Fifa pune Marco Polo Del Nero com suspensão de 90 dias

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN – O Comitê de Ética da Fifa anunciou nesta sexta-feira (15) que o presidente da CPF, Marco Polo Del Nero, foi suspenso de forma “provisória” de todas as suas atividades no futebol, em nível nacional e internacional. A sanção valerá por 90 dias – prorrogáveis por mais 45 – e o obriga a deixar a presidência da CBF. As informações são do jornalista Jamil Chade, no Estadão.
 
Del Nero foi indiciado nos Estados Unidos em 2015 por corrupção e, desde então, insistia em se manter no comando do futebol brasileiro e em permanecer no Brasil, para evitar uma prisão. A Fifa alegava, por sua vez, que não poderia puni-lo por falta de provas, ignorando o material produzido pela CPI do Futebol, no Senado.
 
“Mas, com a avalanche de novas documentações dos procuradores americanos durante o julgamento de José Maria Marin, nos EUA, Del Nero foi amplamente citado como tendo sido beneficiado por propinas no valor de US$ 6,5 milhões. Mesmo a defesa de Marin usou o argumento de que era Del Nero quem, de fato, mandava na CBF, enquanto ele era vice-presidente”, anotou Chade.
 
O posto de Del Nero será ocupado por Antonio Carlos Nunes da Silva, o coronel Antonio Nunes, vice-presidente da CBF.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora