não tivesse amizade com empresarios, pois não são eles os senhores de engenhos, os donos do Brasil, não são  eles( empresarios industriais, banqueiros, latifundiarios) os donos do Brasil?

  13. Vejam só:
    No caso de Lula, as

    Vejam só:

    No caso de Lula, as delações parecem servir de prova pra tudo. Basta um delator citar o nome dele que automaticamente a coisa se configura em verdade.

    O delator não tem compromisso com nada. Ele quer se poupar e sabe que se envolver a pessoa certa, ou seja, dizer o que os procuradores estão querendo ouvir, então isso basta. Então temos aí um duplo reforço para que as delações sejam sempre no sentido de incriminar o PT: os procuradores querem ouvir o nome de Lula na delação. O delator, por sua vez, quer ter sua pena amenizada e abrandar sua pena.

    Só que neste caso o delator tem que inventar e fantasiar alguma coisa pra que chegue naqulo que o MPF procura, ou seja, tudo aquilo que possa incrimimar Lula.

    Em relação ao caso de Lula na Lava Jato, é dessa maneira que são feitas as delações: de maneira a se extrair o máximo de datalhes, ainda que se tenham esgotado todas as tentativas, de se obter algo frutífero em relação à sua condenação. Os caras já espremeram tanto essa laranja que hoje não há mais suco que possa ser extraído dali.

    Porque, ora bolas, se o sítio era dele, porque então não está em nome de um laranja, ou algum parente fantasma, ou algo do gênero? Simples: porque Lula poderia usar o quanto quisesse o sítio, mas sem tê-lo em seu nome. Bumlai poderia até pagar pela reforma do sítio para que Lula frequentasse, mas em nenhum momento o imóvel ficou alienado do dono. Ou seja, o sítio não era do Lula.

    Se ele frequentava, se ele passava finais de semana, se ele o utilizava como casa de veraneio, isso pouco importa para que se estabeleça a conclusão de obtenção de vantagem ilícita.

    Mas, que se dane. Basta que o MPF exerça a hermenêutica para que as provas sejam dispensáveis.

  14. O MPF e o torce-retorce da lei para condenar Lula

    Vamos supor o seguinte: eu tenho um amigo que possui uma casa de praia.

    Esse cara é mutio camarada meu e ele, não utilizando o imóvel, me oferece a casa de praia para que eu possa passar alguns finais de semana e feriados.

    Ele, neste ínterim, pretende reformar o imóvel pos quaisquer razões pessoais que ele tivesse.

    Pergunta: a casa de praia pode ser considerada minha? Eu posso ser responsabilizado pela reforma?

    Seria uma nova forma vanguardista de usucapião, em que basta eu frequentar o imóvel em algumas ocasiões que ele passa a ser considerado meu por fato e direito?

    Ainda que venha algum néscio contrapor dizendo que o caso de Lula é diferente do exemplo dado, o simples fato de alguém frequentar, ainda que por um tempo contínuo, ou que mais ninguém o faça além da pessoa envolvida, isso não configura em nenhum momento obtenção de vantagem ilícita.

    É o caso como eu havia afirmado anteriormente: se esse tipo de relação pode ser questionável do ponto de vista moral, ele não pode ser configurado indício de crime. E o MPF não pode fazer ilações sobre o que é ou não crime, sobre o que pode ou não pode ser ilegal, além do que está na lei. E não pode transformar um tipo de narrativa, eivada de suspeição por ser partidária e pré-condenatória, em lastro para a condenação de Lula.

    Se houve crime, o MPF que aponte onde houve se baseando na letra da lei. Se houve obtenção de vantagem ilícita, da maneira como está explicitada na lei, então que se faça justiça.

    Agora, se para os procuradores basta torcer e retorcer, interpretar as delações e os supostos indícios de crime como convém, isso não passa de sanha psicótica condenatória.

    O fato da presença constante de Lula no sítio não caracteriza propriedade. E nem mesmo ocultação de patrimônio, pois o dono é conhecido.

  15. O CORRUPTOR MÁSTER MANDOU UM RECADO PARA A MÍDIA.

    Alanisando friamente as palavras do corruptor master, o que na verdade ele fez foi mandar um recado para a mídia, já tem colonista de cabelo em pé.

  16. A DELAÇÃO COMBINADA

    Segundo Emilio e Alexandrino, Dona. Marisa queria fazer uma SURPRESA para Lula. No depoimento de Alexandrino ele diz que ficou sabendo, quando IRIA SER PROVIDENCIADO para começar a reforma e que o sítio era de alguém chamado BITAR e que era usado pelo ex-presidente apenas para fins de semana para descansar. Diz também que Alexandrino enviou  as notas fiscais das despesas para o Advogado Ricardo Teixeira. Na delação, Emilio diz, que foi ao palácio para tratar de outra coisa já nos últimos dias do governo Lula, ao final do encontro, falou para ele: “chefe, aquele negócio lá, vai ficar pronto” e Lula não esboçou reação”; Emilio então, deduziu que Lula sabia do que ele estava falando.

    O VELHO É UM IMBECIL, SE ERA SURPRESA DE DONA MARISA PARA LULA COMO ELE IRIA SABER?  TÁ QUERENDO ENGANAR QUAL OTÁRIO? LULA PODERIA NÃO SABER MESMO, SÓ UM IDIOTA PARA CAIR NO PENSAMENTO DO VELHINHO,ALIAS ESSE IDIOTA PODE SER O MORO ,PORQUE ÉCONVENIENTE PRA ELE , POIS É ELE QUER PRENDER O LULA. 

  17. INCRIMINOU MARISA mas NÃO INCRIMINOU O FALECIDO DO PSDB

    o MAIS interressante nisso tudo é que ouvi o depoimento sobre FHC, e esse Emílio disse que por respeito ao falecido que recebeu o dinheiro para FHC, não iria dizer o nome.

    Nessa hora a gente vê a diferença do tratamento, NÃO RESPEITOU D.MARISA, falecida então?

    Se ele a citou como a pedinte da reforma no sítio, ele só respeita MACHO então?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome