Fux derruba decisão do CNJ para ajudar Zveiter no TJ e não dá certo

Jornal GGN – Uma liminar concedida pelo ministro do STF Luiz Fux permitiu que o desembargador Luiz Zveiter, ex-presidente do TJ do Rio concorresse à eleição do próprio TJ. Mas ele perdeu para o desembargador Luiz Fernando de Carvalho, que recebeu 94 votos contra 70 de Zveiter.

A questão começou em março, quando o CNJ mudou os requisitos para a disputa do cargo. Fux derrubou a decisão permitindo assim que o ex-presidente do TJ entrasse na disputa. Fux e Zveiter foram colegas no TJ-RJ e é lá que o ministro do STF faz campanha para que sua filha, Marianna Fux, se torne desembargadora pelo quinto constitucional. Ela só poderá concorrer se o TJ incluí-la na lista a ser enviada ao governador após votação interna. Leia matéia da Folha.

da Folha

Ex-presidente de TJ ajudado por Luiz Fux perde eleição

Zveiter disputou Tribunal de Justiça do RJ com liminar dada por ministro do STF

O desembargador Luiz Fernando de Carvalho venceu por 94 votos a 70 na etapa final; o mandato é de dois anos

DO RIO

Candidato graças a uma liminar concedida pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Fux, o desembargador Luiz Zveiter, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), perdeu a eleição para o cargo. O desembargador Luiz Fernando de Carvalho venceu a disputa nesta quinta-feira (4).

Carvalho recebeu 94 votos contra 70 de Zveiter no segundo escrutínio, espécie de segundo turno. Podem votar os 180 desembargadores do TJ.

Zveiter só disputou graças a uma liminar concedida na terça (2) por Fux. O ministro tornou nula uma decisão do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) que impediria o ex-presidente de concorrer.

Em setembro, o CNJ mudou os requisitos da disputa, estabelecendo que ex-presidentes só podem concorrer passados dois mandatos. Como Zveiter presidiu o TJ entre 2009 e 2010, ficaria de fora agora.

Fux concedeu liminar para sustar a decisão do CNJ afirmando que o STF ainda discute qual norma, entre a Loman (Lei Orgânica da Magistratura) e os regimentos internos dos tribunais, tem prevalência sobre a outra.

Carvalho não criticou a decisão de Fux. Lamentou apenas o fato dela ter sido concedida na antevéspera da disputa, com reduzidas possibilidades de recurso. “Mas a melhor decisão é sempre no voto”, disse. Seu mandato de dois anos começa em 2015.

Fux foi colega de Zveiter no TJ-RJ. O ministro também faz campanha para que sua filha, Marianna Fux, se torne desembargadora no TJ pelo quinto constitucional –vagas preenchidas por representantes do Ministério Público e advogados indicados pela OAB.

A decisão de incluí-la na lista a ser enviada ao governador é tomada em votação no TJ.

(ITALO NOGUEIRA)

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

16 comentários

  1. Sem comentários!

    Fux foi a indicação mais desastrada da dupla Lula e Zé Dirceu e a Dilma engoliu…

    Depois a Dilma acertou nas suas indicações pro STF…

    Se continuar acertando, não indica o Zé Cardoso nem que a vaca tussa!!!

    Já o Lula escolheu um número muito grande ministros ruins no STF…

     

    • Maurobrasil, o pior deles é o

      Maurobrasil, o pior deles é o Dias Tóffolli, porque é um pessoa totalmente sem caráter.

      EXPLICO: Para mostrar ao PIG que é independente, esse fantoche vota e age sempre contra o PT.

  2. Nosso poder jirídico é um

    Nosso poder jirídico é um escândalo!!!!!!!!!!!! Quem terá culhoes pra barrar a sanha por poder do quanto mais corrupto melhor? ,Os pulhas parecem estar participando de um campeonato que, quanto mais podre for o cara, mas valorizado pelos coleginhas. E o trensalão? Pro saco. Esses corruptos da justiça vão continuar sua meta de liderarem o campeonato da corrupção. Já deve ser o órgão mais imundo dessa nação vergada pelo peso desses corruptos.

  3. Parece que está sob

    Parece que está sob contestação o reinado desse grupo no TJ do Rio, mandaram muito por muito tempo, LZ veio do quinto

    portanto é do esquema OAB-RJ, ele não ser eleito demonstra que algo está acontecendo naa Justiças estaduais, da mesma forma como a eleição de Jose Renato Nalini no TJ-SPfoi um ponto fora da curva.

    Os Zveitler tambem mandavam no Superior Tribunal de Justiça Desportiva por muito tempo, mantendo o sobrenome e mudando a pessoa fisica.

    Agora falta uma renovação de grupos de poder nos Tribunais de Contas dos Estados e dos Municipios que tem Tribunais,

    há uma vasta area para renovação de modos e costumes nessas cortes de Versalhes pelo Brasil afora.

  4. O Zveiter vai ter que zzzzzz

    O Zveiter vai ter que zzzzzz enquanto seu adversário governará o TJRJ. Apesar da ajuda de seu amiguinho no STF, ele se fuxdeu. Ha, ha, ha…

  5. Por algums motivos, todos

    Por algums motivos, todos conhecidos, Nassa quer derrubar o juiz Sergio Moro e todos integrantes do S T F que condenaram os mensaleiros.E os futuros do Petrolão.

             Tirante Gilmar Mendes, este sim duvidoso MESMO, nada se aplica aos demais.

               Seria por um país mais democrático e saudável? -*—nenhum indício nesse sentido.

                   E por patriotismo  tampouco.

                   Seria pelo emprego?

                   Longe de mim julgar as pessoas.

  6. Sveiter, para quem não

    Sveiter, para quem não lembra, quando foi Vice Presidente do TJ, solicitou ao presidente da banca de concurso para JUIZ o exame a ser aplicado. 

    Seu filho era candidato mas obviamente isso não tem nada a ver. Era só para ver se a prova era boa mesmo!

    O presidente da banca se recusou, ninguém sabe o porque, e acabou substituido.

    O concurso foi realizado e o Sveiter filho foi aprovado no concurso.

    O novo presidente da banca confirmou que entregou a prova ao Sveiter antes do concurso.

    Tudo foi para o ventilador!!!

    O resultado:

    Parabéns ao Sveiter pela aprovação no concurso!

  7. Não conhecia antecedentes do FUX

    Mas só de mencionar que o Fux foi companheiro do Zveiter no TJRJ. já é um atestado de improbidade. Ainda bem que o zveiter perdeu. Agora falta limpar o restante dos tribunais do Rio dos Zveiters e seus filhos, apadrinhados, amigos, etc.

  8. Zveiter

    Zveiter eh um articulador dos interresses de pessoas que agem dentro do TJRJ, fui prejudicado por ele e perdi um unico bem de familia, porque ele interferiu na justiça usando esse outro pilantra desembargador Jose Carlos Paes. Perdi meu imovel no Recreio onde opera o então restaurante Natural do Recreio. O arrematador (Adauri Pires Bauer) eh amigo do Zveiter, da Maçonaria, declarou ao então dono do restaurante Natural do Recreio (Mauricio Rajão) que buscou ajuda ao Zveiter. Por isso o merito não foi julgado, era um caso de sumula. Não ouve outorga uxoria.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome