Juiz do caso Eike é flagrado usando o Porsche do empresário

Jornal GGN – De acordo com o advogado de Eike Batista, Sergio Bermudes, alguns dos bens do empresário – um Porsche e um piano – estão sendo utilizados pelo magistrado que determinou sua apreensão, o juiz titular da 3ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, Flávio Roberto de Souza.

O advogado disse à reportagem do Estadão que o automóvel, um Porsche Cayenne, placa DBB 0022, estaria estacionado na vaga do edifício onde mora o juiz.

A equipe do jornal foi conferir. E flagrou o juiz dirigindo o carro no centro do Rio, próximo à sede do Tribunal Regional Federal.

Ele determinou, e a Polícia Federal cumpriu, a apreensão de bens que incluíram seis carros, 16 relógios, uma escultura e um piano.

Ainda não o flagraram, no entanto, tocando o piano.

O Jornal GGN já havia denunciado conduta questionável de Flávio Roberto de Souza.

O juiz é um tipo midiático, orgulhoso por ser o responsável pelo processo de Eike Batista. Já deu declarações para o periódico carioca Extra de que o empresário “vai ficar sem nada no Brasil”. “Vou esmiuçar a alma dele”, chegou a dizer.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora