Fachin tinha as menores chances de ser sorteado para a Lava Jato

“Excepcionalmente Cármen Lúcia acompanhou o sorteio”, disse o STF. Levantamento do GGN mostra os acervos de gabinetes dos ministros: Edson Fachin somava mais processos
 
 
Jornal GGN – O processo de sorteio de relatorias do Supremo Tribunal Federal (STF) é frágil, sem fiscalização, feito no sistema de informática interno da Corte por um servidor e obedece a um algoritmo, calculado para admitir uma compensação, a fim de diminuir as chances de ministros com mais processos dentre os candidatos.
 
Entretanto, o GGN apurou que o ministro Edson Fachin, o sorteado para os processos da Operação Lava Jato, já era o número 1 do ranking de acervo processual do grupo, até o dia 31 de dezembro de 2016. Até o último ano, o ministro acumulava um total de 3.928 processos em seu gabinete, ultrapassando todos os demais ministros da Segunda Turma do STF.
 
O GGN consultou o Tribunal, que explicou como funciona as remessas de relatoria. Um programa no sistema de informática faz o sorteio com base no algoritmo, um cálculo criado especialmente para as distribuições de matérias entre os ministros do Supremo.
 
A primeira medida tomada é definir o que eles chamam de régua dos números 1 ao 100. Nessa linha de proporção, contabiliza-se o número de ministros que irão “concorrer” no sorteio. No caso da relatoria da Operação Lava Jato, eram cinco ministros da Segunda Turma.
 
A partir daí, cada um dos cinco juízes recebe 20 números dessa régua de 1 a 100. Isso significa que um ministro participante tinha um total de 20% de chances de obter a relatoria da Lava Jato. Entretanto, uma pequena compensação é feita nessas porcentagens.
 
“O sistema é aleatório, mas é programado para fazer pequenas compensações. Vamos dizer que o juiz B recebeu nos últimos sorteios um numero maior de inquéritos do que os outros ministros. Esse juiz fica, então, com -0,5% de probabilidades, e o ministro que recebeu menos [distribuições de processos] fica com mais 0,5%, variando de acordo com as classes processuais”, explicou a assessoria de imprensa.
 
Por essa compensação, no caso específico da relatoria da Lava Jato, e de acordo com a apuração nos acervos dos gabinetes feita pelo GGN, o ministro Edson Fachin não teria 20% de chances, mas 19,5%. Da mesma forma, esse 0,5% de probabilidades retirada de Fachin é somada a outro ministro, o que obteve menos processos.
 
Consultando os acervos dos demais integrantes da Segunda Turma, constata-se o seguinte acumulo de processos, até 31 de dezembro de 2016, por ordem ascendente: Ricardo Lewandowski (3.132 processos), Marco Aurélio Mello (3.310), Gilmar Mendes (3.524), Dias Toffoli (3.563) e, por último, Edson Fachin (3.928).
 
Entretanto, ainda que em recesso parlamentar, houve uma pequena modificação desde 31 de dezembro do último ano até a data de hoje, 3 de fevereiro de 2017, quando o GGN acessou os arquivos de Transparência da Corte.
 
Edson Fachin é o ministro que permaneceu com mais processos, obviamente com os autos agora acumulados da Operação Lava Jato: tem um total de 4.286 em seu gabinete. Ricardo Lewandowski também é o que possui o menor acervo atualizado: 3.579.
 
Os demais ministros tiveram alterações, modificando a ordem mantida em dezembro do último ano: Marco Aurélio Mello tem agora 3.579, em seguida, Dias Toffoli 3.784, e somente então Gilmar Mendes, com 3.800 processos.
 
Com esses dados, a conclusão é que, independentemente se o sistema usou como base o acervo processual do ano passado, quando ocorreu a última distribuição de processos, ou deste mesmo ano, o ministro que perde 0,5% de chances é Fachin e o que ganha é Ricardo Lewandowski, este totalizando 20,5% na distribuição aleatória.
 
De acordo com o STF, essa variação é, ainda assim, “muito tímida, mínima”, mas produzida “para se chegar a um balanço no sistema”, uma vez que como o sorteio é aleatório, “eventualmente pode acontecer um descompasso”, ou seja, um acúmulo de processos para um único juiz.
 
O GGN questionou o Supremo se há algum tipo de fiscalização na hora em que o algoritmo é usado. “Na verdade, o sorteio é feito por servidores do STF”, limitou-se a responder assessoria. Insistindo na dúvida se é previsto algum tipo de testemunha para verificar o sorteio pelo sistema, a Corte respondeu que normalmente apenas a Secretaria de Judiciária acompanha o processo, mas que “excepcionalmente ontem a presidente [Cármen Lúcia] acompanhou”.
 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

39 comentários

  1. O STF é podre, cheira tão mal

    quanto todos os partidos de direita liderado pelo PMDB e PSDB, quanto as nossas covardes forças armadas, alguém avisa ao Panamá, Costa Rica, Nicaraguá que podem invadir e ocupar o Brasil não temos forças armadas para nos defender, eles só deram o golpe em 64 porque a IV frota americana estava atracada no nosso litoral. Depois do golpe dos milicos ao ver os pamonhas que nós todos somos, nem sei porque esse meliantes e assassinos ( mataram Teori sim e tem a cumplicidade dos médicos que mataram D. Marisa )esperaram tanto e não fizeram isso em 2006, acho que nem eles acreditavam o quanto somos pamonhas.

    Eu gostaria de ter idade e dinheiro suficiente para começar minha vida em qualquer outros país como estrangeira de tanta vergonha e raiva.

    • Minha cara Ana, se você

      Minha cara Ana, se você prestar uma atenção mais incisiva ao redor no planeta verá que o merderê é geral, mesmo os atuais ‘proprietários’ do negócio estão meio perdidões. Cuide das crianças e procure ser feliz, é difícil eu sei, tente. Um abraço!

    • Ana, a gente, tem que ficar

      Ana, a gente, tem que ficar aqui e lutar; esse é nosso país. Lutamos por quase 40 anos e, agora vamos deixar que essa escória afunde nosso país e nosso povo? A raiva e a vergonha vão servir de combustível pra gente recomeçar, vc vai ver. Respira fundo, conta até dez e pensa no Zé Dirceu que tá  sequestrado pela bandidagem, vendo o país que ele construiu descer pelo ralo, sem poder, sequer, dizer o que sente ou pensa.

      Mataram teori, mataram, Marisa, sequestraram o JD, mataram o Gushkein, torturaram e torturam mais um monte e, a gente tem é que continuar denunciando MPF STF por tantos assassinatos, torturas, etc… ninguém quer ser cúmplice de assassinato e tortura e, até o mais néscio dos midiotas já está sacando que fez papel de idiota pro Midiciário. Vamos insistir, por favor. Pela Marisa e pela Salete

  2. Segredo de polichinelo: Cármen Lúcia escolheu Fachin

    Parabéns a Patrícia Faerman e à equipe do GGN. Com esta reportagem – embora isto não possa ser dito de forma direta – ficou demonstrado que esse algoritmo e essa escolha escolha aleatória de qual ministro do STF ficará com uma relatoria de um processo ou conjunto de processos é pura balela, conversa para boi dormir. Isso játinha ficado claro nas manobras feitas em 2014, quando caiu para Gilmar Mendes julgar as contas da campanha da chapa que elegeu a Presidenta Dilma Rousseff e própria nomeação dele como presidente do TSE.

    O STF é um tribunal político na pior acepção do termo, já que seus integrantes não são escolhidos pelo voto popular – o que aliás deveria ser estabelecido numa nova Constituição. Como o PJ é oligárquico e plutocráico, ele SEMPRE defendeu os interesses das classes dominantes e oprimiu as classes trabalhadoras e dominadas. Somente o republicanismo ingênuo e suicida dos governos petistas não percebeu isso. Tivessem Lua e Dilma garimpado pelo Brasil a fora pessoas como Eugênio Aragão e as nomeado para as cadeiras do STF, o golpe de Estado – pelo menos com essa falsa tinta de legalidade e institucionalidade – não teria se consumado.

  3. Resumindo o ‘sorteio’
    i.. Fachin diz que está ‘à disposição’ para ser transferido de turma no STF (G1, 31/1/2017)ii. Cármen Lúcia oficializa transferência de Fachin para Segunda Turma do STF (Estado, 2/2/2017)iii. Fachin é o preferido do Ministério Público para relatoria da Lava-Jato (O Globo, 2/2/2017)iv. Fachin é o novo relator da Lava Jato (2/2/2017)

  4. exclusivo  ..divulgado áudio

    exclusivo  ..divulgado áudio do sorteio..

    google – Gilmar

    C.Lucia – não

    google – Toffoli

    C.Lucia – tira outro

    google – Levandovsky

    C.Lucia – tenta de novo

    google – Celso de Mello

    C.Lucia – pula

    google – Fachin

    C.Lucia – é esse

     

  5. Os cassinos vão se liberados

    Os cassinos vão se liberados n’ “Essa Porra”. Já conseguiram até com o stf a tecnologia a ser usada nas roletas. Serão as mesmas utilizadas naquela repartição pública, sem tirar nem por.

  6. Jogos de azar

    Os jogos de azar não são proibidos no Brasil? Pois é, esses sorteios no STF são jogos de azar…toda vez que que o STF faz algum sorteio, o azar é todo nosso!

    • E os processos contra o PT

      E os processos contra o PT dão sempre o azar de cair nas mãos do gilmar.

      Estou curioso para saber qual será a reação?desculpa que ele dará para o caso da nomeação do gato angorá para o ministério.

      Este pessoal faz o que faz porque tem plena certeza que o povo brasileiro não passa de um bando de bunda moles e covardes.

      Já passa da hora de provarmos o contrário.

       

  7. Aritmética, nota 10,0 – Matemática : nota Zero

      Tanto a suposta tentativa de explicação por parte do GGN, em uma abordagem aritmética de primário, na qual resulta uma paupérrima conclusão, afinal contar quantos processos cada juiz recebeu,  ficar somando ou subtraindo, dentro dos limites da tal “regua”, nem precisaria de uma calculadora básica, muito menos de algoritmo.

       Quanto a resposta da assessoria de imprensa do STF, ela tambem não ajuda muito, mas pelo menos coloca outras variaveis na equação, quando comenta sobre as “classes processuais”, a qual cada processo entrante foi classificado, portanto pode-se concluir que independente do numero fisico de processos/juiz  distribuidos, cada um deles terá um “peso” por classe, o que pode com certeza modificar o simples calculo aritmético de processos/juiz.

    • Comentário nota zero

      Pois para mim foi bastante útil saber que o Fachin é o que tem o maior número total de processos, visto que com a variável de classe de processos ou sem variável,  essa é uma informação relevante, e que enfraquece em muito o argumento do STF feito no sentido de que a chance de um ministro mais novo ser sorteado é maior, porque tem por finalidade EQUILIBRAR, através do algoritmo da distribuição criado com esse alegado viés, o número de processos distribuidos com os demais ministros mais antigos… 

    • Isto é tese, na realidade : não existe

           Mesmo que for publicado todas as equações/matrizes originais, que por definição matemática, irão dar um “numero” ( um resultado destas expressões ), que não será um “numero” ( unidade de 0 no intervalo até 10,0 ), mas uma equação ( polinomio ), que irá comandar o futuro resultado, auditar este processo seria inutil, pois prova-lo como eficiente em até 98% de acuracia, é tarefa facil.

           Será que alguem é tão ingenuo para crer, que não ocorreram “testes” antes, visando monitorar um futuro sorteio ?

           Sistemas destinados a resultados baseados em “aleatoriedade”, centrados em algoritmos ( expressões matemáticas, e em certos caso não numéricas, mas logaritimicas : são “numeros” do mesmo jeito ), se vc. conhecer o funcionamento do algoritimo de definição, para alterar um resultado, não precisa de muito esforço, basta conhecer os inputs do sistema, o “caminho critico ” de definição, ou seja, onde a aplicação do “algoritimo” gerará o caminho mais definitivo para a resposta.

             Foi facil, e mesmo se auditado, o resultado seria o mesmo, pois claramente foi testado antes, aliás antes mesmo que Facchin solicita-se sua transferencia de turma, e o dado exposto nada significa – o numero fisico de processos – o que importa é o “peso” deles no sistema, e o “start”/’input” Lava Jato, são varios processos, era só jogar nesta entrada um de “peso” baixo, e o resultado já seria conhecido.

              Por que a Meretissima Excelsa Excelentissima Magistrada Maria Lucia estava lá ?

              Para selecionar o “processo cabeça”, que passando pelo sistema, confrontado em todas suas variaveis, gera-se o previamente escolhido.

             

      • Você faz crer …

        Você faz crer que um ataque deste tipo seria simples , é possível mas não simples.

         

        O fato da presidente estar na sala ou em Pindamonhagaba não guarda relação com a facilidade do possível ataque.

         

        Só dá para discutir o assunto se o algoritmo for divulgado e a implementação auditada.

  8. Cada juiz …

    Cada juiz recebe 40 bolinhas de 200 , cinco cores diferentes , o juiz com menos processos recebe uma bolinha do juiz com mais processos , troca-se a cor.

     

    E isto só que feito em uma máquina , a questão é funcipna assim mesmo como definido ?

    • Aaaaahhh então tá…. O

      Aaaaahhh então tá…. O sorteio foi na presença da Ministra CL; nada a ser contestado, portanto….  Assim ó:justamente, o novo relator ” sorteado” na presença da presidenta do STF  é que indica que a Lava Jato vai seguir mutretada e trambicada.

      esse papo de ” presença de presidente no ” sorteio” já é mais fake que o próprio sorteio. Qdo se deram conta que nem debiloide acreditava nesse ” sorteio” que eles chamam de distribuição eletrônica, resolveram dar uma envernizada na picaretagem e, a emenda ficou pior que o soneto. Esses caras não tiveram infância, não é possível; são tão primários…. os truquinhos deles não servem nem pra jogar mico preto com crianças de 6 anos. Muito deprimente ver gente velha que teve acesso a melhor educação, dando trambiquinhos toscos nível molecada vendendo gibi velho na rua crente que tá convencendo os adultos que é um puta negócio. Nossa elite nasceu velha e corrupta. Não aprenderam a ganhar $$$ mas não sabem viver sem ele. O resultado taí. um bando de velhos vendendo a figurinha do Rivelino como artilheiro da seleção atual e rindo, pensando ter passado a perna em quem comprou por piedade. Deram tanto trambique pra chegar nesse nível de imbecilidade? Pensei que uma boa educação poderia fazer um colarinho branco diferenciar-se, pelo menos, no estilo, de um traficante qq. Nada disso…. Não conseguem, disfarçar, mesmo com todo o aparato favorecendo… Tem que deixar claro que são incompetentes pra qq trabalho sério. Eu tenho vergonha alheia desse sorteio do Fachin, da mudança de turma e, agora, dessa presença da min. CL. Vão arrumar um trabalho!

  9. Se são 100 números divididos

    Se são 100 números divididos por 5, com 20 números para cada ministro. Tira um do com mais processos para o com menos, um fica com 21% o outro com 19%, e não tem nem como dar 0,5%, afinal a aleatoriedade deveria estar exatamente em se ter 100 números e tirar um numero que tem mesma probabilidade dos outros. Parece que acertos para burlar o processo de isonomia foi e ainda são normais no STF.

    • Não ,

      Não , em geral se trabalha nestes casos com um número real com diversas casas decimais , a veriável aletória fica entre 0 e 1 , valores como

       

      0,65432445678900033321236

      0,48765234132459231553201

      Assim um ministro fica com o intervalo 0 a 0,2 , outro com 0,2000000….1 a 0,4 etc.

       

  10. Segredo de Polichinelo

    Quem estava acompanhando o que se divulgava progressivamente sobre a relatoria da Farsa a Jato, indicando a transferência de turma de Fachin, a preferência do MPF, a “aprovação” do juizinho da Farsa, a “dica” (ordem) da globo, já demonstravam quem iria ser “sorteado”. Nem um oligóide pode acreditar num “sorteio” desses, mais comprometido ainda com a presença da presidenta do supreminho que queria garantir que sua ordem (recebida da globo) seria cumprida.

  11. Ha algo de dinamarquotico nesse sorteio desal(goritmiz)ado

    Conversão alcoolica )dedicada a Rui Daher(

    Pense numa fera. É minha Companheira quando eu chego em casaatrasado, culpando a mobilidade ubrana, porre. Mas eu sou grato a ela por isso, pois se não fosse ela minha vida seria bem diferente, pois ela seria sem álcool, pois poderia estar de cujus. Mas eu quero ser indiferente. Então hontem cheguei atrasado, naquele estado. Inspirado em Dona Marisa, antes de chegar em casa, naquela aflição, peço a Deus que abençoe essa enbriaguez; Não deu outra, Velho. Os Vizinhos estavan na porta e eu fiz aquela média. Ela olhou e sorriu raivosamente. Desindomidou, achei. Cheguei, umas escaramuças normais, prá não perder o costume e aquelas velhas desculpas esfarrapadas, como se ela fosse criança. Mas nem a Bárbara cai mais nessas não assunções. Veio um veio matemático e proponhos problemas prá galera aí fico curtindo a lombra;

    Mas sim, sobre o que que nós tava falando mesmo, Xará? Ah, esquece, se esqueceu é porque não tinha importancia. Lembrei. Em vez de Baco, Minha Mulher quer quer eu me dedique a Deus, mas na igreja, também. Duas horas de pregação parecem uma eternidade, Velho, acredita. Deus, me perdoa, Velho, mas tu sabe que é verdade> Por falar nisso, meu Velho, obrigado por ontem; E por anteonte, e por hoje e mais só por amanhã. Tu és misericor4dioso, Deus. Sou teu fã. Não, mas nãoé que precisa ir prá igreja, necessatiamente, né, Cara?

    Então outro dia ela me chama. Compareço prontamente. Ela diz que quer me fazer uma proposta, mas não sabe se deve fazer uma proposta tão bizarra quanto  a que ela não quer fazer. Eu a convenço a propor. Ela o faz nos seguintes termos: Eu deixo tu beber um sábado sim, se no sábado seguinte tu fores ao culto comigo. De imediato, eu penso seriamente em abandonar o alcoolismo, como abandono todo dia, o problema é que ele não me abandona. Ah, se fosse por vontade, eu só bebia uma última vez, e seria agora. Mas que nada. Baco precisa de louvores e ações que o glorie. Strange Blues. Rip Jack! Sweet Wine. But not for mine, cause I’m born under a bad sign. Ontem não tive essa idéia, mas se hoje eu chegasse atrasado, eu diria que eu teria me convertido. Mas agora é tarde. Eu vivo no regime semi-aberto diferenciado.

    Valeu, Cara. Vc, sim, é Supremo

  12. Pq não fizeram isso publicamente, ou não gostam mais de olhofort

    Bastava botar os nomes desses Supremos Bailarinos, com as raras e honrosas exceções, e que o cap de aço encaixe a cabeça encaixável, num recipeiente qualquer e pedir a alguém que tirasse um nome. Navalha de Ocam no bailarinaço supremo. Aí, sim, era transparência. Seria um ato republicano, mas não bananeira. A podridão tomou conta da vida pública e talvez em até pior grau na privada. É merda pura. Esse governo não está parado, ele está de ré, em direção à idade da pedra fudida. Isso não é mais um país, é um bananal. Pense em tudo o que tá acontecendo. Um médico, que jurou hipocritamente defender a vida acima de tudo, suger um procedimento para matar um paciente. Acho que nem no Paleolítico se agia assim. Quanto ódio a escorrer pela boca do Veterinário. Nenhum animal merece um monstro desse. Ele não trata, ele destrata.

    Mas uma Amiga que frequenta aqui trouxe uma mensagem bem bonita: ela está vendo um mundo melhor no futuro, e vendo isso por cima do muro, de hipocrisia que finge em nos rodear. Segundo ela, seu pai lhe dizia que quando algum problema aflora caucalosamente, é porque sua solução está próxima. As pessoas passam a vê-los e vão encontrar a solução. Não teria solução se esse ódio não babasse pelos cantos da boca, pois não se soluciona um problema cuja existência se ignora.,

  13. esquizofrenia à “blogueoros sujos”

    Nassif, afinal vc é à favor ou contra a Lava jato?? faça um editorial sobre..caso contrario fará de seus leitores esquisofrenicos.

    Pois segundo seus posts, num dia LavaJato é  Flamengo, noutro é Fluminense.

  14. Fachini já vacilou antes

     Ele deu uma enorme vacilada na sua primeira grande ação.

    Ja foi cogitado que a mudança foi tão grande e tosca que ele pode ter sido chantageado.

    Se foi assim, o DONO dele o emprestou para a LavaJato…

  15. Fachini já vacilou antes

     Ele deu uma enorme vacilada na sua primeira grande ação.

    Ja foi cogitado que a mudança foi tão grande e tosca que ele pode ter sido chantageado.

    Se foi assim, o DONO dele o emprestou para a LavaJato…

  16. Aleatório com “correções de 0,5%”? Sei…

    Acabei de ler sobre o programa “aleatório” para sortear o ministro que responderá por um determinado processo. É uma vergonha fazer isso por computador. Pode-se fazer um programa de computador para fazer qualque coisa.  Aquilo que aparece na tela não precisa ter correspondência com o que acontece nas entranhas digitais da máquina.

    Na época do sistema operacional MS-DOS, um determinado programa começou a travar quando o banco de dados atingiu milhares de registros. Mensagem na tela: “Aguarde, indexando arquivos”. Depois de vários minutos sem outros avisos, o operador abortava a operação.  Solução: uma mensagem falsa “3% dos registros já indexados” logo no início da operação. Essa mensagem dava tranquilidade para o operador, que aguardava pacientemente os outros 97%, mas na verdade, nenhum registro ainda havia sido processado.  É umexemplo claro de como um “sorteio” por computador não pode ser sério. Será sorteado quem o chefe mandar. Seria mais justo inserir onze bolinhas num cesto giratório com os nomes dos ministros. Num sistema absolutamente aleatório como esse, cada ministro teria quase o mesmo número de processos que os demais.

  17. Não apreendo o motivo para

    Não apreendo o motivo para tanta badalação. Afinal, ter as menores chances não implica não ter chance nenhuma. 

    Que fase, essa nossa! Que fase! Qualquer coisinha se transforma em coisona. Há uma hiper inflação de teorias conspiratórias. Cada um que ter uma para dizer que é só sua. 

    • Sim, claro

      Sim, claro, não fosse o conjunto de circunstâncias que rodearam esse sorteio, como bem assinalado abaixo pelo comentarista  Araújo88:

      “i.. Fachin diz que está ‘à disposição’ para ser transferido de turma no STF (G1, 31/1/2017)ii. Cármen Lúcia oficializa transferência de Fachin para Segunda Turma do STF (Estado, 2/2/2017)iii. Fachin é o preferido do Ministério Público para relatoria da Lava-Jato (O Globo, 2/2/2017)iv. Fachin é o novo relator da Lava Jato (2/2/2017).”

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome