Jair Bolsonaro efetuou transações semelhantes às de Flávio, diz jornal

Assim como senador, presidente usou grande volume de dinheiro vivo para comprar imóvel com desvalorização rápida

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro realizou transações financeiras semelhantes às que geraram suspeitas em torno de seu filho, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), dentro da investigação do caso da “rachadinha”.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, uma parte dessas operações  foi identificada na quebra dos sigilos bancário e fiscal anulada pela Quinta Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça). No caso, Jair Bolsonaro usou dinheiro vivo para ajudar Flávio a comprar imóveis e dinheiro de funcionária de seu antigo gabinete na Câmara dos Deputados abastecendo as contas bancárias de Fabrício Queiroz.

E até mesmo os repasses efetuados entre a família Queiroz e a primeira-dama Michelle Bolsonaro são maiores do que os comprovados pela esposa de Flávio Bolsonaro, a dentista Fernanda Bolsonaro.

Dados públicos também apontam semelhanças entre as operações que aprofundaram as investigações contra Flávio e a compra da casa de Jair Bolsonaro na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Contudo, Bolsonaro só pode ser investigado por atos cometidos durante o seu mandato, embora tenha sido citado no material recolhido pelo Ministério Público do Rio de Janeiro.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora