Geddel volta a ser preso após PF encontrar suas digitais em “bunker” com R$ 51 milhões

Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

Jornal GGN – O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) voltou a ser preso pela Polícia Federal, na madrugada desta sexta (8), após suas digitais terem sido encontradas em um bunker onde esstavam escondidos R$ 51 milhões em dinheiro vivo. Geddel cumpria prisão domiciliar enquanto era acusado pelo Ministério Público Federal de obstruir a Lava Jato. Agora, a medida cautelar autorizada pela 10ª Vara Federal de Brasília tem o objetivo de evitar destruição de provas. Ele deverá ser transferido de Salvador para a capital federal. A operação decorre de decobramentos da Cui Bono.

Leia mais na Agência Brasil

Por Sayonara Moreno

O ex-ministro Geddel Vieira Lima voltou a ser preso, na manhã desta sexta-feira (8), em Salvador, três dias após a Polícia Federal encontrar mais de R$ 51 milhões, atribuídos a ele, em um apartamento. Duas viaturas da PF estiveram no condomínio residencial onde Geddel cumpria prisão domiciliar, no Bairro da Barra, região nobre da capital baiana. A prisão ocorreu pouco antes das 7h.

O ex-ministro Geddel Vieira Lima foi encaminhado para o Aeroporto de Salvador, de onde viaja a Brasília e ficará à disposição da Justiça.

O Ministério Público Federal (MPF) faz parte da força-tarefa denominada Greenfield, que cumpre dois mandados de prisão preventiva e três de busca e apreensão. Todos ocorrem em Salvador e fazem parte de mais uma fase da Operação Cui Bono, que investiga desvios de recursos em vice-presidências na Caixa Econômica Federal. O MPF não detalhou os nomes e endereços dos mandados.

O pedido de prisão de Geddel argumenta a necessidade de medidas para evitar “a destruição de elementos de provas imprescindíveis à elucidação dos fatos”. Após a solicitação, o juiz federal Wallisney Oliveira, da 10ª Vara Federal em Brasília, autorizou o cumprimento dos mandados, para recolher provas de crimes como corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Na última terça-feira (5), a Polícia Federal apreendeu malas e caixas de dinheiro, em um apartamento na Graça, em Salvador. O proprietário, Sílvio Silveira, confirmou em depoimento, que emprestou o imóvel a Geddel, que teria pedido para guardar pertences do pai, que morreu no ano passado. Até a manhã de hoje, Geddel cumpria prisão domiciliar.

Operação Cui Bono

A primeira fase da Operação Cui Bono foi deflagrada pela PF em 13 de janeiro deste ano e investigou esquema de fraude na liberação de créditos da Caixa Econômica Federal no período entre 2011 e 2013. De acordo com a investigação,  entre março de 2011 e dezembro de 2013, a vice-presidência de Pessoa Jurídica da instituição era ocupada por Geddel Vieira Lima.

A investigação da Operação Cui Bono – expressão latina que em português significa “a quem beneficia?” – é um desdobramento da Operação Catilinárias, deflagrada em dezembro de 2015, no âmbito da Operação Lava Jato, quando policiais federais encontraram um telefone celular na residência do então presidente da Câmara dos Deputados, o ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que revelou intensa troca de mensagens eletrônicas entre Cunha e Geddel. A operação tinha a finalidade de evitar que provas importantes fossem destruídas por investigados da Lava Jato.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

23 comentários

    • Certeza? Só que tem uma

      Certeza? Só que tem uma diferença: as malas de dinheiro do Gedel foram materializadas e as malas de dinheiro do Palocci estão no “éter” para serem materializadas por  Moro para acusar o Lula. E você esqueceu de incluir a Dilma do aeroporto do Galeão/Odebrecht na extensão do Palocci.

      Ah! E o Gedel com todas essas malas de dinheiro foi solto por um daqueles juizes cúmplices da quadrilha golpista de Brasilia e o Palocci está preso com o Moro/Zucolotto de Curitiba.

        • E por que não esteve antes?

          E por que não esteve antes? Quanto tempo faz que o Palocci está preso?

          Esse dinheiro saiu de algum lugar. Pacto de sangue é pacto de sangue. O negocio do terreno doado não se concretizou, mas as malas são concretas. Voaram como? Em avião de carreira? Em avião da FAB quando ele era ministro do Temer? 

          Aposta comigo que ele sai nos próximos dias para não fazer delação. O Judiciário deve inovar com ele: colocar duas tornozeleiras. Palocci sai também e com duas contrapartidas: delata dinheiro no éter da Dilma e do Lula e silencia sobre a Rede Globo faz a diferença pro Moro e sistema financeiro que fez o golpe. E fica com a grana da sua “consultoria”.

          PS . Li agora que a mãe do Geddel disse que ele não é ladrão. É doente. Facilitou pros juizes de Brasilia quiçá Moro: já tem jurisprudência para soltar bandido doente como prova o caso do filho da desembargadora do Mato Grosso. Ficou fácil o acerto nos encontros noturnos de Temer com os enviados do Supremo e da Procuradoria.

          • Sempre vi Geddel uma pessoa de imagem lombrosiana. Eu, data venia, não acredito nessa teoria da conspiração apontada por você. Os fatos de Palocci e Geddel são diferentes, e diferentes serão as contrapartidas judiciais. Posso errar, mas não acredito que ele, Geddel, saia tão cedo da prisão. Vide Cunha. Ele vai delatar, e o momento de Michel Temer, chegou. 

          • Deus te ouça. Que Geddel

            Deus te ouça. Que Geddel fique preso como presos deveriam estar o Youssef, o Paulo Roberto, o Barusco, o filho do FHC, o Serra, o Temer, o Moreira Franco etc.

            Não é teoria da conspiração: a Lava Jato evitou o quanto pode implicar outros partidos em corrupção. E pegou leve quando apareceram. Roubaram até uma tornozeleria para soltar o Loures da mala de dinheiro do Temer. 

          • Imagem lombrosiana e

            Imagem lombrosiana e comportamento de covarde. O possível acordo de delação – se é que o sistema repressivo vá se interessar(*) – será o mais rápido a ser fechado dentre os tantos que já foram. O “homem” é um chorão e não aguentaria um dia sequer de cadeia. Obviamente que o foco será em Temer e adjacências, nisso concordo.

            (*) Apenas palpite: se não incluir o Lula e/ou o PT dificilmente essa acordo sairá. Isso não será difícil porque foi também ministro de Dilma e de Lula. Batata! O “abre-te sésamo” na Lava a Jato são essas duas palavrinhas mágicas. 

    • Quem tem extensão é tomada.

      Quem tem extensão é tomada. Teu contraditório é sempre em cima do PT e do Lula. Nada contra, é um direito teu. O problema é que enjoa. Que tal desenvolver alguma ideia sobre os temas dos posts?

       

        • A pergunta é para o JB mas

          A pergunta é para o JB mas posso responder: sob hipótese nenhuma assisto os noticiários de rádios e tvs brasileiras. Revista semanal só a Carta Capital, até a assinatura da Piaui que é de um dos donos do Itaú eu cancelei (embora eles continuem a me mandar a revista).

          Jornalismo só o do Blog do Nassif, DCM, Tijolaço etc. É qu eu gosto de saber o que esta por trás da noticia e o ótimos jornalistas desses blogs me dão essa infomação.

        • Não só enjoa como enoja. Por

          Não só enjoa como enoja. Por isso é que minhas referências não estão na mídia corporativa; ou “grande” mídia para alguns. Lá não se pratica jornalismo, mas servilismo aos patrões e militância política ideológica. 

          Entenda bem: não estou com isso afirmando: 1º) Que essa estrutura de mídia não tenho o direito nem possa expressar uma tendência. Seja lá qual for do espectro. 2º) Que as fontes alternativas, a exemplo de blogs e portais, a exemplo deste aqui, sejam totalmente neutras. Mesmo porque, neutro só sabão. 

          O deplorável é a manipulação, o direcionamento, da notícia, do factual; enfim,  dos fatos “crus”. O uso abusivo do subliminar. A capa de ontem de O GLOBO ilustra bem isso. 

           

  1. Recordando

    Na gravação com Temer o Joesley diz “antes eu falava com Geddel” (E a PF pegou 51 milhões no apartamento emprestado ao Geddel.) E o Temer responde ” Fala com o Loures”. (E a PF pegou o Loures com uma mala com 500 mil.)

    Então, porra, de que é essa grana?

  2. Máfia fhc! Esgoto a céu aberto desde 2002…antes era na moita!

    PESSOAL, TÁ TUDO NA INTERNET!!! É SÓ CTRL C – CTRL V!!!

    Tudo é uma questão de digitais. Se fizerem uma pequena investigação, encontrarão as digitais do geddel e seus cupinhchas no saco mucho do temer… mais uma investigaçãozinha, e vão encontrar as digitais do temer seus ministros e cupinchas no saco sêco do fernando henrique cardoso… mais um pequeíssimo empenho investigatório e as digitais do fhc bláu bláu jobista, bem como o seu batom, serão encontradas no saco do clinton prá desespero da Monica Lewinsky!! O gilmar não investiga isso, nem o temer e nem o moro, porque o batom no saco do clinton é o mesmo que eles usam e passam pro fernando henrique cardoso e sua tucanada!!!

    saco mucho do temer com as digitais do geddel e toda a sua cupinchada…

    saco sêco do fernando henrique cardoso com digitais do temer & gangue…

    saco do clinton, com a cuéca cheia de batom do fernando henrique cardoso e tucanada! (josé serra, dória, alckimin, reale jr, janaína, a do aluysio nunes é aquela marca mais mordida, gilmar mendes, moro, janot, aécio é aquela marca mais pólverizada, rosangela moro é aquela marca mais escondida… as marcas dos batons dos demais golpistas estão nas outras cuécas do clinton que a mônica lewinsky escondeu por ciúme!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

     

     

  3. Estou no aguardo do juiz que

    Estou no aguardo do juiz que vai declarar ilegal a prisão de Geddel. Marco Aurélio já atestou honestidade para o Aécio. A PF atestou pureza para o Perrela. Gilmar Mendes para o Barata. Um outro desviou tornezeleira para o homem da mala do Temer, Moro livrou a mulher do Cunha, Zucolotto não é juiz mas tirou copia de processo para o Tacla e por aí vai. 

    Convenhamos que ele tem chance no Judiciário. De onde saiu 51 milhões em espécie pode sair muito mais. Inclusive porque agora vai rolar muita comissão na entrega do pré sal e da Petrobrás, na entrega da Eletrobrás etc.

  4. OS BANCOS SÃO OS PRINCIPAIS ARTÍFICES DO GOLPE!

    O mais importante é saber – e isso dá para fazer fácil – de qual banco, agência e conta que apareceu esse dinheiro. Ele foi da Casa da Moeda para o Banco Central. De lá para o Sistema Financeiro. Por algum banco passou essa dinheirama toda. Como disse num outro comentário lá no DCM, essas notas são novas e sequenciadas. Há um controle sobre essas pacoteiras:

    “Imagino que, antes de fazerem a foto espetaculosa, devam ter chamado a perícia para tentar localizar possíveis impressões digitais (ainda que parciais) nas malas. Além disso, como os pacotes de dinheiro aparentam ser formados por notas novas, é bem provável que apresentem sequências numéricas facilmente identificáveis. Com isso, é possível saber de que banco e agência os mesmos se originaram. Na sequência, não deve ser difícil identificar quem sacou o dinheiro e de que conta ele foi sacado. Juntam-se as duas pontas e tem-se os dois lados da moeda: quem pagou e quem recebeu.”

    Sugiro REITERADAMENTE, que leiam este texto de hoje do blogue do Romulus: http://www.romulusbr.com/20

    Entre outras coisas, ele faz uma pergunta extremamente pertiente: como é que essa dinheirama toda saiu de um banco sem que a COAF fosse avisada?

     

    OS BANCOS SÃO OS PRINCIPAIS ARTÍFICES DO GOLPE!

  5. Preguiça…

    O UOL qualifica Gustavo (Pedreira do Couto) Ferraz, preso hoje junto com Geddel, como seu “ex-assessor, também do PMDB, atualmente Diretor da Defesa Civil de Salvador”. Na verdade, é Diretor-Geral!

    Eu, preguiçoso como só, dei uma olhada no Google e vi que o homem é advogado do PMDB em diversos processos da Justiça Eleitoral; que foi candidato a vice-prefeito em Lauro de Freitas (PMDB) em 2016. – que lindo, na coligação “Resgatando a esperança para o Povo de Lauro de Freitas” (https://www.eleicoes2016.com.br/gustavo-ferraz/)!

    E, segundo o “Escavador”, “é Advogado(a) com o OAB 19760/BA e possui 8 processos indexados, até então, pelo Escavador. Com todos os seus processos no Estado da Bahia. Desses processos, Petroléo Brasileiro S/A Petrobras/Fafen foi a parte que mais apareceu, totalizando 1 processo, seguida por Uzel Manelio Duplat Neto com 1 processo. Seus clientes com mais processos aqui são: Margaret Rouse de Mesquita Minho com 1 processo , seguido por Marconi Almeida Conceição com 1 processo.”

     

    Olha aí: pintou a Petrobras na parada! Moro vai alegar conexão e chamar tudo para Curitiba? Nada é impossível…

     

     

  6. Como qualquer mãe, a de

    Como qualquer mãe, a de Giddel Vieira Lima, dono daquela “botija” com 52 milhões, defende o rebento.
    Diz que o “coitado” do filho é doente. 
    Bom, se for verdade então houve um certo “progresso” nesse tipo de enfermidade.
    Antigamente doido rasgava dinheiro, hoje guarda(esconde) em apartamentos. 
    Uma “senhora” evolução!

    • Doença familiar.
      Doença familiar. Compartilhada. Familia que fica doente junta, fica junta.  Marluce Quadros Vieira Lima é sócia de 3 empresas no estado de Bahia. Talvez tenha mais em outros lugares. Capital social das empresas de Marluce Quadros Vieira Lima na Bahia: R$ 240.000,00Primeira sociedade de Marluce Quadros Vieira Lima foi firmada em: 12/10/1989Sócios de Marluce Quadros Vieira Lima : Geddel Quadros Vieira Lima, Patricia Coelho Vieira Lima, Lucio Quadros Vieira Lima, Afrisio de Souza Vieira Lima FilhoVeja abaixo as empresas de Marluce Quadros Vieira Lima.M&A Empreendimentos e Participacoes LtdaCNPJ: 13.370.278/0001-00Vespasiano Empreendimentos e Participacoes Ltda – EppPosto Alameda da Praia Combustiveis Pecas e Serv LtdaCNPJ: 34.169.011/0001-11  

  7. Desbloqueio do smartphone

    Se encontraram suas digitais é porque as têm para comparação. Então porque não as usam pra fazer um molde de silicone para desbroquear o smartphone, que ele se negou a desbloquear com suas digitais.

  8. Desbloqueio do smartphone

    Se encontraram suas digitais é porque as têm para comparação. Então porque não as usam pra fazer um molde de silicone para desbroquear o smartphone, que ele se negou a desbloquear com suas digitais.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome