Jereissati critica Aécio, tentando isolar no senador acusação que recai contra o PSDB


Foto: Agência Brasil
 
Jornal GGN – Após mais uma Operação contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), na manhã desta terça-feira (11), o ex-presidente do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), não saiu em defesa de seu correligionário, mas preferiu isolar na imagem já desgastada do tucano as críticas e a responsabilidade das acusações.
 
Na tarde de ontem, Jereissati afirmou que Aécio já “prejudicou muito” a imagem do PSDB e que era preciso “dar um jeito nesse problema”. A declaração foi dada após ser questionado pela imprensa sobre as novas denúncias que envolvem o senador no esquema de financiamento de campanha junto à J&F. 
 
A referência da fala ocorre, ainda, porque não somente Aécio Neves foi alvo da Operação hoje. Mas também porque outros parlamentares foram envolvidos na suspeita de compra de apoio político do partido Solidariedade, no valor de R$ 15 milhões, por Aécio, e a emissão de notas fiscais frias em doações de campanha e caixa dois.
 
Entre eles, o deputado federal Paulinho da Força (SD-SP), e os senadores Agripino Maia (DEM-RN), e o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) também é investigado. Ainda, a suspeita é que Aécio teria recebido R$ 109,3 milhões, mas para o financiamento das eleições presidenciais de 2014 a todo o PSDB e a outras legendas.
 
“Eu acho que o Aécio já prejudicou muito o partido. E, se isso for comprovado (mesada para Aécio), é um negócio muito sério. Se essa mesada for realmente verdadeira, é uma questão séria”, disse Jereissati.
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

6 comentários

  1. PSDB

    … ele não ressecou tanto quanto imaginei que ressecaria, mas é nítida a guinada á direita, ainda mais com o Doria governador de São Paulo e a aproximação esperta com o (P)MDB.

    Aécio está como o deputado da gravata preso. Morto politicamente, vai se arrastar sozinho.

    No mais, espero ansiosamente que o Príncipe – que, igual ao rei, está nu – se desfilie do partido. Sendo coerente com sua biografia. Opa, coerência? Depende, certo? 

  2. chororô

    “Eu acho que o Aécio já prejudicou muito o partido”

    É inacreditável, e até criminosa, a troca do coletivo (PSDB) pelo simples (Aécio).

    Só uma grande massa de cegos, surdos, mudos e mercenários seria capaz de jogar na lama, em tempo recorde, um partido com o porte que tinha o PSDB. Como se não bastasse, além de o transformaram em um anão de jardim, os poucos que restam estão em polvorosa caçando bruxas, procurando patos e bodes expiatório, para jogarem ao fogo.

    Quem planta colhe!

     

  3. Aécio

    Quem tem um Gilmar no STF e até esses dias um Juiz Moro em Curitiba e sempre a imprensa toda tucanalha, não se preocupa muito. Fica, no máximo 1 mes em cana, e o resto da pena em casa, sem tornozeleira. Afinal ele é um Neves, não um “da Silva” qualquer , que pretendia diminuir as desigualdades sociais .

  4. Winston Churchill tinha uma

    Winston Churchill tinha uma expressão magistral sobre Sir Neville Henderson, Embaixador britanico em Berlim em 1939, sempre envolvido em manobras e intrigas que jamais tinham bons propositos, era o “homem nefasto”.

    Tasso Jereissati e sua lendaria arrogancia e antipatia contrasta com a afabilidade e a figura humana de Aecio, me espanta a

    postura moralista em cima de Aecio, os Jereissati, dizem que os negocis são separados mas o cacife politico de um obviamente beneficia o outro, compraram a TELEMAR no famoso episodio da “telegangue”, expressão cunhada por Luis Carlos Mendonça de Baros, onde sem colocar um centavo os Jereissati compraram o maior pedaço da TELEBRAS, o dinheio da entrada, que era pequeno, foi emprestado pelo BNDES através da compra relampago de debentures da La Fonte, holding da familia.

    Depois auferiram por anos dividendos polpudos da Telemar, depois OI, até a empresa quebrar, mas antes da quebra sairam da empresa com o bolsos cheios e sem assumir nenhum passivo.  Agoram tacham Aecio de corrupto.

    O roteiro é claro, Tasso quer ser ou Presidente do Senado ou controlar o PSDB para negociar uma boa aliança com o futuro governo. Não tem mocinho nessa estoria.

  5. A foto

    A foto é excelente. Jeseissati quer esganar Aécio tenta manter as aparências. 20 anos de redemocratização e o que sobrou são partidos aos cacos, a velha politica exaurida e uma escuridão pela frente. Aécio é uma das pessoas responsaveis por ter levado o Pais à lama em que se encontra, como uma metafora de si mesmo. 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome