Fux adia julgamento de pedido para afastar deputados do cartel do metrô de SP

Jornal GGN – O ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux pediu vistas do inquérito que apura o esquema de formação de cartel e fraude em licitações do sistema de trens e metrô de São Paulo durante governos do PSDB no Estado. O pedido para arquivar a investigação contra os deputados federais José Aníbal (PSDB) e Rodrigo Garcia (DEM) esteve em pauta nesta terça-feira (25). A votação ficou em 2 a 2 quando Fux adiou a discussão.

O julgamento já havia sido paralisado antes. Ele foi retomado com voto de Luís Roberto Barroso. Segundo o ministro, as investigações devem continuar. “São frágeis os indícios que ligam os parlamentares aos fatos investigados. Eu compreendo que não tem custo zero para homens públicos de bom nome estar expostos a esse tipo de investigação. Curvo-me, porém, ao interesse público na apuração dos fatos e à circunstância de que, embora frágeis, não são inexistentes os indícios”, disse.

O entendimento de Barroso foi seguido pela ministra Rosa Weber. Os ministros Marco Aurélio e Dias Toffoli já haviam votado a favor do arquivamento. Não há prazo para o processo voltar a ser analisado.

Com base na falta de indícios, o Supremo já arquivou inquéritos contra o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB) e contra os deputados federais Arnaldo Jardim (PPS) e Edson Aparecido (PSDB).

No inquérito, são apurados crimes de corrupção, evasão de divisas e lavagem de dinheiro. As investigações indicam que as empresas que concorriam nas licitações do transporte público paulista combinavam preços, formando cartel para, com anuência de agentes públicos, elevar os valores cobrados.

A parte do processo que envolve investigados ligados à Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) está sob responsabilidade da Justiça Federal em São Paulo. São citados João Roberto Zaniboni, Ademir Venâncio de Araújo e Oliver Hossepian Salles de Lima. Duas pessoas ligadas a Zaniboni e mais Arthur Gomes Teixeira também tiveram os nomes incluídos no inquérito.

A combinação de preços entre as empresas que participaram de licitações para obras, fornecimento de carros e manutenção de trens e do metrô também é alvo de investigação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), do Ministério Público Federal e do Ministério Público Estadual.

Com informações da Agência Brasil

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

19 comentários

  1. Excelente decisão – Defensor dos Fortes e Opressores.

    A Justiça Brasileira cumpre com destemor seu papel histórico – Defensora dos Fortes e Opressores.

    A Justiça Brasileira com sabedoria NUNCA se AGACHOU perante aos PODEROSOS,ela se AJOELHA para evitar problemas de colunas.

    Quiçá algum dia a Justiça Brasileira e EU andaremos de mãos juntas e parceiros – quando ganhar sózinho a MEGA SENA ACUMULADA ou o PSDB me chamar para um cargo executivo/político na SABESP ou no METRO – DEUS É PAI! o segundo é mais seguro!!!

    Quanto a você reclamões – não passam de GENTALHAS! GENTALHAS!!!

    Um sempre esperançoso

    Pedro Luiz

    • mega sena

      “quando ganhar sózinho a MEGA SENA ACUMULADA “

      Sr. Pedro,

      Ganhar sózinho mega sena acumulada, é coisa que “non ecxiste”!

      Sempre dão um jeitinho para serem DOIS os ganhadores.

      Um ganhador postiço é introduzido, será? Veja o histórico.

  2. Edson Aparecido,aparece nos

    Edson Aparecido,aparece nos documentos da PF sobre a operação Castelo de Areia,está no blog Viomundo.

    Nassif não existe um jeito da gente arrecadar fundos para que seja feita uma investigação por jornalistas do calibre de um Azenha,com o Objetivo que todas as Falcatruas do PSDB,venha a luz do dia ,para que haja um verdadeiro processo de combate pleno a corrupção no Brasil.Pois não tenho esperança nenhuma que instituições e a Grande Midia,vão adotar esse compromisso com a sociedade.ontem uma amiga veio me visitar ela é da Cidade de Galia,ela conhece o Rapaz que usou o Exoesqueleto desenvolvido por Nicoleis,para abertura da Copa 2014,segundo ela todos ficaram revoltados pelo fato da Globo ter escondido tal feito.Foi uma vergonha foram anos de preparação o Rapaz é um atleta,foi escolhido entre varios ,descreveu a emoção dos amigos e para pessoal de Galia,o rapaz moveu com a Força do pensamento,o Exoesqueleto.Por que essa insistencia em querer tirar de nos o orgulho de sermos Brasileiros.

    • Exoesqueleto?coisa de COMUNISTA!

      A Eliane Ribeiro é uma pobre inocente útil – essa coisa de Exoesqueleto é coisa de comunista ou proto comunista.Minha jovem vá mais  as Igreja do Padre Marcelo ou as modernas pentecostais lá sem duvida tirarão o demônio nefasto comunista de você e sem esquecer a minha,por favor.

      Estuda mais – leia Olavo de Carvalho,Reinaldo Azevedo,Rodrigo Contantino,Augusto Nunes  tantos outros luminares do tipo e não deixar jamais tipos Nassifs,Azenhas… entrarem em seu espírito jovem e levá-la ao inferno.

      Deus seja Louvado.

      Pastor Pedro Luiz ,Igreja Só o Flamengo Salva!

       

       

  3. A opoição tudo pode. Quem

    A opoição tudo pode. Quem ousar acusá-los que qualquer coisa é logo taxado de petralha, aparelhado, bolivariano, comunista, bolchevique, etc. É pra isso que serve essa retórica.

  4. E o Toffolli virou a casaca,

    E o Toffolli virou a casaca, mesmo. Um belo de um FDP, diria Noblablablat, que agora não diz mais …

     

    “O BRASIL PARA TODOS não passa na RAEDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇAO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

     

    • pois é…

      Se se consolidar estas desconfianças com relação ao sujeitinho, terei que, pela 1a. vez concordar com uma opinião do serviçal asqueroso noblah !!

  5. Tem dedinho do Tófolli p/ o

    Tem dedinho do Tófolli p/ o arquivamento? Confirmada a sua mudança no entendimento da lei (a favor do Tucanato). E’ o Gilmar conseguiu conquistar um seguidor, e daí concluirmos que não existiu mesmo o tal de “sorteio”.  É “charme” demais p/ o meu gosto. Toffoli, Toffoli ! caiu no “canto da sereia” . Mais um a “empestear” o STF. Daqui há pouco virá um Tucano dizer: Ele deixou de ser amado, pq votou a favor do PSDB ? E mais uma vez digo: É a justiça honesta que desejamos. Quem está tornando a mesma desonesta, não somos nós, mas seus próprios juizes, que a partidarizaram. Mais uma contribuição do FHC, o bom ! E temos de parabenizá-lo por conseguir tamanha lealdade, que já ultrapassou a “canina”.

     

  6. Serão os indiciados:

    Serão os indiciados: suficientemente capaqzes de provar suas inocências?

    O Fux condenou o Zé Dirceu com este argumento: ele não foi suficientemente capaz de provar a sua inocência.

    Se é do PSDB é igual aos índios: inimputáveis.

     

  7. Então aguardemos. E façamos

    Então aguardemos. E façamos nossas apostas. Arquivamento ou prescrição? Para quem é inimputável, ter dado provimento ao processo já é um enorme avanço. Mas eles correm um sério risco: A rede golpe divulgar seus mal feitos e lhes exigir prisão. E não faltam tucanos do tipo, para ajudar na faxina. Já conclamada pelo leniente comprador de reeleição.

  8. Teoria do Domínio do Fato

    Eu acho que o STF deveria continuar aplicando aquela Teoria do Domínio do Fato utilizada contra o pessoal do PT. Esses caras do PSDB têm fracos indícios como declarou o Luiz Barroso, mas por terem cargos importantes conclui-se que “sabiam de tudo”. Logo, cadeia para eles também.

    Achei ótima a Teoria do Domínio do Fato, porque não precisa provar nada, é só informar que o cara por ter cargo importante, sabe de tudo.

    Não vão aplicar mais o conceito? Só valeu para aquele julgamento?

    Chama os especialistas do assunto de volta, Sr. Joaquim Barbosa e Roberto Gurgel!!!! kkkkkkkkk

    Inacreditável como a justiça usa dois pesos e duas medidas para os mesmos casos. Mais inacreditável é o contorcionismo jurídico dos operadores do direito para levar o caso onde interessa.

    Muito mais inacreditável é o Sr. Rodrigo de Grandis (MPE) declarar que arquivaram erradamente a solicitação dos procuradores suíços…e então perdemos o prazo e deixa prá lá. A má vontade de trazer as informações da Suíça leva a certeza de que há provas cabais que se anexadas ao processo no Brasil, os “leves indícios” viram “provas robustas” daí não necessitando mais de teoria do domínio do fato para condenar ninguém.

    Estou indignado. Mas o tempo, senhor da razão, trará novos ares, e de uma forma ou de outra a justiça prevalecerá.

    Saudações,

    Alexandre

     

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome