Gilmar abre sindicância para apurar vazamento de depoimentos sigilosos

Do Conjur

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Gilmar Mendes, criou uma comissão de sindicância para apurar denúncias de vazamento à imprensa de trechos de depoimentos sigilosos da ação de investigação da chapa Dilma-Temer. Gilmar nomeou uma juíza auxiliar da Presidência, o coordenador de infraestrutura de TI do tribunal e um representante da Corregedoria-Geral Eleitoral.

A intenção do ministro é saber como trechos de depoimentos prestados por executivos da Odebrecht ao TSE foram repassados a jornalistas. A comissão tem 60 dias para apresentar um resultado.

Executivos da construtora falaram como testemunhas na ação, que investiga se a chapa Dilma-Temer, vencedora das eleições de 2014, cometeu crime de abuso de poder econômico. A denúncia, feita pelo PSDB, partido derrotado no pleito de 2014, é de que dinheiro da Petrobras abasteceu a campanha da chapa vencedora por meio de contratos superfaturados com empreiteiras.

Os depoimentos da Odebrecht constam de relatório feito pelo ministro Herman Benjamin, relator da ação, distribuído aos ministros na tarde da quinta-feira (24/3). As falas são sigilosas porque os executivos fizeram acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal na operação “lava jato”.

Na própria quinta, o ministro Herman, corregedor-geral Eleitoral, determinou a abertura de “procedimento interno” para apurar os vazamentos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

10 comentários

  1. Podem apostar que esses

    Podem apostar que esses vazamentos que o amynthas gracilis* aí está investigando, se tiverem algo a ver com o minhóca mór fhc, serra, alckmin, doriana, abdelmassih, daniel mendes, aecio neves, globo, folha, veja ou com qualquer outro golpista da laia dêle, acaba em pizza. Abaixo a ditadura e o extremo estado de exceção!  

    (*)Amynthas gracilis – Conhecida popularmente como minhoca-louca, puladeira ou bailarina. É uma espécie exótica (de origem asiática), mas muito comum em áreas agrícolas (antigas, sem manejo físico do solo), jardins e hortas aqui no Brasil. Foi a minhoca que reapareceu nos “””Campos Gerais do Paraná””” após o advento e uso do plantio direto.

  2. É o “cara”?

    Nassif: voce conhece minha admiração pelo Carrasco de Diamantino. Suas verberações são verdadeiras aulas de como massacrar os inimigos. Mesmo que um outro personagem, no mesmo nível que ele, chame a demolidora fala de diarrea verbal. Pois com ele não tem essa de lei ou o escambau.Na cospiração para derrubar a Presidenta, então, ele se superou. É possivel até censura-lo. Mas que nisso o cara é bom, ninguém nega.

    Veja, por exemplo, essa de mandar investigar os vazamentos. É uma das pérolas da coroa. Lembra muito daqueles latifundiários que manda cuidar do posseiro e à noite leva os pêsames aos familiares. Comovente… Foi assim que ele fez, quando mandou o filho de Rosemary, o Savonarola dos Pinhais, cuidar do Nove Dedos. E quando o Verdugo de Curitiba julgar procedente todas as denúncias do Gogoboys ele há de suprimir a Corte Mor de Suplicação dos Pampas e avocar (particularmente) os autos. Ouvi dizer (juro que não foi pelo Guimarães) que trechos da Constituição do Führer da brasileira AI5 estarão na minuta da sentença. Sempre é bom relembrar os marcos formatórios do saber cultural e intelectual.

    E para a dúvida metódica da esquerda festiva e seu intenso blábláblá vale a máxima — “sabe nada, inocentes”.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome